Sessão: Quarta-feira, 19 de novembro de 2014

.: Decisão da 3° Comissão Disciplinar - 19 de Novembro de 2014 :.

3° COMISSÃO DISCIPLINAR

ATA DA SESSÃO DO DIA 19 DE NOVEMBRO DE 2.014

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 081/2014

 

Ao décimo nono dia do mês de novembro do ano de dois mil e quatorze, às dezenove horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná localizada na Avenida República Argentina, 2153, bairro Portão, Curitiba, Paraná, reuniram-se os Auditores Membros da 3° Comissão Disciplinar deste Tribunal, Samuel Torquato – Presidente, Mauro Ribeiro Borges, Humberto Ciccarino Filho, José Alvacir Guimarães e Irineu Toninello, o procurador Bruno Cavalcante de Oliveira. Havendo quorum legal, passou-se a pauta, observando-se os pedido de preferência, na ordem adiante transcrita:

 

AUTOS N° 378/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR.IRINEU TONINELLO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL – 3º DIVISÃO- 2014

JOGO: A. PORTUGUESA LONDRINENSE X CLUBE ANDRAUS BRASIL DATA:  17/09/2014

DENUNCIADO (S):

A. PORTUGUESA LONDRINENSE

VALBERT RAMOS MARTIS

CLUBE ANDRAUS BRASIL

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MIGUEL GUSTAVO LOPES KFOURI

DENUNCIADO: A. PORTUGUESA LONDRINENSE, equipe de prática desportiva regularmente inscrita no Campeonato Paranaense de Futebol Profissional 3º Divisão, por deixar de pagar a taxa de arbitragem e do delegado da partida, infringindo o disposto no artigo 49, § 6º do Regulamento Geral de Competições 2014, da Federação Paranaense de Futebol. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no artigo 191, III do CBJD.

DENUNCIADO: VALBERT RAMOS MARTIS, técnico da equipe A. PORTUGUESA LONDRINENSE, expulso da partida aos 16’ do primeiro tempo de jogo, por reclamar acintosamente das decisões tomadas ela equipe de arbitragem. O denunciado, proferiu as seguintes palavras “ porra, tem que dar cartão para ele caralho”. Por assim agir, o denunciado incorre na sançõa prevista no artigo 258-B do CBJD.

DENUNCIADO: CLUBE ANDRAUS BRASIL, equipe de prática desportiva regularmente inscrita no Campeonato Paranaense de Futebol Profissional 3º Divisão, por ser responsável pelo atraso de 15 minutos para o inicio da partida. A equipe denunciada somente entrou em campo as 15h40m, ou seja 10 minutos após o horário destinado ao inicio da partida. Por assim agir, a equipe denunciada incorre na sanção prevista no artigo 206 do CBJD.

Observações:

Defensor (a):  

DECISÃO 3° C.D.:

A. PORTUGUESA LONDRINENSE- POR UNANIMIDADE, APLICADA A PENA DE MULTA NO VALOR DE R$ 1.000,00 (MIL REAIS), MAIS AS OBRIGAÇÕES, EM UM PRAZO DE 05 (CINCO) DIAS. 

VALBERT RAMOS MARTIS- POR UNANIMIDADE, APLICADA A PENA DE SUSPENSÃO POR 01 (UMA) PARTIDA.

CLUBE ANDRAUS BRASIL- POR UNANIMIDADE, APLICADA A PENA DE MULTA NO VALOR DE R$ 1.500,00 (MIL E QUINHENTOS REAIS), DEVENDO SER RECOLHIDA EM UM PRAZO DE 05 (CINCO) DIAS.

AUTOS N° 381/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO AMADOR CAPITAL – SÉRIE A -  2014

JOGO:  ABE NOVO MUNDO X UBERLÂNDIA EC DATA: 04/10/2014

DENUNCIADO (S):

ABE NOVO MUNDO

UBERLANDIA EC

ALDO CEZAR CORDEIRO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODRIGO GALLÉAS

DENUNCIADO: ABE NOVO MUNDO, EPD, por entrar em campo após ao horário previsto, dando causa ao atraso de 08 minutos no inicio da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 206 do CBJD.

DENUNCIADO: UBERLANDIA EC, EPD, por entrar em campo após em campo após ao horário previsto, dando causa ao atraso de 08 minutos no inicio da partida. Em determinado momento do jogo, o preparador de goleiros de outras categoria, do UBERLANDIA, invadiu o campo de jogo pelo vestiário, o que paralisou a partida, dando causa a mais um atraso de 05 minutos. Por assim agir, incorre nas penas previstas do artigo 206 do CBJD pelo atraso no inicio da partida e também, mais uma vez pelo artigo 206 do CBJD, por ter seu preparador de goleiros invadido o campo de jogo  que causou uma paralização e por consequência atraso por  05 minutos. Denuncio ainda a equipe do UBERLANDIA, pelo artigo 213 II do CBJD, pela invasão do campo de jogo, por seu preparador de goleiros, para reclamar da arbitragem, se recusando a sair de campo até que fosse ameaçado chamar a policia.

DENUNCIADO: ALDO CEZAR CORDEIRO, preparador de goleiros da equipe juvenil do UBERLANDIA EC que invadiu o campo de jogo pela área do vestiário, para reclamar da arbitragem, se recusando sair do campo quando solicitado, até que infringiu, portanto o artigo 258-B do CBJD.

Observações:

Defensor (a): Dra. Fernanda Marcassa

DECISÃO 3° C.D.:

ABE NOVO MUNDO- POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

UBERLÂNDIA EC- POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

ALDO CEZAR CORDEIRO- POR MAIORIA, ABSOLVIDO.

