Sessão: Segunda-feira, 03 de novembro de 2014

.: PAUTA 1º Comissão Disciplinar - 03 de Novembro de 2014 :.

 

1ª COMISSÃO DISCIPLINAR

PAUTA DE JULGAMENTO DO DIA 03/11/2014

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 073/2014

 

 

De ordem do Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva Doutor Paulo César Gradela Filho e nos termos dos arts. 45, 46 e seguintes do CBJD, faço  publicar o presente Edital em que são CITADAS E INTIMADAS as partes abaixo nominadas, para  que querendo apresente defesa pessoalmente, ou ainda, se fazer representar por advogado  de  defesa, via procuração expressa, no processo contra elas movido nesta Justiça Desportiva, tornando público através deste Edital, que,

 

No dia 03 DE NOVEMBRO DE 2014 ou na Sessão Subseqüente, a partir das 19:00 horas  (Segunda - Feira), serão julgados na sede do TJD/PR, sito na Avenida República Argentina,2153 – Portão, Curitiba, Paraná, os seguintes processos:

  

AUTOS N°. 355/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MARCEL SOUZA DE OLIVEIRA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B - JUVENIL -  2014

JOGO: VASCO DA GAMA FC X CR UMBARÁ  DATA: 13/09/2014

 DENUNCIADO (S):

VASCO DA GAMA FC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

 1° DENUNCIADO: VASCO DA GAMA FC, entidade de prática desportiva, por deixar de cumprir o artigo 15 do Regulamento da Competição, eis que não havia policiamento na partida, nem mesmo ha prova da solicitação formal do policiamento. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 191, III do CBJD.

 

 

 

AUTOS N°. 358/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR MIGUEL ANGELO RASBOLD

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL – SUB 20 -  2014

JOGO: APUCARANA SC X CASCAVEL CR   DATA: 11/09/2014

 

DENUNCIADO (S):

JOÃO VAGNER CAVALARI

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

 1° DENUNCIADO: JOÃO VAGNER CAVALARI,  arbitro auxiliar, devidamente inscrito na Federação Paranaense de Futebol, em virtude do seu não comparecimento à praça desportiva para a disputa da partida ora informada, além de não justificar o porque do seu não comparecimento,  conforme narrado no relatório disciplinar da partida e nas observações do Delegado do jogo. Diante disso, o arbitro auxiliar infringiu o artigo 261-A, inciso II, do CBJD.

 

AUTOS N°. 361/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. CARLOS ALBERTO ZITTA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B - JUVENIL- 2014

JOGO: CA BOQUEIRÃO X IMPERIAL FC  DATA: 13/09/2014

 DENUNCIADO (S):

ANTONIO FILIPINI

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO:  ANTONINHO FILIPINI, Delegado da Federação Paranaense de Futebol, por deixar de preencher os campos do Relatório do Delegado de Jogo de n.° 12 (quatro itens), 21 (cinco itens), 23 (três itens), não cumprindo com suas obrigações perante a Federação Paranaense de Futebol, dificultando também a aplicação dos regulamentos inerentes à competição, bem como dificultando a aplicação do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 261-A, do CBJD.

 

 

AUTOS N°. 364/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. EDUARDO DE VARGAS NETO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL - SÉRIE B - ADULTO - 2014

JOGO: VASCO DA GAMA FC X CA BOQUEIRÃO  DATA: 20/09/2014

 DENUNCIADO (S):

VASCO DA GAMA FC

DIEGO VIANA DA SILVA

ANTONIO MARCOS SOARES

DAVID DE OLIVEIRA ALVES

LUIZ FERNANDO GOMES

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

 1° DENUNCIADO: VASCO DA GAMA F.C.,  entidade desportiva, em virtude da precariedade do vestiário da equipe de arbitragem, impossibilitando uso do sanitário e da pia que estavam com odor insuportável, e com o chuveiro em condição precária de uso, deixando de manter o local com estrutura suficiente para assegurar a realização da partida dentro das regras e normas da competição e da própria Federação Paranaense de Futebol infringindo assim o artigo 211, do CBJD.,

 

 2° DENUNCIADO: DIEGO VIANA DA SILVA, atleta do C.A. BOQUEIRÃO, por ter sido expulso por dupla advertência, aos 47’ de jogo, após segurar a camisa do atleta adversário impedindo contra ataque promissor. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 258, do CBJD.

 

 3° DENUNCIADO: ANTONIO MARCOS SOARES, técnico da equipe do C.A. BOQUEIRÃO, por ter sido expulso aos 63’ de partida, após reclamar e empregar linguagem ofensiva contra a equipe de arbitragem, proferindo os seguintes dizeres: “só apita contra a gente, dá uma pra nós caralho.” Frisa-se que o arbitro principal, ainda no 1.° tempo da partida, orientou tal denunciado sobre a sua atitude de desaprovar as suas decisões, informando que não aceitaria tal atitude. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 258, do CBJD.

