Sessão: Terça-feira, 08 de outubro de 2013

.: Decisão da 2° Comissão Disciplinar - 08 de Outubro de 2013 :.

 2° Comissão Disciplinar

ATA DA SESSÃO DO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2.013

Ao oitavo dia do mês de outubro do ano de dois mil e treze, às dezoito horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná localizada na Av. Victor Ferreira do Amaral, 1930 – Tarumã, Curitiba, Paraná, reuniram-se os Auditores Membros da 2° Comissão Disciplinar deste Tribunal, Luciano Costenaro de Oliveira - Presidente, Anderson Gaspar, Cesar Augusto Ramos Gradela e Rubens Dobranski, o procurador Gustavo Luiz Bizinelli e a secretária Dayane Fernanda Pacheco. Ao inicio da sessão de julgamento tomou posse o Doutor Hélio Anjos Ortiz Neto para compor o cargo de Auditor da 2ª Comissão Disciplinar. Havendo quorum legal, passou-se a pauta, observando-se os pedido de preferência, na ordem adiante transcrita:

 

AUTOS N°. 421/2013 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RUBENS DOBRANSKI

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL - SÉRIE B – ADULTO - 2013

JOGO: YPIRANGA F.C. X S.E. TANGUÁ

DATA: 31/08/2013

DENUNCIADO (S):

YPIRANGA FOOT BALL CLUB

EVERALDO VALDONIS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODRIGO GALLÉAS

1° DENUNCIADO: YPIRANGA FOOT BALL CLUB, por existirem apenas dois gandulas para recuperar as bolas que caíam para fora do estádio. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no art. 191, III do CBJD.

2° DENUNCIADO: EVERALDO VALDONIS, atleta do Sociedade Educativa Tanguá, por reclamar com freqüência da arbitragem e ser expulso. Incorrendo com tal atitude nas infrações do art. 258 do CBJD.

Observações: Dr. Hélio argüiu em preliminar pela inépcia da inicial em relação ao Ypiranga Foot Ball Club.

Defensor (a): Dr. Hélio Pereira Cury Filho

DECISÃO 2° C.D.:

YPIRANGA FOOT BALL CLUB- Auditor relator rejeitou a preliminar e no mérito votou pela absolvição, acompanhado pelo auditor Cesar Augusto Ramos Gradela. Divergiu o voto o Auditor Anderson Gaspar que aplicava a pena de multa no valor de R$ 200,0 (duzentos reais) em concreto, devendo ser recolhida em um prazo de 05 (cinco) dias, acompanhado esse voto pelo auditor Luciano Costenaro de Oliveira. POR MAIORIA, ABSOLVIDO.

EVERALDO VALDONIS- POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

AUTOS N°. 442/2013 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. ANDERSON GASPAR

REFERENTE: OFÍCIO N° 410/2013

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL - SÉRIE B – JUVENIL - 2013

JOGO: YPIRANGA F.C. X S.E. TANGUÁ

DATA: 31/08/2013

DENUNCIADO (S):

YPIRANGA FOOT BALL CLUB

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

DENUNCIADO: YPIRANGA FOOT BALL CLUB, por incluir e/ou fazer contar da súmula o atleta Jorge Luiz Rodrigues de Oliveira (CBF 446.310), sem condições de jogo, pois o aludido atleta deveria, nesta partida (31/08/2013), cumprir suspensão automática correspondente ao cômputo dos 03 (três) cartões amarelos recebidos nas datas de 03/08/2013, 17/08/2013 e 24/08/2013, descumprindo, de conseqüência, o artigo 25, do Regulamento Geral das Competições. Por assim agir, incorre nas sanções previstas nos arts. 191, III e 214, c/c art. 184, todos do CBJD.

Observações: 

Defensor (a): Dr. Hélio Pereira Cury Filho

DECISÃO 2° C.D.:

YPIRANGA FOOT BALL CLUB- POR UNANIMIDADE, APLICADA A PERDA DE 03 (TRES) PONTOS, MAIS MULTA NO VALOR DE R$ 200,00 (DUZENTOS REAIS) EM CONCRETO, DEVENDO SER RECOLHIDA EM UM PRAZO DE 05 (CINCO) DIAS, PELO ART. 214 DO CBJD, FICANDO ABSORVIDO O ART. 191, III DO CBJD.

