Sessão: Quarta-feira, 19 de março de 2014

.: Decisão da 3° Comissão Disciplinar - 19 de março de 2014 :.

3° COMISSÃO DISCIPLINAR

ATA DA SESSÃO DO DIA 19 DE MARÇO DE 2.014

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 012/2014

 

Ao décimo nono dia do mês de março do ano de dois mil e quatorze, às dezenove horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná localizada na Avenida República Argentina, 2153, bairro Portão, Curitiba, Paraná, reuniram-se os Auditores Membros da 3° Comissão Disciplinar deste Tribunal, Humberto Ciccarino Filho – Presidente, Irineu Toninello, Samuel Torquato, Mauro Ribeiro Borges e José Alvacir Guimarães, o procurador Marcelo Gurniski e a secretária Dayane Fernanda Pacheco. Havendo quorum legal, passou-se a pauta, observando-se os pedido de preferência, na ordem adiante transcrita:

 

AUTOS N°. 042/2014 – PROCESSO ADIADO

AUDITOR RELATOR: DR. IRINEU TONINELLO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL- 1ª Divisão-2014

JOGO: J.MALUCELLI S.A X LONDRINA E.C.

DATA: 05/03/2014

DENUNCIADO (S):

J.MALUCELLI S.A

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: J. MALUCELLI S.A., entidade de Prática Desportiva, por deixar de informar no referido evento o público da partida, conforme descrito no competente relatório do Delegado da Partida, configurando assim afronta ao artigo 7.°, do Estatuto do Torcedor, que descrevo à seguir: 

Art. 7o. É direito do torcedor a divulgação, durante a realização da partida, da renda obtida pelo pagamento de ingressos e do número de espectadores pagantes e não-pagantes, por intermédio dos serviços de som e imagem instalados no estádio em que se realiza a partida, pela entidade responsável pela organização da competição. (grifo nosso)

 

Desta forma, por infringir disposto acima mencionado, a equipe incorre na sanção prevista no  artigo 191, I, ambos do CBJD.

_________________________________________________________________

AUTOS N° 048/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL – 1ª DIVISÃO-2014

JOGO: ARAPONGAS EC X PRUDENTÓPOLIS

DATA: 28/02/2014

DENUNCIADO (S):

ARAPONGAS EC

BRUNO MARTINS DE JESUS

MURILO H.F. BERNARDO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1º DENUNCIADO: ARAPONGAS; O Sr. Arbitro fez consignar na súmula que os vestiários destinados a arbitragem é incompatível com o estádio e não possui condições para acomodação dos árbitros e auxiliares. Diante da constatação inequívoca efetivada pelo árbitro acerca irregularidade dos vestiários da arbitragem, o primeiro denunciado deixou de manter o local indicado para a partida com infraestrutura mínima, cometendo, por conseguinte, infração prevista no artigo 211 do CBJD.

2º DENUNCIADO: BRUNO MARTINS DE JESUS, atleta do Arapongas EC, regularmente inscrito na CBF sob nº 174.426; foi expulso de forma direta, por impedir, com um carrinho, oportunidade clara e manifesta de gol. A ação perpetrada pelo denunciado caracteriza ofensa ao artigo 250, § 1º, I do CBJD.

3º DENUNCIADO: MURILO H.F. BERNARDO, atleta do Arapongas EC, regularmente inscrito na CBF sob nº 181.198. Por sua vez, os atos perpetrados pelo terceiro Denunciado caracterizam infração ao disposto no artigo 243 – F, do CBJD.

Observações: Foi gravado e juntado aos autos, depoimento pessoal do atleta Sr. Murilo H.F. Bernardo.

Defensor (a): Dr. Nixon Alexandro Fiori.

DECISÃO 3° C.D.:

ARAPONGAS EC- POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

BRUNO MARTINS DE JESUS- POR UNANIMIDADE, DESCLASSIFICADO PARA O ART. 254 DO CBJD, APLICANDO A PENA DE SUSPENSÃO POR 01 (UMA) PARTIDA.

MURILO H.F. BERNARDO-  POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

AUTOS N° 045/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. JOSÉ ALVACIR GUIMARÃES

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL – 1ª DIVISÃO-2014

JOGO: TOLEDO COLONIA WORK X PARANA CLUBE

DATA: 05/03/2014

DENUNCIADO (S):

DIEGO LUIS SEVERINO DA SILVA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RAFAEL FABRICO DE MELO

DENUNCIADO: DIEGO LUIS SEVERINO DA SILVA, atleta da EDP TOLEDO COLÔNIA WORK, inscrito na CBF n° 333.979, por, aos 6 minutos de jogo, na disputa de bola, calçar por traz o atleta adversário CHRISTOFOLY ACIOLY, o qual necessitou de atendimento médico, e passados 3 minutos foi substituído. O atleta faltoso dois expulso da partida de forma direta. Por assim agir, incorreu o denunciado nas sanções previstas no artigo 254 do CBJD.

Observações:

Defensor (a): Dr. Nixon Alexandro Fiori.

DECISÃO 3° C.D.:

DIEGO LUIS SEVERINO DA SILVA- POR UNANIMIDADE, APLICADA A PENA DE SUSPENSÃO POR 01 (UMA) PARTIDA.


Nada mais havendo a tratar, o Presidente encerrou a sessão, agradecendo a presença de todos, sendo lavrada a presente ata que, lida e aprovada pelos demais auditores, vai assinada pelo Presidente e por mim, Dayane Fernanda Pacheco, Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná

 

Curitiba/PR, 19 de março de 2.014.

 

 

HUMBERTO CICCARINO

Presidente

 

 

DAYANE FERNANDA PACHECO

Secretaria

 




Referências:

19/03/2014 - Pauta 3ª Comissão Disciplinar 19 de março de 2014
Publicação: 20/03/2014 às 15:14