AUTOS N° 384/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CIACCARINO FILHO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL  - SÉRIE A – JUVENIL -  2014

JOGO: COMBATE BARREIRINHA X UNIÃO NOVA ORLEANS   DATA: 20/09/2014

DENUNCIADO (S):

JOÃO BATISTA M. MAIA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. YURI FILHO

DENUNCIADO: JOÃO BATISTA M. MAIA, preparador físico da EPD UNIÃO NOVA ORLEANS, o denunciado fora excluído da partida, de acordo com a súmula, por ter proferido contra o atleta nº 07 da equipe adversária as seguintes palavras, in verbis “ PORRA, ABRE O OLHO BANDEIRA, CARALHO”, sua conduta deve ser entendida como contrária a disciplina ou a ética desportiva, se amolda ao tipo contido no artigo 258 § 2º, inc. II do CBJD.

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO 3° C.D.:

JOÃO BATISTA M. MAIA- POR UNANIMIDADE, APLICADA A PENA DE SUSPENSÃO POR 01 (UMA) PARTIDA.

AUTOS N° 387/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. JOSÉ ALVACIR GUIMARÃES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B - ADULTO -  2014

JOGO: EC SERGIPE FC X YPIRANGA FC DATA: 13/09/2014

DENUNCIADO (S):

CLÁUDIO OLSEMANN

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. YURI FILHO

DENUNCIADO: CLÁUDIO OLSEMANN, preparador físico da EPD YPIRANGA, o denunciado fora excluído da partida, de acordo com a súmula, por ter proferido contra o atleta nº 07 da equipe adversária as seguintes palavras, in verbis “ CALE A SUA BOCA SENÃO VOCE VAI APANHAR DEPOIS DO JOGO”, sua conduta deve ser entendida como contrária a disciplina ou a ética desportiva, se amolda ao tipo contido no artigo 258 § 2º, inc. II do CBJD.

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO 3° C.D.:

CLÁUDIO OLSEMANN- POR UNANIMIDADE, APLICADA A PENA DE SUSPENSÃO POR 01 (UMA) PARTIDA.

AUTOS N° 390/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. IRINEU TONINELLO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL – 2º DIVISÃO -  2014

JOGO: FOZ DO IGUAÇU FC X APUCARANA SPORTS DATA: 04/10/2014

DENUNCIADO (S):

BRUNO DE OLIVERIA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. YURI FILHO

DENUNCIADO: BRUNO DE OLIVERIA, preparador físico da EPD APUCARANA SPORTS, o denunciado fora excluído da partida, de acordo com a súmula, por ter proferido contra o árbitro as seguintes palavras, in verbis “ VOCE ESTA  LOUCO, MAL INTENCIONADO, TEM QUE ACABAR AGORA ESSA PARTIDA”, o árbitro acrescenta que a conduta do denunciado fora motivada pelo interesse em retardar o reinicio da partida. sua conduta deve ser entendida como contrária a disciplina ou a ética desportiva, se amolda ao tipo contido no artigo 258 § 2º, inc. II do CBJD.

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO 3° C.D.: BRUNO DE OLIVEIRA- POR UNANIMIDADE, APLICADA A PENA DE SUSPENSÃO POR 01 (UMA) PARTIDA.

AUTOS N° 393/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL – 3º DIVISÃO -  2014

JOGO: GRECAL X A. PORTUGUESA LONDRINENSE  DATA: 28/09/2014

DENUNCIADO (S):

GRECAL

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

DENUNCIADO: GRECAL, o Sr. Árbitro atestou a ausência de pagamento da taxa de arbitragem. O denunciado infringiu o parágrafo sexto do artigo 50 do Regulamento Geral das Competições, que determina que a equipe mandante deve efetivar o pagamento da taxa de arbitragem. A não observância do parágrafo sexto do artigo 50 do Regulamento Geral das Competições, caracteriza ao artigo 191 III do CBJD.

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO 3° C.D.:

GRECAL- POR UNANIMIDADE, APLICADA A PENA DE MULTA NO VALOR DE R$ 1.000,00 (MIL REAIS), MAIS O CUMPRIMENTO DA OBRIGAÇÃO, DEVENDO RECOLHER EM 05 (CINCO) DIAS.

AUTOS N° 396/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL – SUB 20 -  2014

JOGO: CASCAVEL CR X PARANÁ CLUBE  DATA: 25/09/2014

DENUNCIADO (S):

LEONARDO M. A. DOS SANTOS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

DENUNCIADO: LEONARDO M. A. DOS SANTOS, atleta da equipe CASCAVEL CR, regularmente inscrito sob nº 397.028. pelos fatos e razões de direito a seguir expostos. O denunciado, foi expulso de maneira direta, por atingir seu adversário, com carrinho frontal, empregando  força excessiva. A atitude caracteriza infração ao dispositivo 254 § 1º Do CBJD. Observações:

Defensor (a):

DECISÃO 3° C.D.:

LEONARDO M. A. DOS SANTOS- POR UNANIMIDADE, APLICADA A PENA DE SUSPENSÃO POR 01 (UMA) PARTIDA.

Nada mais havendo a tratar, o Presidente encerrou a sessão, agradecendo a presença de todos, sendo lavrada a presente ata que, lida e aprovada pelos demais auditores, vai assinada pelo Presidente e por mim, Dayane Fernanda Pacheco, Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná.

 

Curitiba/PR, 19 de novembro de 2.014.

 

SAMUEL TORQUATO

Presidente da Terceira Comissão Disciplinar

 

DAYANE FERNANDA PACHECO

Secretaria do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná

 




Referências:

19/11/2014 - Pauta 3º Comissão Disciplinar - 19 de Novembro de 2014.
Publicação: 21/11/2014 às 17:51