Sessão: Terça-feira, 30 de setembro de 2014

.: Pauta 2º Comissão Disciplinar - 30 de Setembro de 2014. :.

 

 

2ª COMISSÃO DISCIPLINAR

PAUTA DE JULGAMENTO DO DIA 30/09/2014

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 060/2014

 

 

De ordem do Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva Doutor Paulo César Gradela Filho e nos termos dos arts. 45, 46 e seguintes do CBJD, faço  publicar o presente Edital em que são CITADAS E INTIMADAS as partes abaixo nominadas, para  que querendo apresente defesa pessoalmente, ou ainda, se fazer representar por advogado  de  defesa, via procuração expressa, no processo contra elas movido nesta Justiça Desportiva, tornando público através deste Edital, que,

 

No dia 30 DE SETEMBRO DE 2014 ou na Sessão Subseqüente, a partir das 19:00 horas  (Terça - Feira), serão julgados na sede do TJD/PR, sito na Avenida República Argentina, 2153 – Portão, Curitiba, Paraná, os seguintes processos:

 

 

AUTOS N°. 296/2014– EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RUBENS DOBRANSKI

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – ADULTO – SÉRIE B - 2014

JOGO: CA BOQUEIRÃO X NACIONAL

DATA: 23/08/2014

 

DENUNCIADO(S):

 

CA BOQUEIRÃO

 

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RAFAEL FABRICIO DE MELO

 

1° DENUNCIADO: CA BOQUEIRÃO, Entidade de Prática Desportiva, por não ter comprovado o cumprimento do disposto no artigo 14 do Regulamento da Competição, uma vez que, CONFORME RELATÓRIO DO DELEGADO DA FEDERAÇÃO PARANAENSE DE FUTEBOL, a partida não contou com a presença de integrantes da polícia militar e não foi apresentado pela EPD denunciada o comprovante de solicitação para tanto. Assim agindo, incorreu nas penas do artigo 191, inciso III do CBJD.

 

 

AUTOS N°. 299/2014– EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HÉLIO ANJOS ORTIZ NETO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL – SUB 17 -  2014

JOGO: SC SÃO JOSÉ DOS PINHAIS X CA PARANAENSE

DATA:16/08/2014

 

DENUNCIADO(S):

 

DIEGO SOARES GOMES

SC SÃO JOSÉ DOS PINHAIS

 

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RAFAEL FABRICIO DE MELO

 

1° DENUNCIADO: DIEGO SOARES GOMES, Preparador Físico da EPD SC SÃO JOSÉ DOS PINHAIS, inscrito na CI/RG nº 6.795.743-1, por ter, no primeiro tempo de jogo, protestado desrespeitosamente contra decisão da Equipe de Arbitragem através das seguintes palavras direcionadas ao Assistente 2 “esse filho da puta ergueu a bandeira e depois abaixou, picoqueiro do caralho”(sic) depois de ser excluído pelo Árbitro da partida, ainda dirigiu-se a este dizendo “vai se foder, apita para os dois lados.”  Assim agindo, incorreu o denunciado nas sanções previstas no Artigo 258 do CBJD.

 

2° DENUNCIADO: SC SÃO JOSÉ DOS PINHAIS, Entidade de Prática Desportiva, por não ter providenciado os gandulas necessários para a realização da partida cima descrita, descumprindo desta forma o Artigo 34, §§ 5° e 6° do Regulamento Geral das Competições de Futebol Organizadas ou Administradas pela Federação Paranaense de Futebol - Temporada 2014. Assim agindo, a EPD ora denunciada, incorreu nas penas do Artigo 191, inciso III do CBJD.

 

 

 

­­­­­­­­AUTOS N°. 302/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. LUCIANO COSTENARO DE OLIVEIRA

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL – SUB 20 – 2014

JOGO: PARANÁ CLUBE X CORITIBA FC

DATA: 20/08/2014

 

DENUNCIADO(S):

 

PARANÁ CLUBE

PAULO O. R. SILVA

JOSEMAR BANDEIRA

 

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DRA. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

 

1° DENUNCIADO: PARANÁ CLUBE,  entidade desportiva, em virtude a ausência de policiamento a praça desportiva ou de qualquer justificativa, conforme narrado no relatório disciplinar da partida e nas observações do Delegado do jogo, por deixar de descumprir o Regulamento Geral das Competições de 2014, o Regulamento específico do campeonato, além de infringindo o artigo 191, inciso III, do CBJD.

 

2° DENUNCIADO: PAULO O. R. SILVA, atleta da equipe do CORITIBA F.C., por ter sido expulso por dupla advertência, aos 40’ de jogo, por retardar o reinicio da partida e por reclamar acintosamente no mesmo lance. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 258, do CBJD.

 

3° DENUNCIADO: JOSEMAR BANDEIRA, preparador físico do PARANÁ CLUBE, por ter sido excluído da partida aos 36’ de partida, por reclamar das decisões do quadro de arbitragem, proferindo os seguintes dizeres: “você não marca nada para gente, você está de sacanagem, sua mocinha você não tem coragem de me tirar daqui, sua mocinha”. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no artigo 258, §2., inciso II, do CBJD.

 

___________________________________________________________________________________________

 

AUTOS N°. 305/2014– EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. CÉSAR AUGUSTO RAMOS GRADELA

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL – SUB 20 - 2014

JOGO: GRECAL X J. MALUCELLI

DATA:  20/08/2014

 

SOBI SÃO BRAZ

 

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

 

1° DENUNCIADO: DANIEL DE BALBINO, atleta da equipe do GRECAL, por ter sido expulso direto no 86’ de partida, após agredir com um soco o atleta adversário, fora da disputa da bola. O atleta agredido não necessitou de atendimento por parte dos médicos do clube, se mantendo na partida em questão. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no artigo 254-A, inciso I, do CBJD.

 

AUTOS N°.308/2014– EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RUBENS DOBRANSKI

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL –SUB 17 - 2014

JOGO: CLUBE ANDRAUS BRASIL X CORITIBA FC

DATA:  22/08/2014

 

DENUNCIADO(S):

 

CLUBE ANDRAUS BRASIL

CORITIBA FC

SERGIO A. ROSA

 

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

 

1° DENUNCIADO: CLUBE ANDRAUS BRASIL, entidade de prática desportiva por participante um tumulto. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 257 § 3º do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

2° DENUNCIADO: CORITIBA FC, entidade de prática desportiva por participar de um tumulto. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 257 § 3º do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

3° DENUNCIADO: SERGIO A. ROSA, treinador integrante de entidade de prática desportiva clube Andraus Brasil, por, após a marcação de uma falta contra a sua equipe, proferir as seguintes palavras ao árbitro da partida: porra, árbitro do caralho, você vai começar a cagar no jogo, motivando sua exclusão aos 51’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

 

AUTOS N°. 311/2014– EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HÉLIO ANJOS ORTIZ NETO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL  - SÉRIE B – JUVENIL - 2014

JOGO:CA BOQUEIRÃO X NACIONAL AC

DATA:  23/08/2014

 

DENUNCIADO(S):

 

CA BOQUEIRÃO

 

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

 

1° DENUNCIADO: CA BOQUEIRÃO, entidade de prática desportiva, por deixar de cumprir o artigo 15, do Regulamento da Competição, eis que não havia policiamento na partida, nem mesmo há prova da solicitação formal do policiamento. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 191, III, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

 

Publicação: 25/09/2014 às 17:57