Sessão: Quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

.: Decisão da 3º Comissão Disciplinar - 21 de Janeiro de 2015 :.

3° COMISSÃO DISCIPLINAR

ATA DA SESSÃO DO DIA 21 DE JANEIRO DE 2.015

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 003/2015

 

Ao vigésimo primeiro dia do mês de janeiro do ano de dois mil e quinze, às dezenove horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná localizada na Avenida República Argentina, 2153, bairro Portão, Curitiba, Paraná, reuniram-se os Auditores Membros da 3° Comissão Disciplinar deste Tribunal, Samuel Torquato – Presidente da Comissão, Mauro Ribeiro Borges, José Alvacir Guimarães, Humberto Ciccarino Filho e  Irineu Toninello, o procurador Marcelo Fonseca Gurniski. Havendo quorum legal, passou-se a pauta, observando-se os pedido de preferência, na ordem adiante transcrita:

 

AUTOS N°. 466/2014 – ADIADA

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL – SUB 17 - 2014

JOGO: CLUBE ATLÉTICO PARANAENSE X CORITIBA FC

DATA: 15/11/2014

DENUNCIADO (S):

THALES L. S. MARTINS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: THALES L. S. MARTINS, atleta do CLUBE ATLETICO PARANAENSE, o Sr. Arbitro atestou que o denunciado foi expulso diretamente, por pisar na parte posterior da coxa de seu adversário, infringindo o  artigo 254, § 1º I do CBJD.

 

AUTOS N° 469/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL – 3ª DIVISÃO-2014

JOGO: CASCAVEL CR X A. PORTUGUESA LONDRINENSE

DATA: 16/11/2014

DENUNCIADO (S):

CASCAVEL CR

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODRIGO GALLÉAS

DENUNCIADO: CASCAVEL CR, por não pagar as taxas de arbitragem e por ter dado causa ao atraso de 10 minutos pela falta de ambulância que pelo RGC em seu artigo 32-d deve ser disponibilidade. Por não cumprir com o regulamento que em seu artigo 50 c§6 do RGC prevê o pagamento por parte do clube aos árbitros, responderá pelas penas do artigo 191 I CBJD. Pelo atraso de 10 minutos responderá pelas penas do artigo 206 e seus parágrafos 1,2,3 e 4 CBJD. E ARTIGO 191 I do CBJD.

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

CASCAVEL CR -  POR UNANIMIDADE, A AGREMIAÇÃO FOI CONDENADA A PENA DE MULTA NO VALOR DE R$ 1.000,00 (MIL REAIS), DEVENDO SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5(CINCO) DIAS. POR INFRINGIR O ARTIGO 191 INCISO III DO CBJD. E PUNIR COM MAIS R$ 350,00 (TREZENTOS REAIS) POR INFRINGIR O ARTIGO 206 DO CBJD.

 

AUTOS N° 472/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. IRINEU TONINELLO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL – 3ª DIVISÃO-2014

JOGO: PATO BRANCO EC X SC CAMPO MOURÃO

DATA: 02/11/2014

DENUNCIADO (S):

SC CAMPO MOURÃO

DIEGO HENRIQUE SCHEID

JEFFERSON M. DE MELLO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODRIGO GALLÉAS

DENUNCIADO: SC CAMPO MOURÃO, por ter tido problemas no seu transporte até o estádio, atrasando a partida em 60 minutos., prorrogado por mais 30 minutos , previsto em seu artigo 14 § 2 , I.Infringindo o artigo 206 do CBJD. Infringiu o artigo 29 do Regulamento e também o artigo 191 III do CBJD.

2° DENUNCIADO: DIEGO HENRIQUE SCHEID, atleta do CAMPO MOURÃO, por empurrar o jogador adversário com as mãos fechadas na altura do peito. infringindo o artigo 250-II do CBJD.

3° DENUNCIADO: JEFFERSON M. DE MELLO.  Atleta do PATO BRANCO por revidar o empurrão com a mesma atitude também de Mao fechada acertado os braços do atleta anteriormente, infringindo o artigo 250-II do CBJD.

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

SC CAMPO MOURÃO -  POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

DIEGO HENRIQUE SCHEID -  POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

JEFFERSON M. DE MELLO -  POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

AUTOS N° 475/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL – SUB 17 -2014

JOGO: AA BATEL X COLORADO AC

DATA: 18/10/2014

DENUNCIADO (S):

VITOR CHAVES KUBLINSKI

MATHEUS SOUZA GURNASKI

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: VITOR CHAVES KUBLINSKI, atleta do AA Batel foi expulso porque proferiu as seguintes palavras FILHO DA PUTA, VOCE É UM VIADO BURRO. O denunciado infringiu o artigo 258-A §2º II do CBJD.

2° DENUNCIADO: MATHEUS SOUZA GURNASKI, atleta do AA Batel foi expulso porque proferiu as seguintes palavras VOCE CONSEGUIU O QUE QUERIA, VOCE NAO SABE APITAR. O denunciado infringiu o artigo 258-A §2º II do CBJD.

 

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

VITOR CHAVES KUBLINSKI -  POR UNANIMIDADE, APLICAR A PENA DE 01 (UMA) PARTIDA DE SUSPENSÃO.

