Sessão: Terça-feira, 26 de maio de 2015

.: Decisão da 2ª Comissão Disciplinar de 26 de Maio de 2015 :.

2° COMISSÃO DISCIPLINAR

ATA DA SESSÃO DO DIA 26 DE MAIO DE 2.015

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 036/2015

 

Ao vigésimo sexto dia do mês de maio do ano de dois mil e quinze, às dezenove horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná localizada na Avenida República Argentina, 2153, bairro Portão, Curitiba, Paraná, reuniram-se os Auditores Membros da 2° Comissão Disciplinar deste Tribunal, Anderson Gaspar– Presidente, Luciano Costenaro de Oliveira, Rubens Dobranski, Hélio Anjos Ortiz Neto e o procurador, Rodrigo Galleas. Estando ausente o auditor Cesar Augusto Ramos Gradela. Havendo quorum legal, passou-se a pauta, observando-se os pedido de preferência, na ordem adiante transcrita: 

 

AUTOS N°. 38/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HÉLIO ANJOS ORTIZ NETO

CAMPEONATO COPA DE FUTEBOL AMADOR DA CAPITAL – ADULTO – 2015

JOGOS: VILA FANNY FC X UBERLANDIA EC

DATA:  11/04/2015

DENUNCIADO(S):

GUILHERME HENRIQUE HAURELIUK

ANDRÉ LUIS DIAS DO NASCIMENTO

VILA FANNY FC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: GUILHERME HENRIQUE HAURELIUK, atleta do UBERLANDIA EC, por, fora da disputa de bola, empurrar e proferir as seguintes palavras contra o atleta adversário And´re L. D. do Nascimento “ quem é você seu filho da puta de merda, seu bosta, vou te quebrar”, motivando a sua expulsão, de forma direta, aos 71’00’’, da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254 A- 258, ambos do CBDJ.

2° DENUNCIADO: ANDRÉ LUIS DIAS DO NASCIMENTO, Atleta do VILA FANNY FC, por fora da disputa de bola, revidar com um empurrão e proferir as seguintes palavras contra o atleta adversário, Guilherme H. Haureliuk, “filho da puta é você, cuzão”, motivando a sua expulsão, de forma direta, aos 71’00’’ da partida.. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254 A – 258 ambos do CBJD.

3° DENUNCIADO: VILA FANNY FC, entidade de pratica desportiva, por deixar de cumprir com o parágrafo 6º, do artigo 50, do Regulamento Geral das Competições, eis que não efetuou o pagamento de taxa de arbitragem em sua integralidade. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 191, III, do CBJD.

Observações:

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

 DECISÃO DA 2º C.D.:

 GUILHERME HENRIQUE HAURELIUK: POR UNANIMIDADE ART 250 do CBJD APENAMENTO DE 1 (UMA) PARTIDA DE SUSPENSÃO. ART 258 DO CBJD, SUSPENSAO DE 1 (UMA) PARTIDA. TOTALIZANDO 2 (DUAS) PARTIDAS.

  ANDRÉ LUIS DIAS DO NASCIMENTO: POR UNANIMIDADE ART 250, II, parágrafo 1º do CBJD APENAMENTO DE UMA PARTIDA DE SUSPENSÃO. ART 258 DO CBJD, SUSPENSAO DE UMA PARTIDA.

 VILA FANNY FC: POR UNANIMIDADE, ABOLVIDO.

 

 

AUTOS N°. 41/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. LUCIANO COSTENARO

CAMPEONATO COPA DE FUTEBOL AMADOR DA CAPITAL – ADULTO – 2015

JOGOS: SOBI SÃO BRAZ X EC SERGIPE

DATA:  18/04/2015

DENUNCIADO(S):

JULIANO R. DE SOUZA

FABIO M. DE SOUZA

SOBI SÃO BRAZ

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: JULIANO R. DE SOUZA, atleta do SOBI SÃO BRAZ, por, calçar o atleta adversário na disputa de bola, motivando a sua expulsão, por dupla advertência, aos 56’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 250 do CBDJ.

2° DENUNCIADO: FABIO M. DE SOUZA, Atleta do EC SERGIPE, por, após o termino da partida, proferir as seguintes palavras contra o arbitro da partida “vai se fuder seu filho da puta, vai apanhar caralho, você é um ladrão, safado vai apanhar” tendo, inclusiva, que ser contido por outros atletas, motivando a sua expulsão, de forma direta, aos 93’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 253 –F do CBJD.

3° DENUNCIADO: SOBI SÃO BRAZ, entidade de pratica desportiva, por deixar de cumprir com o parágrafo 6º, do artigo 50, do Regulamento Geral das Competições, eis que não efetuou o pagamento de taxa de arbitragem em sua integralidade. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 191, III, do CBJD.

Observações:

 Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

DECISÃO DA 2º C.D.:

 JULIANO R. DE SOUZA: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 FABIO M. DE SOUZA: POR UNANIMIDADE, SUSPENSÃO DE 2 (DUAS) PARTIDAS EM CONCRETO.

