Sessão: Quarta-feira, 27 de maio de 2015

.: Pauta 1ª Comissão Disciplinar -01 de junho de 2015. :.

 

1ª COMISSÃO DISCIPLINAR

PAUTA DE JULGAMENTO DO DIA 01/06/2015

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 038/2015 

 

De ordem do Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva Doutor Paulo César Gradela Filho e nos termos dos arts. 45, 46 e seguintes do CBJD, faço  publicar o presente Edital em que são CITADAS E INTIMADAS as partes abaixo nominadas, para  que querendo apresente defesa pessoalmente, ou ainda, se fazer representar por advogado  de  defesa, via procuração expressa, no processo contra elas movido nesta Justiça Desportiva, tornando público através deste Edital, que

 

No dia 01 DE JUNHO DE 2015 ou na Sessão Subseqüente, a partir das 19:00 horas  (Segunda - Feira), serão julgados na sede do TJD/PR, sito na Avenida República Argentina,2153 – Portão, Curitiba, Paraná, os seguintes processos:

  

AUTOS N°. 135/2015 – EM TRAMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MIGUEL ANGELO RASBOLD

 CAMPEONATO PARANAENSE PROFISSIONAL – 2ª DIVISÃO –2015- 8º RODADA – TURNO ÚNICO-1ª FASE

JOGO: CLUBE ANDRAUS BRASIL X TOLEDO CW

DATA: 27/04/2015

DENUNCIADO (S):

 CLUBE ANDRAUS BRASIL

PEDRO L. SOARES GUSSO

 DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODOLFO GARDINI FAGUNDES

 1° DENUNCIADO: CLUBE ANDRAUS BRASIL, conforme se extrai da Súmula e do RDJ, deixou de recolher a taxa de arbitragem e a taxa de deslocamento do trio de arbitragem referentes à partida, descumprindo, portanto, o disposto no Artigo 50, § 6º do Regulamento Geral de Competições da Federação Paranaense de Futebol para a Temporada 2015. Ainda segundo a súmula do Juiz da partida, igualmente deixou o 1º Denunciado de providenciar 6 (seis) gandulas adultos, apresentando-se só 4 (quatro), sendo que 2 (dois) ainda exerceram a função de maqueiros. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 191, III, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 2° DENUNCIADO: PEDRO L. SOARES GUSSO, alteta do Toledo CW, conforme se extrai da Súmula do Jogo, “após o término do jogo, quando a equipe de arbitragem se dirigia para o vestiário, expulsei o jogador substituído n. 06 da equipe do Toledo Colônia Work, Sr. Pedro L. Soares Gusso (310360) de forma direta por empregar linguagem grosseira contra a arbitragem, pois o referido atleta veio de encontro à equipe de arbitragem solicitando a minha pessoa que lhe desse um Cartão Amarelo, sendo orientado para que se retirasse do local pois não era a atitude de um atleta. Desta forma, logo em seguida, sem sair do local, o atleta acima mencionado disse: ‘Porra, o que tem demais nisso? Só quero um cartão amarelo, caralho. Vai tomar no cu!’, momento que lhe foi mostrado o Cartão Vermelho, expulsando-o.” Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258, § 2º, II, 258-B, §2º, 243, 184 do CBJD.

 

 

 AUTOS N°.138/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. CARLOS ALBERTO ZITTA

TAÇA PARANÁ DE FUTEBOL AMADOR – JUVENIL – 2015 -1ª RODADA DO 2ª TURNO DA 1ª FASE

JOGO: ASS. GUARAPUAVANOS X SC NACIONAL COLOMBO

 DATA: 26/04/2015

 DENUNCIADO (S):

 ASS. GUARAPUAVANOS

 DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODOLFO GARDINI FAGUNDES

 1° DENUNCIADO: ASS. GUARAPUAVANOS, entidade de pratica desportiva, conforme se extrai da Súmula, do RDJ e do Ofício supra citado, incluiu em equipe jogador sem condição de jogo, o Sr. Lucas Bernardino Oliveira, sem RG e BID, identificado como atleta de nº 18, tão somente. Descumpriu, portanto, o Regulamento Geral de Competições da FPF/2015, em seus artigo 18, bem como, infringiu o artigo 9º do regulamento específico da competição.Por assim agir, incorre nas sanções previstas nos artigos 214 e 191, III e do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, devendo-se, ainda aplicar o artigo 184 do mesmo Códex.

 

 

 AUTOS N°.141/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MARCEL SOUZA DE OLIVEIRA

CAMPEONATO PARANANENSE DE FUTEBOL – SUB 17 -2015 -2ª RODADA DO 2º TURNO – DA 1ª FASE

JOGO: CIANORTE FC X GREMIO MARINGA LTDA

 DATA: 25/04/2015

DENUNCIADO (S):

 GUSTAVO C. DE ALMEIDA

CIANORTE FC

 DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODOLFO GARDINI FAGUNDES

  1° DENUNCIADO: GUSTAVO C. DE ALMEIDA, atleta do CIANORTE FC, conforme se extrai da Súmula e do RDJ, foi expulso de forma direta, com a bola fora de jogo, pois “... empurrou com as duas mãos na altura do peito de seu adversário nº 07 Mateus F. de S. Porto de forma intencional,...”. Pelo ato infracional acima descrito, deve lhe ser imposta as sanções previstas no artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: CIANORTE FC, entidade desportiva, conforme se extrai do RDJ, assinado pelo Delegado da Partida. Sra. Maria Sevulski dos Santos, não providenciou gandulas para a partida, infringindo desta forma o artigo 34, § 6º do Regulamento Geral de Competições da FPF/2015. Desta forma, deve sofrer as sanções do artigo 191, III do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Publicação: 27/05/2015 às 14:38