Sessão: Segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

.: Decisão da 1º Comissão Disciplinar - 19 de Janeiro de 2015 :.

AUTOS N°. 476/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MARCEL SOUZA DE OLIVEIRA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL  – SÉRIE A - ADULTO - 2014

JOGO: TRIESTE FC X UNIÃO NOVA ORLEANS  DATA: 18/10/2014

 DENUNCIADO (S):

GELSON G. S JUNIOR

FELIPE C. MELO

MARCELO E. CAMPOS

EDERSON P. COSTANTINO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. YURI FIALHO

 1° DENUNCIADO: GELSON G. S JUNIOR, atleta do TRIESTE FC, redundou em expulsão direta, de acordo com a súmula aos 66 minutos por desferimento mutuo de cabeçadas fora da disputa de bola. Sua conduta infringiu o artigo 254-A § 1º I e II do CBJD.

2° DENUNCIADO: FELIPE C. MELO atleta do UNIÃO NOVA ORLEANS, redundou em expulsão direta , de acordo com a súmula aos 66 minutos por desferimento mutuo de cabeçadas fora da disputa de bola. Sua conduta infringiu o artigo 254-A § 1º I e II do CBJD.

 3° DENUNCIADO: MARCELO E. CAMPOS atleta do TRIESTE FC,  após a exclusão decorrente por dupla advertência com cartões amarelo, voltou-se contra o árbitro passando a xingá-lo até ameaça-lo, , teria proferido contra o árbitro VOCÊ É MERDÃO SEU FILHO DA PUTA VAI SE FODER, infringindo o artigo 258 § 2º II do CBJD.

 4° DENUNCIADO: EDERSON P. COSTANTINO atleta do UNIÃO NOVA ORLEANS, após a exclusão decorrente por dupla advertência com cartões amarelo, voltou-se contra o árbitro passando a xingá-lo até ameaça-lo teria proferido ao árbitro APÓS SER EXPULSO O MESMO VEIO PARA CIMA DE MIM QUERENDO ME AGREDIR E DISSE: SEU FILHO DA PUTA VOU TE PEGAR ATÉ NO INFERNO infringindo o artigo 243-F § 1º do CBJD.

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO 1° C.D.:

GELSON G. S JUNIOR - POR UNANIMIDADE, APLICADA A PENA DE ADVERTÊNCIA COM FULCRO NO ARTIGO 250 §2º DO CBJD.

FELIPE C. MELO - POR UNANIMIDADE, APLICADA A PENA DE ADVERTÊNCIA COM FULCRO NO ARTIGO 250 §2º DO CBJD.

MARCELO E. CAMPOS - POR UNANIMIDADE, APLICADA A PENA DE ADVERTÊNCIA COM FULCRO NO ARTIGO 250 §2º INCISO II DO CBJD.

EDERSON P. COSTANTINO - POR UNANIMIDADE, APLICADA A PENA DE ADVERTÊNCIA COM FULCRO NO ARTIGO 250 §2º INCISO II DO CBJD.

AUTOS N°. 479/2014 – PROCESSO ADIADO

AUDITOR RELATOR: DR. MIGUEL ANGELO RASBOLD

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL – SUB 15 - 2014

JOGO: CLUBE ATLÉTICO PARANAENSE X CORITIBA FC  DATA: 11/10/2014

 DENUNCIADO (S):

GEOVANE S. SANTOS

LUIZ H. L. DA FONSECA

LUCAS MARKS LIKS

IAN B. SANTANA

MATHEUS M. A. PIRES

CLUBE ATLETICO PARANAENSE

CORITIBA FC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. YURI FIALHO

1° DENUNCIADO: GEOVANE S. SANTOS, atleta do CLUBE ATLETICO PARANAENSE, fora expulso da partida de forma direta, decorrente de agressão por DESFERIR UM SOCO NO ROSTO DE UM ATLETA ADVERSÁRIO. Sua ação infringe o artigo 254-A § 1º I do CBJD.

2° DENUNCIADO: LUIZ H. L. DA FONSECA, atleta do CORITIBA FC,  foi expulso da partida, por ter proferido contra um atleta da equipe adversária SEU FILHA DA PUTA, LEVANTA infringindo o artigo 258 do CBJD. Infringindo também o artigo 243-F §1 º do CBJD

3° DENUNCIADO: LUCAS MARKS LIKS, atleta do CORITIBA FC, teria dirigido ao árbitro nº2 proferindo as seguintes palavras SEU CASEIRO FILHO DA PUTA, o que redundou em expulsão direta Infringindo o artigo 243-F §1 º do CBJD