 

 4° DENUNCIADO: ANTONIO MARCOS SOARES, técnico da equipe do C.A. BOQUEIRÃO, que após ter sido expulso pelo arbitro principal, foi em sua direção e proferiu os seguintes dizeres: “você ta de sacanagem seu filho da puta, safado, ladrão, mandraque, gato do caralho, seu caseiro de merda, você vai apanhar la fora, cuzão, quero ver apitar na nossa casa, seu filho da puta”. Salienta-se que o jogo ficou paralisado por 02 (dois) minutos até que o denunciado se retirasse do campo de partida. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 258, §2.°, inciso II, do CBJD.

 

 5° DENUNCIADO: ANTONIO MARCOS SOARES, técnico da equipe do C.A. BOQUEIRÃO, que depois de sua expulsão, ficou do lado de fora, no alambrado, proferindo os seguintes dizeres: “vou te esperar aqui fora, seu cuzão, pau no cu, filho da puta, ladrão, mandraque.” Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 258, §2.°, inciso II, do CBJD.

 

 6° DENUNCIADO: ANTONIO MARCOS SOARES, técnico da equipe do C.A. BOQUEIRÃO, que após o termino da partida, retornou ao campo em direção ao arbitro principal e proferiu os seguintes dizeres: “e ai ladrão, fez o que queria, filha da puta do caralho, seu merda. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 258, §2.°, inciso II, do CBJD.

 

 7° DENUNCIADO: DAVID DE OLIVEIRA ALVES, atleta da equipe do C.A. BOQUEIRÃO, por ter sido expulso direto aos 70’ de partida, após empregar linguagem ofensiva contra a equipe de arbitragem, após a marcação de uma infração, proferindo os seguintes dizeres: “você é um merda, cuzão do caralho.” Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 258, §2.°, inciso II, do CBJD.

 

 8° DENUNCIADO: DAVID DE OLIVEIRA ALVES, atleta da equipe do C.A. BOQUEIRÃO, que após ter sido expulso pelo arbitro principal, foi em sua direção e proferiu os seguintes dizeres: “você vai apanhar aqui fora, oh careca do caralho”. Salienta-se que o denunciado foi segurado pelos seus atletas companheiros, impedindo-o de se aproximar do arbitro principal. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 258, §2.°, inciso II, do CBJD.

 

9° DENUNCIADO: LUIZ FERNANDO GOMES, atleta da equipe do C.A. BOQUEIRÃO, por ter sido expulso direto aos 89’ de partida, após empregar linguagem ofensiva contra a equipe de arbitragem, após a marcação de uma infração, proferindo os seguintes dizeres: “vai tomar no cu, seu filho da puta.” Após receber tal cartão, foi em direção ao arbitro principal, sendo contido pelos seus demais atletas de sua equipe. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 258, §2.°, inciso II, do CBJD.

 

AUTOS N°. 367/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MARCEL SOUZA DE OLIVEIRA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B - ADULTO - 2014

JOGO: COMBATE BARREIRINHA FC X TRIESTE FC  DATA: 27/09/2014

 DENUNCIADO (S):

CAMBATE BARREIRINHA FC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MIGUEL GUSTAVO LOPES KFOURI

 1° DENUNCIADO:  COMBATE BARRERINHA FC, equipe de prática desportiva regularmente inscrita no Campeonato Amador da Capital, por ser responsável pelo atraso de 03 minutos para o inicio da partida. A equipe denunciada somente entrou em campo as 15h30m, ou seja, no exato horário destinado ao inicio da partida – 15h30m. Por assim agir, a equipe denunciada incorre na sanção prevista no artigo 206 do CBJD.

 

AUTOS N°. 370/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MIGUEL ANGELO RASBOLD

CAMPEONATO PARANAENSE D FUTEBOL SUB 18 - 2014

JOGO: CA PARANAENSE X CORITIBA FC  DATA: 10/09/2014

 DENUNCIADO (S):

CRYSAN C. Q. BARCELOS

CA PARANAENSE

CORITIBA FC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

 1° DENUNCIADO: CRYSAN C. Q. BARCELOS, atleta integrante da entidade de prática desportiva CA PARANAENSE, por agarrar ostensivamente seu adversário na disputa de bola, motivando sua expulsão, por dupla advertência, aos 61’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 250 do CBJD.

 

 2° DENUNCIADO: CA PARANAENSE, entidade de prática desportiva, por deixar de apresentar sua equipe em campo na hora marcada para o reinicio da partida, tendo em vista que atrasou 2 minutos. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 206 do CBJD

 

 3° DENUNCIADO: CORITIBA FC, entidade de prática desportiva, por deixar de apresentar sua equipe em campo na hora marcada para o reinicio da partida, tendo em vista que atrasou 2 minutos. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 206 do CBJD

 

 

Publicação: 29/10/2014 às 15:12