MATHEUS SOUZA GURNASKI -  POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

 

AUTOS N° 478/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL – 3º DIVISÃO -2014

JOGO: PATO BRANCO EC X CLUBE ANDRAUS BRASIL

DATA: 16/11/2014

DENUNCIADO (S):

PATO BRANCO EC

LUCAS LUIZ MARCATO

PAULO CEZAR CARDOSO

ENRICO VICENTE FERON

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: PATO BRANCO E.C., entidade de Prática Desportiva, entidade de prática desportiva, por deixar de manter o local do evento com a infraestrutura necessária a assegurar a sua realização, devido a exclusão do gandula, Senhor Lucas Luiz Marcato, aos 38’ de partida, descumprindo a equipe os artigos 30, inciso VII, e 32,§5°, ambos do Regulamento Geral das Competições. Por assim agir, incorre nas sanções previstas nos  artigos 211 e 191, III, ambos do CBJD.

2° DENUNCIADO: LUCAS LUIZ MARCATO, gandula da equipe PATO BRANCO E.C., por ter sido expulso aos 38’ de partida após proferir os seguintes dizeres: “joga bola seu filho da puta, não vem querer mandar aqui em Pato Branco”. Em seguida, partiu em direção ao atleta adversário tentando desferir um soco, o que foi evitado pelos próprios atletas da equipe do Pato Branco E.C., que detiveram o mesmo. Por assim agir, incorre nas sanções previstas nos  artigos 211 e 191, III, ambos do CBJD.

3° DENUNCIADO: PAULO CEZAR CARDOSO, diretor de futebol do PATO BRANCO E.C., por ter sido expulso no intervalo do jogo após invadir o local de partida para reclamar sobre uma suposta penalidade que não havia sido marcada à favor de sua equipe.  Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 258-B e 250, do CBJD.

4° DENUNCIADO: PAULO CEZAR CARDOSO, diretor de futebol do PATO BRANCO E.C., que após o termino da partida, novamente invadiu o local do jogo e proferiu os seguintes dizeres para a equipe de arbitragem: “você é ladrão vagabundo, sem vergonha, você é o culpado do nosso time perder você tem que apanhar você é muito ruim, muito fraco. Não da o um penalti claro para nós seu sem vergonha você tem que apanhar seu vagabundo, sem vergonha não tem vergonha na cara vim aqui em Pato Branco roubar da gente você tem que apanhar”. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 258-B e 243-F, ambos do CBJD.

5° DENUNCIADO: ENDRIGO VICENTE FERON, Delegado da Federação Paranaense de Futebol, por deixar de preencher o campos de Observações Gerais, dificultando também a aplicação dos regulamentos inerentes à competição, bem como dificultando a aplicação do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. Em tal partida houve a ocorrência de infração disciplinar que deveria ter sido relatada pelo denunciado em questão, para auxiliar na elucidação dos fatos expostos pela equipe de arbitragem. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 266, do CBJD.

 

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

PATO BRANCO E.C -  POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

LUCAS LUIZ MARCATO -  POR UNANIMIDADE, APLICAR A PENA DE 15 (QUINZE) DIAS DE SUSPENSÃO.

 

PAULO CEZAR CARDOSO -  POR UNANIMIDADE, APLICAR A PENA DE 01 (UMA) PARTIDA DE SUSPENSÃO.

 

PAULO CEZAR CARDOSO -  POR UNANIMIDADE, APLICAR A PENA DE 01 (UMA) PARTIDA DE SUSPENSÃO.

 

ENDRIGO VICENTE FERON -  POR UNANIMIDADE, APLICAR A PENA DE 30 (TRINTA) DIAS.

 

 

AUTOS N° 481/2014 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL –SÉRIE A - ADULTO -2014

JOGO: SRE BANGU X URE SANTA QUITÉRIA

DATA: 01/11/2014

DENUNCIADO (S):

JOACIR CASTORINO JR

EDSON Q. DOS SANTOS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. YURI FIALHO

1° DENUNCIADO: JOACIR CASTORINO JR, atleta da SRE BANGU, fora excluído definitivamente da partida, de acordo com a súmula por CHUTAR SEU ADVERSÁRIO NA ALTURA DA COXA DIREITA, FORA DA DISPUTA DE BOLA, sua conduta infringi o artigo 254 § 1º inciso I CBJD.

2° DENUNCIADO: EDSON Q. DOS SANTOS atleta do URE SANTA QUITÉRIA fora excluído definitivamente da partida, de acordo com a súmula por GOLPEAR SEU ADVERSÁRIO COM O USO DE FORÇA ECESSIVA, COM O BRAÇO DIREITO ATINGINDO SEU ADVERSÁRIO NO ROSTO, FORA DA DISPUTA DE BOLA, sua conduta infringi o artigo 254 § 1º inciso I CBJD.

 

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

JOACIR CASTORINO JR -  POR UNANIMIDADE, APLICAR A PENA DE 01 (UMA) PARTIDA DE SUSPENSÃO.

 

EDSON Q. DOS SANTOS -  POR UNANIMIDADE, APLICAR A PENA DE 01 (UMA) PARTIDA DE SUSPENSÃO.

 CONTINUAÇÃO....




Referências:

21/01/2015 - Pauta 3º Comissão Disciplinar - 21 de Janeiro de 2015.
Publicação: 22/01/2015 às 15:47