Sessão: Quinta-feira, 09 de julho de 2015

.: Pauta 2ª Comissão Disciplinar - 14 de Julho de 2015 :.

 

2ª COMISSÃO DISCIPLINAR

 

PAUTA DE JULGAMENTO DO DIA 14/07/2015

 

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 056/2015 

 

De ordem do Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva Doutor Paulo César Gradela Filho e nos termos dos arts. 45, 46 e seguintes do CBJD, faço  publicar o presente Edital em que são CITADAS E INTIMADAS as partes abaixo nominadas, para  que querendo apresente defesa pessoalmente, ou ainda, se fazer representar por advogado  de  defesa, via procuração expressa, no processo contra elas movido nesta Justiça Desportiva, tornando público através deste Edital, que

 

No dia 14 DE JULHO DE 2015 ou na Sessão Subseqüente, a partir das 19:00 horas  (Segunda - Feira), serão julgados na sede do TJD/PR, sito na Avenida República Argentina,2153 – Portão, Curitiba, Paraná, os seguintes processos:

 

AUTOS N°. 89/2015 – EM TRAMITE

 

AUDITOR RELATOR: HÉLIO ANJOS ORTIZ NETO 

 

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL SUB 17 – 3ª RODADA – 1º TURNO

 

JOGO: PARANÁ CLUBE X AA BATEL

 

DATA: 13/06/2015

 

 

 

DENUNCIADO (S):

 

JOSÉ TOMAZ SCYMOZAK

 

ELBERT G. PASSOS

 

GABRIEL V. O. FURTADO

 

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. PEDRO HENRIQUE VAL FEITOSA

 

1° DENUNCIADO: JOSÉ TOMAZ SCYMOZAK, , massagista da EDP AA Batel, excluído de campo aos 33’ (trinta e três minutos) de partida, pois, conforme consta do relatório do árbitro da partida, contestou repetitivamente as marcações da arbitragem, proferindo os seguintes dizeres “você dá tudo pra eles, ta apitando só pros caras, dá uma só pra nós porra”. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 258, do CBJD.

 

2° DENUNCIADO: ELBERT G. PASSOS, da EDP AA Batel, expulso diretamente aos 71’ (setenta e um minutos) de partida, pois, conforme consta do relatório do árbitro da partida, após a marcação de uma falta e com o jogo paralisado desferiu uma cabeçada na testa de seu adversário. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 254-A, do CBJD.

 

3° DENUNCIADO: GABRIEL V. O. FURTADO, atleta da EDP Paraná Clube, expulso diretamente aos 71’ (setenta e um minutos) de partida, pois revidou a agressão anteriormente destacada desferindo também uma cabeçada na testa de seu adversário. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 254-A, do CBJD.

 

 ___________________________________________________________________________________________

 

AUTOS N°.80/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: HÉLIO ANJOS ORTIZ NETO

CAMPEONATO PARANENSE DE FUTEBOL SUB 19- 5ª RODADA- 1º TURNO

 

JOGO: AA BATEL X FOZ DO IGUAÇU FC

 

DATA: 17/06/2015

 

DENUNCIADO (S):

 

WELERSON FERNANDES

MARCIA REGINA DOS SANTOS

 

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. PEDRO HENRIQUE VAL FEITOSA

 

1° DENUNCIADO: WELERSON FERNANDES, atleta da EDP AA Batel, expulso diretamente aos 22’ (vinte e dois minutos) de partida, pois, conforme consta do relatório do árbitro da partida, após ter derrubado seu adversário e após a marcação de um tiro livre direto contra sua equipe, com o jogo paralisado e com o atleta adversário no chão, chutou seu adversário na altura de seu braço esquerdo. Ainda, ao sair de campo, o Denunciado se dirigiu ao árbitro, proferindo os seguintes dizeres “você a, vai tomar no seu cú”. Com tal conduta, o Denunciado praticou os ilícitos tipificados no art. 254-A e 258, ambos do CBJD.

2° DENUNCIADO: MARCIA REGINA DOS SANTOS, Delegada da Partida em questão, por deixar de relatar a expulsão ocorrida na partida. Com tal conduta, a Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 266, do CBJD.

 

AUTOS N°.77/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. M PEDRO HENRIQUE VAL FEITOSA

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL – SUB 19- 7ª RODADA- 1ª FASE

JOGO: J. MALUCELLI X SC SÃO JOSÉ

DATA: 17/06/2015

DENUNCIADO (S): 

J. MALUCELLI

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. PEDRO HENRIQUE VAL FEITOSA

 

1° DENUNCIADO: J. MALUCELLI, entidade de prática desportiva, em virtude da falta de policiamento para o jogo em questão, bem como por não ter comprovado, no momento do jogo, o envio de ofício requerendo o referido policiamento. Com tal conduta, a Denunciada praticou o ilícito tipificado no art. 191, inciso III, do CBJD, ao deixar de cumprir determinação prevista no art. 13 do Regulamento Específico da Competição.