 SOBI SÃO BRAZ: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

 

 AUTOS N°. 53/2015– EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HELIO ANJOS ORTIZ NETO

Campeonato Copa de Futebol Amador da Capital – Adulto – 2015

JOGOS:  UNIÃO VILA SANDRA EC X UBERLÂNDIA EC

DATA:  25/04/2015

DENUNCIADO(S):

UNIÃO VILA SANDRA EC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: UNIÃO VILA SANDRA EC, entidade de prática desportiva, por deixar de cumprir o § 6º, do artigo 50, do Regulamento Geral das Competições, eis que não efetuou o pagamento da taxa de arbitragem em sua integralidade. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 191, III, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações: RETIRADO DE PAUTA, PARA A PROXIMA SESSÃO.

Defensor (a):

DECISÃO DA 2º C.D.:

 

 

 AUTOS N°. 592015– EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RUBENS DOBRANSKI

Copa de Futebol Amador da Capital – Cruzamento entre os grupos A e B – 5ª Rodada

JOGOS: EC Sergipe x União Ahú FC

DATA:  25/04/2015

DENUNCIADO(S):

JEFERSON M. DA SILVA

EC SERGIPE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. PEDRO HENRIQUE VAL FEITOSA

1° DENUNCIADO: JEFERSON M. DA SILVA, atleta da EDP EC Sergipe, expulso diretamente de campo aos 33 (trinta e três minutos) do primeiro tempo de partida, pois, conforme consta do relatório do árbitro da partida, acabou com uma oportunidade clara de gol. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 250, §1º, inciso I, do CBJD.

2° DENUNCIADO: EC SERGIPE, entidade de prática desportiva, porque deixou de realizar o pagamento integral da taxa de arbitragem, conforme consta no relatório do árbitro partida. Com tal conduta, a Denunciada praticou o ilícito tipificado no artigo 191, inciso III, do CBJD, ao deixar de cumprir determinação prevista no art. 40, do Regulamento Geral de Competições.

Observações: DETERMINAÇÃO PARA A BAIXAR A PROCURADORIA, PARA DENUNCIA DO ARBITRO.

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

DECISÃO DA 2º C.D.:

 JEFERSON M. DA SILVA: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

EC SERGIPE: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

AUTOS N°. 62/2015– EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RUBENS DOBRANSKI

52ª TAÇA PARANÁ DE FUTEBOL AMADOR–2ª RODADA DO 1º TURNO DA 1ª FASE -2015

JOGOS:  COSTEIRA FC X LOS COYUDOS FC

DATA:  12/04/2015

DENUNCIADO(S):

JURACY RIBEIRO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. HENRIQUE CARDOSO DOS SANTOS

1° DENUNCIADO: JURACY RIBEIRO, preparador de goleiros da EPD COSTEIRA FC, aos 46 minutos de jogo, proferiu as seguintes palavras contra o árbitro da partida, Sr. Felipe Kirchner Bello, “seu filho da puta, você marcou errado”, nao suficiente o denunciado adentrou o campo do jogo em direção ao arbitro, nao logrando exito no sentido de aproximar – se do mesmo em razao de ser contido pelos seus proprios atletas. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 243-F, 258, paragrafo 2º, inciso II ambos do CBJD.

Observações: há um anexo do Presidente na ata impressa.

Defensor (a): 3º INTERESSADO, EDUARDO VARGAS.

DECISÃO DA 2º C.D.:

 POR MAIORIA, ACOLHIDA A INTERVENÇÃO DE TERCEIRO COM FULCRO NO ART 55 DO CBJD.

JURACY RIBEIRO: POR MAIORIA, SUSPENSÃO DE 2 (DUAS) PARTIDAS. EM RELAÇÃO A INVASÃO, SUSPENSÃO DE 1 (UMA) PARTIDA. TOTALIZANDO 3 (TRÊS) PARTIDAS DE SUSPENSÃO.

 

AUTOS N°. 65/2015– EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. CESAR AUGUSTO RAMOS GRADELA

52ª TAÇA PARANÁ DE FUTEBOL AMADOR–2ª RODADA DO 1º TURNO DA 1ª FASE -2015, CATEGORIA JUVENIL

JOGOS:  S.C NACIONAL X ASS. ESP. GUARAPUAVANOS

DATA:  12/04/2015

DENUNCIADO(S):

ASS. ESP. GUARAPUAVANOS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. HENRIQUE CARDOSO DOS SANTOS

1° DENUNCIADO: ASS. ESP. GUARAPUAVANOS, entidade desportiva, apresentou documento do atleta Paulo Ricardo Batista Santos alegando ter sido enviada a Federação e o mesmo nao constava da listagem do site. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 214 do CBJD.

Observações:

Defensor (a): EDUARDO VARGAS

DECISÃO DA 2º C.D.:

 ASS. ESP. GUARAPUAVANOS: POR UNANIMIDADE, A PERDA DE 3 PONTOS E MULTA NO VALOR DE R$ 100,00 (CEM REAIS) A SER RECOLHIDOS EM 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF.

