Sessão: Quarta-feira, 24 de junho de 2015

.: Decisão 3ª Comissão Disciplinar - 24 de junho de 2015. :.

3° COMISSÃO DISCIPLINAR

ATA DA SESSÃO DO DIA 24 DE JUNHO DE 2.015

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 048/2015

 

Ao vigésimo quarto dia do mês de junho do ano de dois mil e quinze, às dezenove horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná localizada na Avenida República Argentina, 2153, bairro Portão, Curitiba, Paraná, reuniram-se os Auditores Membros da 3° Comissão Disciplinar deste Tribunal, Samuel Torquato – Presidente da Comissão, Mauro Ribeiro Borges, Irineu Toninello, Humberto Ciccarino Filho, José Alvacir Guimarães e o procurador Marcelo Gurniski. Havendo quorum legal, passou-se a pauta, observando-se os pedido de preferência, na ordem adiante transcrita:

 

AUTOS N° 179/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

52ª TAÇA PARANÁ DE FUTEBOL AMADOR - 2015

JOGO: FANÁTICO FC X BANDEIRANTES    

DATA: 31/05/2015

DENUNCIADO (S):

EDERSON P. CONSTANTINO

PAULO SERGIO DOS SANTOS

ALEI SILVA JR

EPD FANÁTICO AC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. YURI FIALHO

1° DENUNCIADO: EDERSON P. CONSTANTINO, atleta da EPD BANDEIRANTES, foi excluído da partida por praticar jogo brusco grave ao atingir o adversário... com, a sola na perna e com uso de força excessiva. Após o término da partida, invadiu o gramado, aproximou-se do árbitro e o ameaçou: “cuidado com o que você vai colocar no relatório! Se escrever merda eu te pego. Ta tudo filmado”. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254, parágrafo 1º, incisos I e II, art 243 – C e art 184 ambos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: PAULO SERGIO DOS SANTOS, atleta da EPD BANDEIRANTES, foi excluído da partida por praticar jogo brusco grave ao atingir o adversário por trás com a sola na perna, com o uso de força excessiva na disputa da bola. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254, parágrafo 1º, incisos I e II do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

3° DENUNCIADO: ALEI SILVA JR, treinador da EPD FANATICO FC, foi expulso da partida porque “após o gol da equipe adversária o denunciado dirigente disse ao arbitro assistente n° 1 pega o livro de regra e rasga! Você não é homem de me tirar”, a conduta perpetrada pelo denunciado deve ser entendida como contraria à disciplina ou à ética desportiva.  Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258, parágrafo 2º, inciso II do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

4° DENUNCIADO: EPD FANÁTICO AC, entidade de prática desportiva, não observou seu encargo de oferecer condições estruturais minimamente exigíveis para acomodar um evento desportivo. Relata o arbitro de que não havia chuveiro com água quente no vestiário da equipe de arbitragem. Por assim agir, incorre na sanção prevista no artigo 211 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:

Defensor (a): Hélio Cury

DECISÃO DA 3º C.D.:

EDERSON P. CONSTANTINO: POR MAIORIA, SUSPENSÃO DE 1 (UMA) PARTIDA PELO ART 254 CBJD. POR MAIORIA, ABSOLVIDO PELO ART 243 DO CBJD.

PAULO SERGIO DOS SANTOS: POR MAIORIA, ABSOLVIDO.

ALEI SILVA JR: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

EPD FANÁTICO AC:POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

  

AUTOS N° 182/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. IRINEU TONINELLO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL SUB 15 – 2015

JOGO: PSTC X OPERÁRIO FEC

DATA: 23/05/2015                                                     

DENUNCIADO (S):

RENATO CARLOS REGAN

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. YURI FIALHO

1° DENUNCIADO: RENATO CARLOS REGAN, massagista da EPD OPERÁRIO FEC, foi excluído da partida, de acordo com a súmula, por ter saído do banco de reservas e haver proferido, contra o árbitro assistente n°1º, as seguintes expressões, “você ta dormindo caralho”. A conduta perpretada pelo denunciado deve ser entendida como contraria à disciplina ou à ética desportiva. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258, parágrafo 2º, II, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:             

Defensor (a):

DECISÃO DA 3º C.D.:

RENATO CARLOS REGAN: POR MAIORIA, SUSPENSÃO DE 1 (UMA) PARTIDA.

 

AUTOS N° 185/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. JOSÉ ALVACIR GUIMARÃES

CAMPEONATO PARANANENSE DE FUTEBOL – SUB 19 – 2015 – 1ª RODADA – 1º TURNO -1º FASE

JOGO: FC CASCAVEL X FRANCISCO BELTRÃO FC

DATA: 20/05/2015

DENUNCIADO (S):

FRANCISCO BELTRÃO FC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODOLFO GARDINI FAGUNDES

1° DENUNCIADO: FRANCISCO BELTRÃO FC, entidade de pratica desportiva, o denunciado incluiu em equipe 11 (onze) atletas, sem condição de jogo, sem registro na federação (BID).  Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 214, 191, III e 184 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO DA 3º C.D.:

FRANCISCO BELTRÃO FC: POR UNANIMIDADE, PUNIDO PELO ART 214 DO CBJD, PERDA DE 3 PONTOS E MULTA NO VALOR DE R$500,00 (QUINHENTOS REAIS) EM CONCRETO A SER RECOLHIDA EM 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DO FPF.   

 

Nada mais havendo a tratar, o Presidente encerrou a sessão, agradecendo a presença de todos, sendo lavrada a presente ata que, lida e aprovada pelos demais auditores, vai assinada pelo Presidente e por mim, Amanda Antunes Vasconcellos, Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná.

Curitiba/PR, 24 de Junho de 2.015.

 

 

SAMUEL TORQUATO

Presidente da Terceira Comissão Disciplinar

 

AMANDA ANTUNES VASCONCELLOS

Secretaria do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná




Referências:

19/06/2015 - Pauta 3ª Comissão Disciplinar - 24 de junho de 2015
Publicação: 24/06/2015 às 19:11