AUTOS N°. 445/2013 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. CÉSAR AUGUSTO RAMOS GRADELA

REFERENTE: OFÍCIO N° 411/2013

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL - SÉRIE B – JUVENIL - 2013

JOGO: C.A. BOQUEIRÃO X SANTÍSSIMA TRINDADE F.C.

DATA: 31/08/2013

DENUNCIADO (S):

CLUBE ATLÉTICO BOQUEIRÃO

CLUBE ATLÉTICO BOQUEIRÃO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: CLUBE ATLÉTICO BOQUEIRÃO, por incluir e/ou fazer contar da súmula o atleta Bruno Lúcio da Silva (CBF 446.164), sem condições de jogo, pois o aludido atleta deveria, nesta partida (31/08/2013), cumprir suspensão automática correspondente ao cômputo dos 03 (três) cartões amarelos recebidos nas datas de 13/07/2013, 27/07/2013 e 24/08/2013, descumprindo, de conseqüência, o artigo 25, do Regulamento Geral das Competições. Por assim agir, incorre nas sanções previstas nos arts. 191, III e 214, c/c art. 184, todos do CBJD.

2° DENUNCIADO: CLUBE ATLÉTICO BOQUEIRÃO, por incluir e/ou fazer contar da súmula o atleta Wesley Franco da Silva (CBF 446.163), sem condições de jogo, pois o aludido atleta deveria, nesta partida (31/08/2013), cumprir suspensão automática correspondente ao cômputo dos 03 (três) cartões amarelos recebidos nas datas de 27/07/2013, 17/08/2013 e 24/08/2013, descumprindo, de conseqüência, o artigo 25, do Regulamento Geral das Competições. Por assim agir, incorre nas sanções previstas nos arts. 191, III e 214, c/c art. 184, todos do CBJD.

Observações:     

Defensor (a): Dr. Hélio Pereira Cury Filho

DECISÃO 2° C.D.:

CLUBE ATLÉTICO BOQUEIRÃO- POR UNANIMIDADE, APLICADA A PERDA DE 03 (TRES) PONTOS, MAIS MULTA NO VALOR DE R$ 300,00 (TREZENTOS REAIS) EM CONCRETO, DEVENDO SER RECOLHIDA EM UM PRAZO DE 05 (CINCO) DIAS, PELO ART. 214 DO CBJD, FICANDO ABSORVIDO O ART. 191, III DO CBJD.

CLUBE ATLÉTICO BOQUEIRÃO- POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

AUTOS N°. 451/2013 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. ANDERSON GASPAR

REFERENTE: OFÍCIO N° 427/2013

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL - SÉRIE B – ADULTO - 2013

JOGO: SBR OLYMPIQUE X SBR RIO NEGRO

DATA: 14/09/2013

DENUNCIADO (S):

SBR OLYMPIQUE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DRA. FLÁVIA LÚCIA MOSCAL DE BRITTO MAZUR

DENUNCIADO: SBR OLYMPIQUE, pois, no Ofício n° 427/2013, a Federação Paranaense de Futebol informa que a equipe do Sociedade Esportiva Platinense incluiu na partida contra o SBR Rio Negro, na data de 14/09/2013, o atleta JOSÉ CARLOS DE LIMA (BID 296.182), o qual deveria cumprir suspensão automática correspondente a 3 partidas, conforme decisão da 2ª Comissão Disciplinar realizada em 27/08/2013. Consta que o referido atleta foi expulso em 27/07/2013 no jogo Grêmio Recreativo Ipiranga x SBR Olympique, cumpriu suspensão automática em 03/08/2013 no jogo SBR Olympique x SBR Rio Negro; a 2ª suspensão automática no dia 31/08/2013 no jogo SBR Olympique x Grêmio Recreativo Ipiranga.  Deste modo, a Procuradoria do TJD/PR, oferece denúncia contra a equipe do SBR Olympique por inclui na referida partida, o atleta mencionado, JOSÉ CARLOS DE LIMA, infringindo o disposto no art. 214 do CBJD.

