Sessão: Segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

.: Pauta da 1ª Comissão Disciplinar- 10 de Fevereiro de 2.014 :.

 

1ª COMISSÃO DISCIPLINAR

PAUTA DE JULGAMENTO DO DIA 10/02/2014

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 001/2014

 

De ordem do Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva Doutor Leandro Souza Rosa e nos termos dos arts. 45, 46 e seguintes do CBJD, faço  publicar o presente Edital em que são CITADAS E INTIMADAS as partes abaixo nominadas, para  que querendo apresente defesa pessoalmente, ou ainda, se fazer representar por advogado  de  defesa, via procuração expressa, no processo contra elas movido nesta Justiça Despotiva, tornando público através deste Edital, que,

 

No dia 10 DE FEVEREIRO DE 2014 ou na Sessão Subseqüente, a partir das 19:00 horas  (Segunda - Feira), serão julgados na sede do TJD/PR, sito na Avenida República Argentina,2153 – Portão, Curitiba, Paraná, os seguintes processos:

 

 

AUTOS N°. 01/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. CARLOS ALBERTO ZITTA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- JUVENIL-SÉRIE A - 2013

JOGO: COMBATE BARREIRINHA FC X TRIESTE FUTEBOL CLUBE.

DATA: 19/11/2013

DENUNCIADO (S):

COMBATE BARREIRINHA FUTEBOL CLUBE

 

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RAFAEL FABRICIO DE MELO

1° DENUNCIADO: COMBATE BARREIRINHA FUTEBOL CLUBE, entidade de prática desportiva, por não ter comprovado o cumprimento do disposto no artigo 18 do Regulamento da Competição, uma vez que a partida não contou com a presença de integrantes da polícia militar e não foi apresentado pela EDP denunciada o comprovante de solicitação para tanto. Assim, agindo incorreu nas penas do artigo 191, inciso III do CBJD.

 

 

AUTOS N°. 04/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. EDUARDO VARGAS NETO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL- 3ª DIVISÃO - 2013

JOGO: GRECAL X SC SÃO JOSÉ

DATA: 01/12/2013

DENUNCIADO (S):

SC SÃO JOSÉ

 

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RAFAEL JAZAR ALBERGE

 

1° DENUNCIADO: SC SÃO JOSÉ, entidade de prática desportiva, vinculada à competição, por não apresentar sua equipe em campo até a hora marcada para o início da partida, causando um atraso de 8 (oito) minutos. Por assim, agir incorre nas sanções previstas no artigo 206 do CBJD.

 

 

AUTOS N°. 07/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MARCEL SOUZA DE OLIVEIRA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- JUNIORES -SÉRIE A - 2013

JOGO: UBERLÂNDIA EC X COMBATE BARREIRINHA FC

DATA: 30/11/2013

DENUNCIADO (S):

MARCOS BRUNO CUSTÓDIO

 

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RAFAEL JAZAR ALBERGE

1° DENUNCIADO: MARCOS BRUNO CUSTÓDIO,   CBF n° 444.007, atleta do Combate Barreirinha FC, por praticar jogada violenta, consistente em dar um carrinho por traz em seu adversário, com muita força, atingindo os dois tornozelos do oponente. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254 do CBJD.

 

 

AUTOS N°. 10/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MIGUEL ANGELO RASBOLD

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- ADULTO -SÉRIE A - 2013

JOGO: U.R.E. SANTA QUITÉRIA X TRISTE FC

DATA: 30/11/2013

DENUNCIADO (S):

U.R.E. SANTA QUITÉRIA

 

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RAFAEL JAZAR ALBERGE

 

1° DENUNCIADO: U.R.E. SANTA QUITÉRIA, entidade de prática desportiva vinculada à competição, por deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir a desordem e o lançamento de uma bomba dentro do estádio pela sua torcida. Após o primeiro gol da equipe, aos 29’ minutos do segundo tempo, a torcida organizada “Taliban”, da equipe do U.R.E. SANTA QUITÉRIA lançou uma bomba dentro do campo, próximo ao árbitro assistente Diogo Morais, paralisando a partida por 4 minutos. Por assim agir, o U.R.E. SANTA QUITÉRIA cometeu as infrações previstas no artigo 213, incisos I e III, e §1° do CBJD.

 

 

AUTOS N°. 13/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. CARLOS ALBERTO ZITTA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL SÉRIE A-ADULTO - 2013

JOGO: TRIESTE FC X COMBATE BARREIRINHA FC

DATA: 02/11/2013

DENUNCIADO (S):

CLEVERSON STANCZYK SAGAZ

 

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RAFAEL JAZAR ALBERGE

 

1° DENUNCIADO: CLEVERSON STANCZYK SAGAZ, técnico do COMBATE BARREIRINHA FC, por desrespeitar o árbitro assistente após o término do jogo, proferindo as seguintes palavras: “Você é um filho da puta, sempre nos prejudica! Não apita mais nossos jogos!” em seguida foi contido pelos atletas da própriaq equipe, que o levaram ao vestiário e lá ainda disse: “Vocês ganharam dinheiro deles!”. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258 do CBJD.

 

 

AUTOS N°. 16/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. EDUARDO VARGAS NETO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL SÉRIE A-ADULTO - 2013

JOGO: SOBE IGUAÇU X U.R.E. SANTA QUITÉRIA

DATA: 02/11/2013

 

DENUNCIADO (S):

U.R.E. SANTA QUITÉRIA

 

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RAFAEL JAZAR ALBERGE

 

1° DENUNCIADO:, U.R.E. SANTA QUITÉRIA, entidade de prática desportiva vinculada à competição, por deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir a desordem e o tumulto no local da partida causado pela sua torcida, que ocasionou a quebra do alambrado do estádio, aos 31 minutos do 1° tempo de partida. A torcida organizada “Taliban”, da equipe U.R.E. SANTA QUITÉRIA subiu no alambrado para o lançamento de sinalizadores e, com isso, o quebrou. Após o término da partida, a torcida voltou a subir no alambrado, danificando-o ainda mais. Não há notícia de omissão relevante pela entidade mandante, nem de desordem e lançamento de objetos no local da disputa pela sua torcida. Por assim agir, o U.R.E. SANTA QUITÉRIA comentou as infrações previstas no artigo 213, incisos I e III e §2° do CBJD.