4° DENUNCIADO: IAN B. SANTANA, atleta do CORITIBA FC, sua conduta fora dirigida ao trio de arbitragem, contra quem asseverou VOCES SÃO BANDO DE CASEIROS, VAI TOMA NO CU, SEU FILHO DA PUTA, tal ato ocasionou sua expulsão de forma direta. Infringindo o artigo 243-F §1 º do CBJD

5° DENUNCIADO: MATHEUS M. A. PIRES, atleta do CORITIBA FC sua conduta fora dirigida ao trio de arbitragem, contra quem asseverou VOCES SÃO UNS FILHA DA PUTA, TRIO SEM VERGONHA Infringindo o artigo 243-F §1 º do CBJD

6 ° DENUNCIADO: CLUBE ATLETICO PARANAENSE , existem 3 razões passiveis de censura e punição. A 1º esta vinculada a denuncia de agressão do 1º denunciado, restando as sanções do artigo 258-D do CBJD. A 2º ao arremesso de um artefato explosivo nas dependências da praça esportiva por integrantes de sua torcida, conduta tipificada ao artigo 213 III do CBJD. 3º na invasão do campo de jogo por parte de funcionários e por torcedores, encontra previsão no artigo 213 II §2º e 258-B .

7 ° DENUNCIADO: CORITIBA FC, relata o árbitro que após encerramento do cotejo, diversos  dirigentes teriam invadido o gramado pra conterem seus jogadores que reclamavam do trio de arbitragem, para em seguida eles mesmos demonstraram seu descontentamento. Tal ação esta tipificada no artigo 213 II § 2º do CBJD.

 

AUTOS N°. 482/2014 – PROCESSO ADIADO

AUDITOR RELATOR: DR. CARLOS ALBERTO ZITTA

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL – SUB 17 - 2014

JOGO: PARANÁ CLUBE SX CORITIBA FC  DATA: 25/10/2014

 DENUNCIADO (S):

GUSTAVO JEAN KAMIENSKI

MATHEUS MAURICIO DUCATTI

GABRIEL BUSNARDO RODRIGUES

WILSON GABRIEL C. PINTO

GABRIEL BUBNIAK

DANIEL STEFANO A. TAFFREL

EVANDRO DA SILVA

GUSTAVO HENRIQUE DA SILVA

PARANÁ CLUBE

CORITIBA FC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI CORREA

1° DENUNCIADO: GUSTAVO JEAN KAMIENSKI, atleta do PARANÁ CLUBE, após o termino da partida, por haver se dirigido ao apitador com as seguintes palavras PARABENS POR ESTA MERDA QUE VOCE FEZ. Infringindo o artigo 258 § 2º II do CBJD.

2° DENUNCIADO: MATHEUS MAURICIO DUCATTI, atleta do Paraná clube expulso de forma direta, por haverem tocado socos e pontapés com atletas adversários após o termino da partida, infringiu o artigo 257 § 1º e 258 do CBJD.

3° DENUNCIADO: GABRIEL BUSNARDO RODRIGUES, atleta do Paraná clube expulso de forma direta, por haverem tocado socos e pontapés com atletas adversários após o termino da partida, infringiu o artigo 257 § 1º e 258 do CBJD.

4° DENUNCIADO: WILSON GABRIEL C. PINTO, atleta do Paraná clube expulso de forma direta, por haverem tocado socos e pontapés com atletas adversários após o termino da partida, infringiu o artigo 257 § 1º e 258 do CBJD.

5° DENUNCIADO: GABRIEL BUBNIAK, atleta do CORITBA FC  expulso de forma direta, por haverem tocado socos e pontapés com atletas adversários após o termino da partida, infringiu o artigo 257 § 1º e 258 do CBJD.

6° DENUNCIADO: DANIEL STEFANO A. TAFFREL, expulso de forma direta, por haverem tocado socos e pontapés com atletas adversários após o termino da partida, infringiu o artigo 257 § 1º e 258 do CBJD.

7° DENUNCIADO: EVANDRO DA SILVA expulso de forma direta, por haverem tocado socos e pontapés com atletas adversários após o termino da partida, infringiu o artigo 257 § 1º e 258 do CBJD.

8° DENUNCIADO: GUSTAVO HENRIQUE DA SILVA, expulso de forma direta, por haverem tocado socos e pontapés com atletas adversários após o termino da partida, infringiu o artigo 257 § 1º e 258 do CBJD.

9° DENUNCIADO: PARANÁ CLUBE, em decorrência de atos praticados por atletas a si vinculados ao final do jogo, acabaram por se envolver em confronto direito com vários atletas adversários, mediantes socos e pontapés, infringindo o artigo 258-D do CBJD.

