Sessão: Segunda-feira, 17 de agosto de 2015

.: Decisão 1ª Comissão Disciplinar - 17 de agosto de 2015 :.

1° COMISSÃO DISCIPLINAR

ATA DA SESSÃO DO DIA 17 DE AGOSTO DE 2.015

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 069/2015

Ao décimo sétimo dia do mês de agosto do ano de dois mil e quinze, às dezenove horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná localizada na Avenida República Argentina, 2153, bairro Portão, Curitiba, Paraná, reuniram-se os Auditores Membros da 1° Comissão Disciplinar deste Tribunal, José Eduardo - Presidente, auditores, Miguel Ângelo Rasbold Marcel Souza de Oliveira e Carlos Alberto Zitta e o procurador Henrique Cardoso dos Santos. Havendo quorum legal, passou-se a pauta, observando-se os pedido de preferência, na ordem adiante transcrita:

AUTOS N°. 241/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MARCEL SOUZA DE OLIVEIRA

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL – SUB 19- 2015

JOGO: LONDRINA EC X A. PORTUGUESA LONDRINENSE

DATA: 01/07/2015

DENUNCIADO (S):

CARLOS ROBERTO LIMA

CARLOS ROBERTO LIMA

CARLOS ROBERTO LIMA

A PORTUGUESA LONDRINENSE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: CARLOS ROBERTO LIMA, técnico integrante da entidade de prática desportiva A. Portuguesa Londrinense, por proferir as seguintes palavras contra o assistente número 1 da partida “bosta”, motivando a sua expulsão aos 08’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: CARLOS ROBERTO LIMA, técnico integrante da entidade de prática desportiva A. Portuguesa Londrinense, por, ao ser retirado do campo, proferir as seguintes palavras contra o assistente número 1 da partida “filho da puta, safado, ladrão, vai sair de camburão, vou te pegar lá fora”. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 243-F, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

3° DENUNCIADO: CARLOS ROBERTO LIMA, técnico integrante da entidade de prática desportiva A. Portuguesa Londrinense, por, após ser retirado do campo, proferir as seguintes palavras contra o assistente número 1 da partida “estou com uma pedra, vou dar na sua cabeça”. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 243-C, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

4° DENUNCIADO: A PORTUGUESA LONDRINENSE, entidade de prática desportiva, por não apresentar a carteira de identificação da FPD dos atletas Matheus Nathan Gobbo, Iago Lima Cavalcanti Moraes e Gabriel Mizael da Paixão, descumprido o art. 23 do Regulamento Geral das Competições. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 191, III, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Defensor:

DECISÃO 1º C.D:

CARLOS ROBERTO LIMA: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

CARLOS ROBERTO LIMA: POR UNANIMIDADE, SUSPENSÃO DE 4 (QUATRO) PARTIDAS, MULTA NO VALOR R$ 200,00 (DUZENTOS REAIS) A SER RECOLHIDA EM 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF.

CARLOS ROBERTO LIMA: POR UNANIMIDADE, 30 DIAS DE SUSPENSÃO, MULTA NO VALOR R$ 200,00 (DUZENTOS REAIS) A SER RECOLHIDA EM 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF.

O DENUNCIADO CARLOS ROBERTO LIMA INICIARÁ O CUMPRIMENTO DA PENA IMPOSTA COM A SUSPENSÃO DE 4 (QUATRO) PARTIDAS E APÓS A SUSPENSÃO DE 30 (TRINTA) DIAS.

A PORTUGUESA LONDRINENSE: POR UNANIMIDADE, MULTA R$ 800,00 (OITOCENTOS REAIS) EM CONCRETO A SER RECOLHIDA EM 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF.

  

AUTOS N°.247/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. CARLOS ALBERTO ZITTA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B – ADULTO – 2015. 

JOGO: UNIÃO VILA SANDRA EC X VASCO DA GAMA FC

DATA: 04/07/2015

DENUNCIADO (S):

UNIÃO VILA SANDRA EC

UNIAO VILA SANDRA EC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: UNIÃO VILA SANDRA EC, entidade de prática desportiva, por deixar de manter o local indicado para a partida com infraestrutura necessária, uma vez que o chuveiro do vestiário da equipe de arbitragem não estava em perfeitas condições, pois ao ser ligado caia a luz. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 211, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: UNIÃO VILA SANDRA EC, entidade de prática desportiva, por não providenciar 6 (seis) gandulas no local da partida, infringindo o art. 34, § 5º e 6º, do Regulamento Geral das Competições. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 191, III, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:

Defensor (a): WILLIAM TOHORU HOSAKA

DECISÃO 1° C.D.:

UNIÃO VILA SANDRA EC: POR MAIORIA, TENDO EM VISTA A DISCRIPANCIA ENTRE AS INFORMAÇÕES PRESTADAS PELO ARBITRO E REPRESENTANTE, DE ACORDO COM DETERMINADO NO §3º DO ART 58 DO CBJD A PRESUNÇÃO DE VERACIDADE RECAIRA SOBRE AS INFORMAÇÕES PRESTDAS PELO ARBITRO. NENHUM DOS ARBITROS INFORMOU QUALQUER PROBLEMA NOS CHUVEIROS.