 

 

AUTOS N°. 19/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MARCEL SOUZA DE OLIVEIRA

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL FEMININO - 2013

JOGO: FOZ DO IGUAÇU FC X ADI FOZ CATARATAS

DATA: 18/12/2013

 

DENUNCIADO (S):

FOZ DO IGUAÇU FC

ADI FOZ CATARATAS

FOZ DO IGUAÇU FC

 

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. PEDRO HENRIQUE VAL FEITOSA

 

1° DENUNCIADO:, FOZ DO IGUAÇU FC, entidade de prática desportiva, por apresentar sua equipe em campo após o horário estabelecido em regulamento. Isto porque, prevê o Regulamento da Competição em seu art.12, parágrafo único, que as equipes deverão ingressar em campo 5’ (cinco minutos) antes do início da partida. Entretanto, a EDP apenas  se apresentou em campo às 16h27min, para a partida que tinha como início o horário de 16h30min, configurando atraso de 2’ (dois minutos). Com tal conduta, a Denunciada praticou os ilícitos tipificados no artigo 191, inciso III, do CBJD, ao deixar de cumprir determinação no parágrafo único, do art. 12, do Regulamento da Competição.

 

 

2º DENUNCIADO: ADI FOZ CATARATAS, entidade de prática desportiva, por apresentar sua equipe em campo após o horário estabelecido em regulamento. Isto porque, prevê o Regulamento da Competição em seu art.12, parágrafo único, que as equipes deverão ingressar em campo 5’ (cinco minutos) antes do início da partida. Entretanto, a EDP apenas  se apresentou em campo às 16h28min, para a partida que tinha como início o horário de 16h30min, configurando atraso de 3’ (três minutos). Com tal conduta, a Denunciada praticou os ilícitos tipificados no artigo 191, inciso III, do CBJD, ao deixar de cumprir determinação no parágrafo único, do art. 12, do Regulamento da Competição.

 

3° DENUNCIADO:, FOZ DO IGUAÇU FC, entidade de prática desportiva, por  mandar jogo em local inadequado, pois constou da súmula do árbitro principal da partida, no campo “Condições e Instalações do Estádio”, a informação de “vestiário em condições péssimas. Sujo, sem cadeiras, apenas um banco de madeira de 2 metros, sem condições higiênicas, sem água”. Com tal conduta, a denunciada praticou o ilícito tipificado no artigo 211, do CBJD, por deixar de manter o local que indicou para a realização da partida com plenas condições para sua realização.

 

AUTOS N°. 22/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MIGUEL ANGELO RASBOLD

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL JUVENIL- SÉRIE B-2013

JOGO: VILA FANNY FC X CA NACIONAL

DATA: 14/12/2013

 

DENUNCIADO (S):

SANDRO GOMES DOS SANTOS

 

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. PEDRO HENRIQUE VAL FEITOSA

 

1° DENUNCIADO:, SANDRO GOMES DOS SANTOS,massagista da  EDP VILA FANNY FC, excluído aos 20 minutos do segundo tempo, porque reclamou da arbitragem diante do proferimento das seguintes expressões: “Quero ver vocês serem homens para me tirar daqui”. Com tal conduta, o denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 258 do CBJD, por desrespeitar a árbitro e suas decisões.

 

 

AUTOS N°. 25/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. CARLOS ALBERTO ZITTA

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL FEMININO - 2013

JOGO: FOZ DO IGUAÇU FC X ADI FOZ CATARATAS

DATA: 14/12/2013

 

DENUNCIADO (S):

FOZ DO IGUAÇU FC

ADI FOZ CATARATAS

 

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. PEDRO HENRIQUE VAL FEITOSA

 

1° DENUNCIADO:, FOZ DO IGUAÇU FC, entidade de prática desportiva, por apresentar sua equipe em campo após o horário estabelecido em regulamento. Isto porque, prevê o Regulamento da Competição em seu art.12, parágrafo único, que as equipes deverão ingressar em campo 5’ (cinco minutos) antes do início da partida. Entretanto, a EDP apenas  se apresentou em campo às 14h48min, para a partida que tinha como início o horário de 15h00min,ou seja 2 (dois minutos) antes,  configurando atraso de 3’ (três minutos). Com tal conduta, a Denunciada praticou os ilícitos tipificados no artigo 191, inciso III, do CBJD, ao deixar de cumprir determinação no parágrafo único, do art. 12, do Regulamento da Competição.

 

 

2º DENUNCIADO: ADI FOZ CATARATAS, entidade de prática desportiva, por apresentar sua equipe em campo após o horário estabelecido em regulamento. Isto porque, prevê o Regulamento da Competição em seu art.12, parágrafo único, que as equipes deverão ingressar em campo 5’ (cinco minutos) antes do início da partida. Entretanto, a EDP apenas  se apresentou em campo às 14h48min, para a partida que tinha como início o horário de 15h00min,ou seja 2 (dois minutos) antes,  configurando atraso de 3’ (três minutos). Com tal conduta, a Denunciada praticou os ilícitos tipificados no artigo 191, inciso III, do CBJD, ao deixar de cumprir determinação no parágrafo único, do art. 12, do Regulamento da Competição.

 

 

 

Publicação: 04/02/2014 às 15:37