Observações: A procuradoria requereu que seja verificada junto ao departamento de competições, a data em que o atleta José Carlos de Lima cumpriu a 3ª suspensão, após ser cassado o efeito suspensivo concedido pelo Pleno desta Corte.        

Defensor (a): Dr. Hélio Pereira Cury Filho

DECISÃO 2° C.D.:

SBR OLYMPIQUE- POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

AUTOS N°. 409/2013 – PROCESSO ADIADO

AUDITOR RELATOR: DR. CÉSAR AUGUSTO RAMOS GRADELA

CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL INFANTIL SUB 15 - 2013

JOGO: OPERÁRIO FERROVIÁRIO E.C. X PARANÁ CLUBE

DATA: 24/08/2013

DENUNCIADO (S):

ALLEXSON BRYAN MARQUES DA CRUZ

RUAN PETRICK AGUIAR DE CARVALHO

FELIPE ALVES DA CRUZ

GUILHERME SOARES MACHADO

WILLIAN GREGGIO

FERNANDO COVALSKI

MAURÍCIO DOS SANTOS

LEANDRO ROCHAVETZ

GUSTAVO BANHARA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MIGUEL GUSTAVO LOPES KFOURI

1° DENUNCIADO: ALLEXSON BRYAN MARQUES DA CRUZ, atleta do Paraná Clube, expulso da partida aos 30’ (trinta) minutos de jogo da segunda etapa, por desrespeitar o árbitro principal e suas decisões. O denunciado, após outro atleta de sua equipe ter sido expulso, foi em direção ao árbitro e disse: “Você é árbitro comprado, tá roubando”. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 258, §2°, II do CBJD.

2° DENUNCIADO: RUAN PETRICK AGUIAR DE CARVALHO, atleta do Paraná Clube, expulso direto aos 37’ (trinta e sete) minutos do segundo tempo, por chutar a cabeça do adversário que estava caído em campo. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 254-A, §1°, II do CBJD.

3° DENUNCIADO: FELIPE ALVES DA CRUZ, atleta do Operário Ferroviário Esporte Clube, expulso direto aos 37’ (trinta e sete) minutos da segunda etapa, após revidar a agressão sofrida do atleta adversário Ruan Petrick. O denunciado, após sofrer um chute na cabeça, se levantou e foi em direção ao seu agressor, empurrando-o com força. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 250, §1°, II do CBJD.

4° DENUNCIADO: GUILHERME SOARES MACHADO, atleta do Paraná Clube, expulso da partida aos 37’ (trinta e sete) minutos do segundo tempo, por dar continuidade na troca de agressões ocorrida entre os atletas acima denunciados – Ruan Petrick e Felipe Alves – agredindo o atleta adversário, Felipe Alves com uma voadora, acertando-o na altura da barriga. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 257 do CBJD.

5° DENUNCIADO: WILLIAN GREGGIO, atleta do Operário Ferroviário Esporte Clube, expulso da partida aos 37’ (trinta e sete) minutos da segunda etapa, por agredir com socos e chutes os atletas adversários Ruan Petrick e Guilherme Soares Machado. Ocorre que, ao visualizar a agressão em seu companheiro Felipe Alves, o denunciado partiu em sua defesa. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 257 do CBJD.

6° DENUNCIADO: FERNANDO COVALSKI, atleta do Operário Ferroviário Esporte Clube, expulso da partida aos 37’ (trinta e sete) minutos da segunda etapa, por agredir com socos e chutes os atletas adversários Ruan Petrick e Guilherme Soares Machado. Ocorre que, ao visualizar a agressão em seu companheiro Felipe Alves, o denunciado partiu em sua defesa. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 257 do CBJD.