UNIAO VILA SANDRA EC: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 ______________________________________________________________________________

AUTOS N°.253/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MIGUEL ANGELO RASBOLD

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B- JUVENIL- 2015

JOGO: UNIÃO VILA SANDRA EC X VASCO DA GAMA FC

DATA: 04/07/2015

DENUNCIADO (S):

GUILHERME HENRIQUE G. MACHADO

LEONARDO ZANOTTO MICHELETTO

UNIÃO VILA SANDRA EC

UNIAO VILA SANDRA EC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: GUILHERME HENRIQUE G. MACHADO, atleta com registro na CBF nº 531682, integrante da entidade de prática desportiva União Vila Sandra EC, por agredir o atleta adversário, Leonardo Zanotto Micheletto, fora da disputa de bola, motivando a sua expulsão aos 70’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254-A, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: LEONARDO ZANOTTO MICHELETTO, atleta com registro na CBF nº 462522, integrante da entidade de prática desportiva Vasco da Gama FC, por agredir o atleta adversário, Guilherme Henrique G. Machado, fora da disputa de bola, motivando a sua expulsão aos 70’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254-A, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva

3° DENUNCIADO: UNIÃO VILA SANDRA EC, entidade de prática desportiva, por deixar de manter o local indicado para a partida com infraestrutura necessária, uma vez que o chuveiro do vestiário da equipe de arbitragem não estava em perfeitas condições, pois ao ser ligado caia a luz. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 211, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

4° DENUNCIADO: UNIAO VILA SANDRA EC, entidade de prática desportiva, por não providenciar 6 (seis) gandulas no local da partida, infringindo o art. 34, § 5º e 6º, do Regulamento Geral das Competições. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 191, III, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações: ESCLARECIMENTOS DO DIRETOR DA EPD UNIAO VILA SANDRA EC, SR. CLEVERSON DA SILVA SABINO.

Defensor (a): WILLIAM TOHORU HOSAKA

DECISÃO 1° C.D.:

GUILHERME HENRIQUE G. MACHADO: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

LEONARDO ZANOTTO MICHELETTO: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

UNIÃO VILA SANDRA EC: POR MAIORIA, TENDO EM VISTA A DISCRIPANCIA ENTRE AS INFORMAÇÕES PRESTADAS PELO ARBITRO E REPRESENTANTE, DE ACORDO COM DETERMINADO NO §3º DO ART 58 DO CBJD A PRESUNÇÃO DE VERACIDADE RECAIRA SOBRE AS INFORMAÇÕES PRESTDAS PELO ARBITRO. NENHUM DOS ARBITROS INFORMOU QUALQUER PROBLEMA NOS CHUVEIROS.

UNIAO VILA SANDRA EC: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

AUTOS N°.258/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MARCEL SOUZA DE OLIVEIRA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B- ADULTO- 2015

JOGO: IMPERIAL FC X CAXIAS FC

DATA: 04/07/2015

DENUNCIADO (S):

LUCAS DA ROCHA PINTO

LUAN CLÓVIS PENCIN

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: LUCAS DA ROCHA PINTO, atleta com registro na CBF nº 506590, integrante da entidade de prática desportiva Caxias FC, por calçar atleta adversário, motivando a sua expulsão, por dupla advertência, aos 56’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 250, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: LUAN CLÓVIS PENCIN, atleta com registro na CBF nº 531791, integrante da entidade de prática desportiva Imperial FC, por segurar atleta adversário de forma temerária, motivando a sua expulsão, por dupla advertência, aos 71’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 250, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:

Defensor (a): WILLIAM TOHORU HOSAKA

DECISÃO 1° C.D.:

 LUCAS DA ROCHA PINTO:POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

LUAN CLÓVIS PENCIN: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

AUTOS N°.261/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MIGUEL ANGELO RASBOLD

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B- JUVENIL- 2015

EQUIPE DENUNCIADA: CR UMBARÁ

OFICO: 296/2015

DENUNCIADO (S):

CR UMBARÁ

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: CR UMBARÁ, entidade de prática desportiva, por relacionar o atleta o nome LEANDRO GOBERSKI WOSNIACKI, para o jogo ocorrido em 04/07/2015, quando, em verdade, referido atleta não detinha condições legais de jogo, por ter sido expulso em jogo anterior ao da primeira partida do mencionado campeonato (26/11/2014), sendo que deveria ter cumprido a suspensão automática na partida seguinte (a que fora mencionada incialmente), o que não fez. Desta Forma, a equipe ora denunciada infrigiu o artigo 26 do Regulamento Geral das Competições bem como o artigo 214 §1º do cbjd. 

Observações:

Defensor (a): WILLIAM TOHORU HOSAKA

DECISÃO 1° C.D.:

CR UMBARÁ: POR UNANIMIDADE, MULTA NO VALOR DE R$ 100,00 (CEM REAIS) EM CONCRETO A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF E PERDA DE 6 PONTOS.

_______________________________________________________________________________

Nada mais havendo a tratar, o Presidente encerrou a sessão, agradecendo a presença de todos, sendo lavrada a presente ata que, lida e aprovada pelos demais Auditores, vai assinada pelo Presidente e por mim, Amanda Antunes Vasconcellos, Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná. 

 

JOSÉ EDUARDO QUINTAS

Presidente

AMANDA ANTUNES VASCONCELLOS

Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná

 




Referências:

12/08/2015 - Pauta 1ª Comissão Disciplinar - 17 de agosto de 2015
Publicação: 17/08/2015 às 19:11