Sessão: Quarta-feira, 29 de julho de 2015

.: Decisão 3ª Comissão Disciplinar - 29 de julho de 2015 :.

 

3° COMISSÃO DISCIPLINAR

ATA DA SESSÃO DO DIA 29 DE JULHO DE 2.015

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 062/2015

 

Ao vigésimo nono dia do mês de julho do ano de dois mil e quinze, às dezenove horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná localizada na Avenida República Argentina, 2153, bairro Portão, Curitiba, Paraná, reuniram-se os Auditores Membros da 3° Comissão Disciplinar deste Tribunal, Samuel Torquato – Presidente da Comissão, Mauro Ribeiro Borges, Irineu Toninello, José Alvacir Guimarães e o procurador Rafael Fabricio de Melo. Estando ausente Humberto Ciccarino Filho Havendo quorum legal, passou-se a pauta, observando-se os pedido de preferência, na ordem adiante transcrita:

 AUTOS N° 233/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. IRINEU TONINELLO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SÉRIE B- JUVENIL- 2015

JOGO: CA BAIRRO ALTO X SBE RIO NEGRO                                     

DATA: 11/07/2015                                                    

DENUNCIADO (S):

CA BAIRRO ALTO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. HENRIQUE CARDOSO DOS SANTOS

1° DENUNCIADO: CA BAIRRO ALTO, entidade de pratica desportiva, conforme descrito no RDJ, “não foi entregue solicitação/ofício de policiamento pelo clube mandante. Policiamento não esteve no local da partida”. .  Por assim agir, incorreu o denunciado nas sanções previstas no Regulamento geral das Competições de Futebol- FPF Temporada 2015: Art.32, inciso I, Regulamento do Campeonato Amador da Capital- Série B- Juvenil: Artigo 15, Estatuto do torcedor: Artigo 14, inciso I, CBJD: Artigo 191, inciso III.

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

CA BAIRRO ALTO: POR UNANIMIDADE, MULTA NO VALOR DE R$ 50,00 (CINQUENTA REAIS) A SER RECOLHIDA EM 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF.

 

AUTOS N° 239/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SÉRIE B- JUVENIL-2015

JOGO: COMBATE BARREIRINHA X E.C . SERGIPE                        

DATA: 04/07/2015                                                    

DENUNCIADO (S):

LUIZ GUSTAVO C. NEVES

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: LUIZ GUSTAVO C. NEVES, atleta da equipe do E.C. SERGIPE, foi expulso por dupla advertência aos 53’ de partida, após calçar o atleta adversário na disputa da bola. Por assim agir, a equipe denunciada incorre na sanção prevista no artigo 258, ‘caput’,  do CBJD.

Observações:            

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

LUIZ GUSTAVO C. NEVES: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

N° 245/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

CAMPEONATO PROFISSIONAL TAÇA FPF

JOGO: A. PORTUGUESA LONDRINENSE X CA PARANAENSE

DATA: 04/07/2015

DENUNCIADO (S):

RAFAEL DE SOUZA PEIXOTO

RAFAEL PIETRAFESA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODRIGO GALÉAS

1° DENUNCIADO: RAFAEL DE SOUZA PEIXOTO, preparador físico da Portuguesa Londrinense, por reclamar acintosamente com a arbitragem após um pênalti marcado para a equipe adversária. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no ART 258 cc 258-d do CBJD.

2° DENUNCIADO: RAFAEL PIETRAFESA, árbitro da partida, por preenchimento incompleto do campo 06 da sumula de jogo, onde cita a exclusão do preparador físico, mas não cita o nome do mesmo, dificultando o trabalho da Procuradoria. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no ART 266 do CBJD.

Observações:            

Defensor (a): EDUARDO VARGAS

 

RAFAEL DE SOUZA PEIXOTO: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

RAFAEL PIETRAFESA: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

_______________________________________________________________________________________

N° 251/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. JOSÉ ALVACIR GUIMARÃES

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL- SUB 19- 2015

JOGO: APUCARANA SPORTS X LONDRINA EC

DATA: 08/07/2015

DENUNCIADO (S):

APUCARANA SPORTS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: APUCARANA SPORTS, entidade de prática desportiva, por deixar de manter o local indicado para a partida com infraestrutura necessária, uma vez que: (a) o vestiário da equipe de arbitragem não possuía chuveiros, não havia água, não havia iluminação, não havia mesa, a privada não tinha acento e tampa e a limpeza estava precária; (b) o vestiário da equipe mandante não comportava toda a EPD, não havia chuveiro, água e iluminação e a privada não tinha acento e tampa e a limpeza estava precária; e (c) o vestiário da equipe visitante não possuía segurança e seu acesso era difícil e fora dos limites do campo. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 211, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:   

Defensor (a):

APUCARANA SPORTS: POR UNANIMIDADE, MULTA NO VALOR DE R$ 200,00 (DUZENTOS REAIS) A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF. BEM COMO A EXPEDIÇÃO DE OFICIO A FPF PARA TOMAR AS MEDIDAS NECESSÁRIAS, NO SENTIDO DE AVALIAR A SITUAÇÃO DO ESTÁDIO.

_______________________________________________________________________________________

Nada mais havendo a tratar, o Presidente encerrou a sessão, agradecendo a presença de todos, sendo lavrada a presente ata que, lida e aprovada pelos demais auditores, vai assinada pelo Presidente e por mim, Amanda Antunes Vasconcellos, Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná.

Curitiba/PR, 29 de Julho de 2.015.

 

SAMUEL TORQUATO

Presidente da Terceira Comissão Disciplinar

 

AMANDA ANTUNES VASCONCELLOS

Secretaria do Tribunal de Justiça Desportiva do Parana


Referências:

24/07/2015 - Pauta 3ª Comissão Disciplinar- 29 de Julho de 2015
Publicação: 29/07/2015 às 19:07