10° DENUNCIADO: CORITIBA FC, em decorrência de atos praticados por atletas a si vinculados ao final do jogo, acabaram por se envolver em confronto direito com vários atletas adversários, mediantes socos e pontapés, infringindo o artigo 258-D do CBJD.

 

AUTOS N°. 485/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. EDUARDO DE VARGAS NETO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL – SUB 17 - 2014

JOGO: PARANÁ CLUBE X COLORADO AC DATA: 15/11/2014

 DENUNCIADO (S):

PARANÁ CLUBE

MARCO AURELIO DA S. OLIVEIRA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: PARANÁ CLUBE, o Sr. Árbitro atestou que houve atraso de 3 minutos para o reinicio da partida em função da demora da equipe do PARANÁ CLUBE retornar em campo. Afrontando o artigo 12 parágrafo único do Regulamento, a sua não observância infringe  artigo 191 III do CBJD.

2° DENUNCIADO: MARCO AURELIO DA S. OLIVEIRA, atleta do COLORADO AC, foi expulso diretamente por desferir uma cotovelada na altura da nuca do seu adversário.infringindo o artigo 254 § 1º I do CBJD.

 

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO 1° C.D.:

PARANÁ CLUBE - POR UNANIMIDADE, APLICADA A PENA DE MULTA NO VALOR DE R$ 300,00 (TREZENTOS REAIS) POR INFRINGIR O ART. 191, III DO CBJD.  DEVENDO RECOLHER EM UM PRAZO DE 05 (CINCO) DIAS.

MARCO AURELIO DA S. OLIVEIRA - POR UNANIMIDADE, APLICADA A PENA DE SUSPENSÃO POR 04 (QUATRO) PARTIDAS, NA FORMA DO ART. 244 § 1º INCISO I DO CBJD, PENA QUE REDUZ-SE PELA METADA ANTE APLICAÇÃO DO ARTIGO 180 E 182 DO CBJD, RESTANDO A PENA DE 02 (DUAS) PARTIDAS DE SUSPENSÃO.

AUTOS N°. 488/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MARCEL SOUZA DE OLIVEIRA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SERIE B – SUB 17 - 2014

JOGO: GP GENTE DA GENTEX IMPERIAL FC DATA: 12/11/2014

 DENUNCIADO (S):

GP GENTE DA GENTE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: GP GENTE DA GENTE, o Sr. Árbitro atestou que faltava gramado em campo, não possuindo as mínimas condições de jogo, visto que tinha muita terra e barro.  Infringindo o artigo 211 do CBJD.

 

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO 1° C.D.:

GP GENTE DA GENTE - POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

AUTOS N°. 491/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MIGUEL ANGELO RASBOLD

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SERIE A – JUVENIL- 2014

JOGO: ABE NOVO MUNDO FC X UNIÃO NOVA ORLEANS DATA: 12/11/2014

 DENUNCIADO (S):

ABE NOVO MUNDO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: ABE NOVO MUNDO, o Sr. Árbitro atestou a ausência de policiamento, bem como não foi apresentado oficio requisitando a presença. Cometendo a infração ao artigo 15 do Regulamento, e sua não observância caracteriza infração ao artigo 191 III do CBJD.

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO 1° C.D.:

ABE NOVO MUNDO - POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

AUTOS N°. 494/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. CARLOS ALBERTO ZITTA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SERIE B – ADULTO- 2014

JOGO: IMPERIAL FC X UNIÃO CAPÃO RASO FC DATA: 08/11/2014

 DENUNCIADO (S):

DIONIS A. DA SILVA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: DIONIS A. DA SILVA, atleta da equipe do IMPERIAL F.C., por ter sido expulso por dupla advertência aos 70’ de partida, por reclamar acintosamente da equipe de arbitragem após a marcação de um impedimento contra a sua equipe, proferindo os seguintes dizeres: “você tá de palhaçada rapaz, ta de sacanagem mesmo”. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no artigo 258, ‘caput’, do CBJD.

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO 1° C.D.:

DIONIS A. DA SILVA - POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

Nada mais havendo a tratar, o Presidente encerrou a sessão, agradecendo a presença de todos, sendo lavrada a presente ata que, lida e aprovada pelos demais Auditores, vai assinada pelo Presidente e por mim, Juliana Vasconcellos de Andrade, Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná. 

Curitiba/PR, 19 de Janeiro de 2.015.

 

 

JOSÉ EDUARDO DE QUINTAS MELLO

Presidente da 1° Comissão Disciplinar

 

JULIANA VASCONCELLOS DE ANDRADE

Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná




Referências:

19/01/2015 - Pauta 1º Comissão Disciplinar - 19 de Janeiro de 2015.
Publicação: 20/01/2015 às 16:06