 

 

 

 

AUTOS N°.83/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RENATO GALVÃO CARRILLO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL – SUB 19- -2015

JOGO: FRANCISCO BELTRÃO FC X CASCAVEL CR

DATA: 17/06/2015

 

DENUNCIADO (S): 

JOÃO NESI

RODRIGO PINHEIRO

VINICIUS MATIAS TOME DOS SANTOS

FRANCISCO BELTRÃO FC

 

 DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

 

1° DENUNCIADO:, JOÃO NESI, , atleta com registro na CBF nº 529429, integrante da entidade de prática desportiva Francisco Beltrão, por empurrar, usando a mão de forma temerária, o rosto de seu adversário, motivando a sua expulsão, por dupla advertência, aos 77’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

2° DENUNCIADO: RODRIGO PINHEIRO, atleta com registro na CBF nº 508247, integrante da entidade de prática desportiva Francisco Beltrão, por empurrar, usando a mão de forma temerária, o rosto de seu adversário, motivando a sua expulsão, por dupla advertência, aos 91’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

                                          

3° DENUNCIADO: VINICIUS MATIAS TOME DOS SANTOS, atleta com registro na CBF nº 512706, integrante da entidade de prática desportiva Cascavel, por calçar o adversário, motivando a sua expulsão, por dupla advertência, aos 80’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 250, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

 

4° DENUNCIADO: FRANCISCO BELTRÃO FC, entidade de prática desportiva, por deixar de cumprir o § 6º, do artigo 50, do Regulamento Geral das Competições, eis que não efetuou o pagamento da taxa de arbitragem em sua integralidade. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 191, III, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

 

 

AUTOS N°.74/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RENATO GALVÃO CARRILLO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL – SUB 19- 4ª RODADA-1ª FASE

JOGO: APUCARANA SPORTS X A. PORTUGUESA LONDRINENSE

DATA: 10/06/2015

DENUNCIADO (S): 

A.PORTUGUESA LODRINENSE

APUCARANA SPORTS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. PEDRO HENRIQUE VAL FEITOSA

 

1° DENUNCIADO: A.PORTUGUESA LODRINENSE, entidade de prática desportiva, por apresentar atletas sem a carteira de identificação da F.P.F. Com tal conduta, a Denunciada praticou os ilícitos tipificados no art. 191, inciso III, ao deixar de cumprir determinação prevista no art. 23 do Regulamento Geral de Competições e no caput do art. 214, ao fazer constar na súmula atleta em situação irregular, ambos dispositivos do CBJD.

 

2° DENUNCIADO: APUCARANA SPORTS, entidade de prática desportiva, por mandar o jogo em local inadequado, pois, conforme consta do relatório do Delegado do Jogo, o vestiário destinado à arbitragem não tinha chuveiro elétrico, não tinha iluminação, não tinha mesa, o vaso sanitário encontrava-se em assento e sem tampa, bem como a limpeza era precária, sendo que na mesma situação encontrava-se o vestiário da equipe mandante. Ainda, o vestiário destinado à equipe visitante também era precário. Com tal conduta, a Denunciada praticou o ilícito tipificado no art. 211, do CBJD.

 

 

 

 

AUTOS N°.86/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. LUCIANO COSTENARO DE OLIVEIRA

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL – SUB 17- 2ª RODADA- 2º TURNO- 2ª FASE- 2015

JOGO: AA BATEL X PRUDENTÓPOLIS FC

DATA: 27/06/2015

 

DENUNCIADO (S): 

 

JOSÉ ANTONIO PEREIRA

GABRIEL GRUBE SANTOS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. HENRIQUE CARDOSO DOS SANTOS

 

1° DENUNCIADO:, JOSÉ ANTONIO PEREIRA técnico do AA Batel. Conforme relato do Sr. Árbitro, o técnico da AA Batel, Senhor José Antonio Pereira adentrou o campo sem autorização do árbitro, conforme o relato da Súmula da Partida.“Foi Excluído o técnico da AA Batel, Sr. José Antonio Pereira, aos 60 minutos de partida, por adentrar o campo de jogo e discordar das marcações do árbitro, porém sem ofensas verbais.”

 

Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258-B, § 2º, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

2° DENUNCIADO: GABRIEL GRUBE SANTOS, atleta do AA Batel. Conforme relato sumulado pelo Sr. Árbitro, o Denunciado acabou por praticar conduta violenta fora da disputa de bola, sendo expulso da partida, conforme se transcreve: “ Expulsões: Expulsei o atleta Gabriel Grube Santos, da equipe da AA Batel, aos 59 minutos de partida, por conduta violenta, fora da disputa de bola, de forma direta, por tentar dar um pontapé no adversário, após já ter a posse de bola em suas mãos. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 250, II, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

 

AUTOS N°.71/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. LUCIANO COSTENARO DE OLIVEIRA

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL – SUB 15-  2015

JOGO: A.C. PARANAVAÍ X C.A. PARANAENSE

DATA: 17/06/2015

 

DENUNCIADO (S):

AMARILDO APARECIDO DE SOUZA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

 

1° DENUNCIADO:, AMARILDO APARECIDO DE SOUZA técnico da equipe do A.C. PARANAVAÍ, por ter sido expulso aos 68’ de partida após ofender a equipe de arbitragem, proferindo os seguintes dizeres: “ladrão, cuzão, safado, filho da puta”. Salienta-se ainda que o referido denunciado também proferiu os seguintes dizeres: “vou dar um murro na cara de vocês”. Após a expulsão, o denunciado também não quis se retirar da área técnica. Por assim agir, o denunciado incorre nas sanções previstas nos artigos 243-F, 258, §2.°, inciso II, e 258 ‘caput’, todos do CBJD.

 

 

Publicação: 09/07/2015 às 15:32