7° DENUNCIADO: MAURÍCIO DOS SANTOS, dirigente do Paraná Clube, expulso após o término da confusão originada pelos fatos narrados acima. Ocorre que, no momento do tumulto, os dirigentes de ambas as equipes entraram em campo para ajudar a separar os atletas envolvidos. Porém, o dirigente denunciado permaneceu em campo após o término da desordem e desrespeitou a equipe de arbitragem, proferindo as seguintes palavras: “ladrão, vocês são ruins, vocês são os culpados de tudo o que aconteceu aqui”. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 258-B e 258, §2°, II do CBJD.

8° DENUNCIADO: LEANDRO ROCHAVETZ, dirigente do Paraná Clube, expulso após o término da confusão originada pelos fatos narrados acima. Ocorre que, no momento do tumulto, os dirigentes de ambas as equipes entraram em campo para ajudar a separar os atletas envolvidos. Porém, o dirigente denunciado permaneceu em campo após o término da desordem e desrespeitou a equipe de arbitragem, proferindo as seguintes palavras: “ladrão, vocês são ruins, vocês são os culpados de tudo o que aconteceu aqui”. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 258-B e 258, §2°, II do CBJD.

9° DENUNCIADO: GUSTAVO BANHARA, dirigente do Paraná Clube, expulso após o término da confusão originada pelos fatos narrados acima. Ocorre que, no momento do tumulto, os dirigentes de ambas as equipes entraram em campo para ajudar a separar os atletas envolvidos. Porém, o dirigente denunciado permaneceu em campo após o término da desordem e desrespeitou a equipe de arbitragem, proferindo as seguintes palavras: “ladrão, vocês são ruins, vocês são os culpados de tudo o que aconteceu aqui”. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 258-B e 258, §2°, II do CBJD.

Observações: Preliminarmente a procuradoria requereu o adiamento do processo, visto que, os atletas do Operário Ferroviário E.C. são menores de 18 anos, não se fizeram presente, nem procurador para a defesa técnica, conforme previsão no Art. 31 do CBJD independentemente de requerimento, deverá nomear defensor dativo para exercê-la.           

Defensor (a): Dr. Itamar Luiz Monteiro Côrtes

AUTOS N°. 436/2013 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. CÉSAR AUGUSTO RAMOS GRADELA

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL - 3ª DIVISÃO - 2013

JOGO: F.C. CASCAVEL X S.C. SÃO JOSÉ

DATA: 08/09/2013

DENUNCIADO (S):

RICARDO PEREIRA DE SOUZA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

DENUNCIADO: RICARDO PEREIRA DE SOUZA, atleta do Sport Club São José, por segurar o atleta adversário pelo braço impedindo-o de obter a posse da bola, motivando sua expulsão, por dupla advertência, aos 86’00’’ (oitenta e seis minutos) da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no art. 250 do CBJD.

Observações:           

Defensor (a): NÃO HOUVE

DECISÃO 2° C.D.:

RICARDO PEREIRA DE SOUZA- POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

AUTOS N°. 439/2013 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RUBENS DOBRANSKI

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL - 3ª DIVISÃO - 2013

JOGO: S.C. CAMPO MOURÃO X GRECAL

DATA: 08/09/2013

DENUNCIADO (S):

RAI FERREIRA MACEDO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

DENUNCIADO: RAI FERREIRA MACEDO, atleta do Sport Club Campo Mourão, por empurrar atleta adversário na disputa de bola e, após marcada a infração contra sua equipe, gesticular de maneira ofensiva e grosseira, reclamando com palavras de baixo calão ao árbitro da partida, e dar um soco na bola, motivando sua expulsão, por dupla advertência, aos 57’00’’ (cinqüenta e sete minutos) da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas nos arts. 250 e 258, ambos do CBJD.

Observações: Baixa dos autos a procuradoria para analise do relatório do arbitro.           

Defensor (a): NÃO HOUVE

DECISÃO 2° C.D.: RAI FERREIRA MACEDO- POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

AUTOS N°. 448/2013 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RUBENS DOBRANSKI

REFERENTE: OFÍCIO N° 429/2013

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL SUB 18 - 2013

JOGO: S.E. PLATINENSE X NACIONAL A.C.