 

AUTOS N°. 68/2015– EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HELIO ANJOS ORTIZ NETO

COPA DE FUTEBOL AMADOR DA CAPITAL – CRUZAMENTO ENTRE GRUPOS A E B – 3ª RODADA –1ª FASE–2015

JOGOS:  GR IPIRANGA X SE RENOVICENTE

DATA:  11/04/2015

DENUNCIADO(S):

ROSSANO SANTANA

EDUARDO DE PAULA DIAS

PAULO A.C DE SOUZA

ALESSANDRO S. DA SILVA

GR IPIRANGA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. HENRIQUE CARDOSO DOS SANTOS

1° DENUNCIADO: ROSSANO SANTANA, tecnico da equipe SE Renovicente, logo, ao começa da partida, 6 minutos, exasperou – se nas reclamações contra a arbitragem, quando então acabou por xingar aquele na seguinte forma, expressa pela sumula da partida: “aos 6 minutos de jogo exclui do banco de reservas o SE RENOVICENTE o treinador, Sr. Rossano, por empregar uma linguaguem ofensiva a este arbitro apos a marcação de uma infração, com as seguintes palavras “ vai tomar no cu, já vai começar a meter a mao no nosso time, você é safado mesmo hein, seu bosta!”. O mesmo ainda  nao tinha assinado a sumula do jogo, pois o delegado ainda estava pegando as assinaturas dos dirigentes da equipe adversaria. O mesmo se negou a assinar a sumula do jogo quando o delegado da partida pedu para que assinasse e se retirasse do campo de jogo (...)”. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 243-F e 258 do CBJD.

2° DENUNCIADO: EDUARDO DE PAULA DIAS, atleta do SE RENOVICENTE, conforme relato sumulado, o denunciado acabou por xingar o arbitro da partida, sendo então excluído do banco de reversas da equipe da SE RENOVICENTE aos 55 minutos de jogo, conforme se transcreve: “aos 55 minutos de jogo, expulsei diretamente o jogador n.02, Sr. Eduardo de Paula Dias, 330163, da equipe SE RENOVICENTE, quando o mesmo se encontrava no banco de reservas empregou linguaguem ofensiva a este arbitro apos a marcação de uma infração, com as seguintes palavras: ‘você é um merda, cagão, vai tomar no cu, quer foder com nosso jogo”. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 243-F e 258 do CBJD.

3° DENUNCIADO: PAULO A. C. DE SOUZA, atleta do GR IPIRANGA, conforme relato sumulado, o denunciado foi expulso de campo aos 83 minutos de jogo, visto que frustrou uma oportunidade manifesta de gol, conforme descrição do Sr. Arbitro: ‘ aos 83 minutos de jogo, expulsei diretamente o jogador n.15 Sr. Paulo A.C de Souza, 78184256, da equipe GR IPIRANGA, por frustrar a oportunidade manifesta de gol ao derrubar o seu adversário com a perna direita’. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 250,I, do CBJD.

4° DENUNCIADO: ALESSANDRO S. DA SILVA, atleta do GR IPIRANGA, conforme relato sumulado, o denunciado acabou por praticar conduta violenta na disputa de bola, sofrendo a segunda advertência e sendo excluído da partida, quando o ato continuo passou a xingar o arbitro da partida, conforme transcreve: ‘aos 86 minutos de jogo, expulsei o jogador n.08, Sr. Alessandro S. Da Silva 309564, da equipe GR IPIRANGA, por receber uma segunda advertência na partida, ao chutar o tornozelo direito de seu adversário na disputa de bola. O mesmo quando estava se retirando do campo de jogo me proferiu as seguintes palavras: ‘ vai tomar no cu, sempre contra nós, vai se foder’. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 243-F, 250 (2ª advertencia), e 258 CBJD.

5° DENUNCIADO: GR IPIRANGA: entidade desportiva, a equipe deixou de fazer o pagamento da equipe de arbitragem no se valor fixado em arbitral, consoante relata o Sr. Arbitro: ‘os valores pagos ao trio de arbitragem foram inferiores aos acertados pela APAF no arbitral deste campeonato”. Sumula – relatório da partida, item 3. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 191, I, II, III, CBJD.

Observações: RETIRADO DE PAUTA, PARA A PROXIMA SESSÃO.

Defensor (a):

DECISÃO DA 2º C.D.:

 

Nada mais havendo a tratar, o Presidente encerrou a sessão, agradecendo a presença de todos, sendo lavrada a presente ata que, lida e aprovada pelos demais Auditores, vai assinada pelo Presidente e por mim, Amanda Antunes Vasconcellos, Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná

Curitiba/PR, 26 de Maio de 2.015.

 

ANDERSON GASPAR

Presidente

AMANDA ANTUNES VASCONCELLOS

                   Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná              

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 




Referências:

21/05/2015 - Pauta 2ª Comissão Disciplinar - 26 de maio de 2015
Publicação: 26/05/2015 às 21:31