Sessão: Quarta-feira, 11 de março de 2015

.: Decisão da 3º Comissão Disciplinar - 11 de Março de 2015 :.

3° COMISSÃO DISCIPLINAR

ATA DA SESSÃO DO DIA 11 DE MARÇO DE 2.015

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 015/2015

 

Ao décimo primeiro dia do mês de março do ano de dois mil e quinze, às dezenove horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná localizada na Avenida República Argentina, 2153, bairro Portão, Curitiba, Paraná, reuniram-se os Auditores Membros da 3° Comissão Disciplinar deste Tribunal, Mauro Ribeiro Borges – Presidente em exercício, Humberto Ciccarino Filho e  Irineu Toninello, José Alvacir Guimarães o procurador Marcelo Fonseca Gurninski. Estando Ausente o auditor Samuel Torquato. Havendo quorum legal, passou-se a pauta, observando-se os pedido de preferência, na ordem adiante transcrita:


AUTOS N°. 06/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. IRINEU TONINELLO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL – 1º DIVISÃO - 2015

JOGO: MARINGÁ FC X PARANÁ CLUBE

DATA: 22/02/2015

DENUNCIADO (S):

BRUNO RENAN TROMBELLI

PARANÁ CLUBE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: BRUNO RENAN TROMBELLI, atleta com registro nº 186144, integrante da entidade de prática desportiva Maringá FC, por calçar seu adversário na disputa de bola, motivando sua expulsão, por dupla advertência, aos 54’00” da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 250, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: PARANÁ CLUBE, entidade de prática desportiva, por entrar em campo, quando da volta do intervalo da partida, com um atraso de 2 (dois) minutos, atrasando o reinício de jogo. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 206, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO DA 3º C.D.:

BRUNO RENAN TROMBELLI -  POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

PARANÁ CLUBE -  POR UNANIMIDADE, APLICAR A PENA DE MULTA NO VALOR DE R$ 300,00 (TREZENTOS) REAIS, DEVENDO SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 05( CINCO) DIAS.

AUTOS N° 09/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. JOSÉ ALVACIR GUIMARÃES

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL – 1º DIVISÃO - 2015

JOGO: CORITIBA FC X OPERÁRIO FEC

DATA: 07/02/2015

DENUNCIADO (S):

CORITIBA FC

OPERÁRIO FEC

LEONARDO SALINO DO CARMO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: CORITIBA FC, o Sr. Árbitro atestou que o denunciado ingressou ao gramado às 19hs:23min, menos de 10 minutos antes do início da partida. os denunciados infringiram o parágrafo único do artigo 43 do REGULAMENTO GERAL DAS COMPETIÇÕES, que determina que as equipes devem ingressar em campo com antecedência mínima de 10(DEZ) minutos do início da partida. A não observância do parágrafo único do artigo 43, caracteriza infração ao artigo 191, III do CBJD.

2° DENUNCIADO: OPERÁRIO FEC, o Sr. Árbitro atestou que o denunciado ingressou ao gramado às 19hs:23min, menos de 10 minutos antes do início da partida. os denunciados infringiram o parágrafo único do artigo 43 do REGULAMENTO GERAL DAS COMPETIÇÕES, que determina que as equipes devem ingressar em campo com antecedência mínima de 10(DEZ) minutos do início da partida. A não observância do parágrafo único do artigo 43, caracteriza infração ao artigo 191, III do CBJD.

3° DENUNCIADO: LEONARDO SALINO DO CARMO, atleta do OPERÁRIO, Os fatos relatados na súmula demonstram que o denunciado desferiu, por traz, chute na canela do adversário. Sua atitude caracteriza infração ao disposto no artigo 254, §1º, I do CBJD.

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO DA 3º C.D.:

CORITIBA FC -  POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

OPERÁRIO FEC -  POR UNANIMIDADE, ADIADO PARA PRÓXIMA SESSÃO.

LEONARDO SALINO DO CARMO - POR UNANIMIDADE, ADIADO PARA PRÓXIMA SESSÃO.

AUTOS N° 12/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL – 1º DIVISÃO - 2015

JOGO: MARINGÁ FC X OPERÁRIO FEC

DATA: 01/02/2015

DENUNCIADO (S):

APARECIDO REGINI

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. HENRIQUE CARDOSO DOS SANTOS

1° DENUNCIADO: APARECIDO REGINI, presidente do MARINGÁ FC, após o termino da partida, acabou por invadir o campo, dirigindo-se até a entrada so acesso do túnel do vestiário dos árbitros, proferindo as seguintes palavras, contra o árbitro RODOLPHO TOSKI MARQUES. VOCE É UM VAGABUNDO, SAFADO, LADRAO, MERECE APANHAR, SEU MOLEQUE D EMERDA, VOCE NAO TME VERGONHA NA CARA. Infringindo o artigo 243-F, assim como o artigo 258 §2º do CBJD.

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO DA 3º C.D.:

APARECIDO REGINI  -  POR UNANIMIDADE, APLICAR A PENA DE 15 (QUINZE) DIAS DE SUSPENSÃO.

 

AUTOS N° 15/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL – 1º DIVISÃO - 2015

JOGO: FOZ DO IGUAÇU FC X CORITIBA FC

DATA: 11/02/2015

DENUNCIADO (S):

CORITIBA FC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. GUSTAVO BIZINELLI

1° DENUNCIADO: CORITIBA FC, equipe visitante da partida, tendo em vista que o jogo foi paralisado com 1 minuto e 30 segundos de andamento, em razão a utilização de sinalizadores por parte de sues torcedores, infringindo desta forma o artigo 213 III do CBJD.

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO DA 3º C.D.:

CORITIBA FC -  POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.


Nada mais havendo a tratar, o Presidente encerrou a sessão, agradecendo a presença de todos, sendo lavrada a presente ata que, lida e aprovada pelos demais auditores, vai assinada pelo Presidente e por mim, Juliana Vasconcellos de Andrade, Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná.

Curitiba/PR, 11 de Março de 2.015.

 

 

MAURO RIBEIRO BORGES

Presidente em Exercício

 

 

 

JULIANA VASCONCELLOS DE ANDRADE

Secretaria do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná




Referências:

11/03/2015 - Pauta 3º Comissão Disciplinar - 11 de Março de 2015.
Publicação: 12/03/2015 às 14:08