DATA: 11/09/2013

DENUNCIADO (S):

SOCIEDADE ESPORTIVA PLATINENSE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DRA. FLÁVIA LÚCIA MOSCAL DE BRITTO MAZUR

DENUNCIADO: SOCIEDADE ESPORTIVA PLATINENSE, pois, no Ofício n° 429/2013, a Federação Paranaense de Futebol informa que a equipe do Sociedade Esportiva Platinense incluiu na súmula da partida contra o Nacional Atlético Clube, na data de 11/09/2013, os seguintes atletas sem condições legais de jogo: CAIO HENRIQUE DE OLIVEIRA (RG 13.517.803-9, SEM BID); MARCOS JÚLIO OLIVEIRA SOUZA (RG 39.745.101-5, SEM BID); JEAN CARLOS PEREZ (RG 12.756.361-6, SEM BID); GABRIEL GUAITA CAMPANHA (BID 388.009, Registrado no S.E. Matsubara); MAICON EDUARDO OLIVEIRA SOUZA (RG 39.745.100-3, SEM BID); WESLEY HENRIQUE SANCHES CAMILO (RG 10.939.372-0, SEM BID) e, BRUNO EMANUEL MONTEIRO LIMA (RG 41.872.440-4, SEM BID). Deste modo, a Procuradoria do TJD/PR, oferece denúncia contra a equipe do Sociedade Esportiva Platinense por inclui na referida partida, os atletas mencionados sem condições legais de jogo, infringindo o disposto no art. 214 do CBJD.

Observações:           

Defensor (a): NÃO HOUVE

DECISÃO 2° C.D.:

SOCIEDADE ESPORTIVA PLATINENSE- POR UNANIMIDADE, APLICADA A PERDA DE 03 (TRES) PONTOS, MAIS MULTA NO VALOR DE R$ 500,00 (QUINHENTOS REAIS) EM CONCRETO, DEVENDO SER RECOLHIDA EM UM PRAZO DE 05 (CINCO) DIAS.

AUTOS N°. 460/2013 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. ANDERSON GASPAR

REFERENTE: OFÍCIO N° 415/2013

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL - 3ª DIVISÃO - 2013

JOGO: S.E. PLATINENSE X PATOBRANCO E.C.

DATA: 15/09/2013

DENUNCIADO (S):

SOCIEDADE ESPORTIVA PLATINENSE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. GUSTAVO LUIZ BIZINELLI

DENUNCIADO: SOCIEDADE ESPORTIVA PLATINENSE, equipe visitante da partida, por incluir na partida 03 (três) atletas amadores que não podem participar desta competição profissional, conforme artigo 23 do Regulamento Geral das Competições, quais sejam: Kennedy Ventura da Rocha (BID 448.312); Marllon Jonathan de Paula (BID 448.304) e, Willian Silva Ferreira (BID 448.311); bem como por incluir na partida os seguintes jogadores, que não possuem vínculo com a equipe: Jucelino A. S. Malta; Marcos V. S. de Almeida; Adinan M. A. Neto; Márcio L. B. da Silveira; Caio A. O. Souza; Bruno Marostica; Rafael S. Costa; James A. dos Santos Soares; Leonardo M. Calixto; Kerri C. Formolo; Hemilio Cordeiro A. Silva; Luiz E. F. Amaral; Marcos V. da Silva; Carlos O. Amaral e, Fábio de Melo, configurando, assim, infração ao disposto no art. 214 do CBJD.

Observações:           

Defensor (a): NÃO HOUVE

DECISÃO 2° C.D.:

SOCIEDADE ESPORTIVA PLATINENSE- POR UNANIMIDADE, APLICADA A PERDA DE 03 (TRES) PONTOS, E EVENTUAIS PONTOS OBTIDOS NA PARTIDA, MAIS MULTA NO VALOR DE R$ 2.000,00 (DOIS MIL REAIS) EM CONCRETO, DEVENDO SER RECOLHIDA EM UM PRAZO DE 05 (CINCO) DIAS.

AUTOS N°. 454/2013 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. CÉSAR AUGUSTO RAMOS GRADELA

REFERENTE: OFÍCIO N° 431/2013

CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL JUNIORES SUB 20 - 2013

JOGO: COLORADO A.C. X LONDRINA E.C.

DATA: 14/09/2013

DENUNCIADO (S):

COLORADO ATLÉTICO CLUBE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DRA. FLÁVIA LÚCIA MOSCAL DE BRITTO MAZUR

DENUNCIADO: COLORADO ATLÉTICO CLUBE, pois, no Ofício n° 431/2013, a Federação Paranaense de Futebol informa que a equipe do Colorado Atlético Clube incluiu na súmula da partida contra o Londrina Esporte Clube, na data de 14/09/2013, o atleta WARITON GUILHERME FORTUNATO DA SILVA, o qual deveria cumprir suspensão automática correspondente a 3 cartões amarelos: 1° em 15/06/2013 (contra Roma Esporte Apucarana); 2° em 25/06/2013 (contra Grêmio Maringá S/S Ltda.) e, 3° em 06/09/2013 (contra J. Malucelli S/A). Consta ainda no ofício que o referido atleta foi expulso nesta mesma data, por dupla advertência. Deste modo, a Procuradoria do TJD/PR, oferece denúncia contra a equipe do Colorado Atlético Clube por inclui na referida partida, o atleta mencionado, WARITON GUILHERME FORTUNATO DA SILVA, o qual deveria cumprir suspensão automática correspondente a 3 (três) cartões amarelos, infringindo o disposto no art. 214 do CBJD.

Observações:           

Defensor (a): NÃO HOUVE

DECISÃO 2° C.D.:

COLORADO ATLÉTICO CLUBE- POR UNANIMIDADE, APLICADA A PERDA DE 03 (TRES) PONTOS, MAIS MULTA NO VALOR DE R$ 150,00 (CENTO E CINQUENTA REAIS) EM CONCRETO, DEVENDO SER RECOLHIDA EM UM PRAZO DE 05 (CINCO) DIAS.

AUTOS N°. 457/2013 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RUBENS DOBRANSKI

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL - 3ª DIVISÃO - 2013

JOGO: PATO BRANCO E.C. X S.C. CAMPO MOURÃO

DATA: 01/09/2013

DENUNCIADO (S):

SPORT CLUB CAMPO MOURÃO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. GUSTAVO LUIZ BIZINELLI

DENUNCIADO: SPOR CLUB CAMPO MOURÃO, equipe visitante da partida, por incluir na partida 03 (três) atletas, que não possuíam vínculo com a equipe na data da partida, a saber: Wellington de Araújo Mendes, Túlio de Souza Gonçalves e, Paulo Riguete Henrique da Silva, configurando, assim, infração ao disposto no art. 214 do CBJD.

Observações:           

Defensor (a): NÃO HOUVE

DECISÃO 2° C.D.:

SPORT CLUB CAMPO MOURÃO- POR UNANIMIDADE, APLICADA A PERDA DE 03 (TRES) PONTOS, MAIS MULTA NO VALOR DE R$ 2.000,00 (DOIS MIL REAIS) EM CONCRETO, DEVENDO SER RECOLHIDA EM UM PRAZO DE 05 (CINCO) DIAS.

Nada mais havendo a tratar, o Presidente encerrou a sessão, agradecendo a presença de todos, sendo lavrada a presente ata que, lida e aprovada pelos demais Auditores, vai assinada pelo Presidente e por mim, Dayane Fernanda Pacheco, Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná

Curitiba/PR, 08 de outubro de 2.013.

 

                      LUCIANO COSTENARO DE OLIVEIRA                  

Presidente da 2° Comissão Disciplinar

 DAYANE FERNANDA PACHECO

Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná




Referências:

08/10/2013 - Pauta da 2ª Comissão Disciplinar - 08 de Outubro de 2.013
Publicação: 11/10/2013 às 16:58