Sessão: Quarta-feira, 19 de agosto de 2015

.: Pauta 1ª Comissão Disciplinar - 24 de agosto de 2015 :.

1ª COMISSÃO DISCIPLINAR

PAUTA DE JULGAMENTO DO DIA 24/08/2015

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 072/2015 

De ordem do Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva Doutor Paulo César Gradela Filho e nos termos dos arts. 45, 46 e seguintes do CBJD, faço  publicar o presente Edital em que são CITADAS E INTIMADAS as partes abaixo nominadas, para  que querendo apresente defesa pessoalmente, ou ainda, se fazer representar por advogado  de  defesa, via procuração expressa, no processo contra elas movido nesta Justiça Desportiva, tornando público através deste Edital, que

No dia 24 DE AGOSTO DE 2015 ou na Sessão Subseqüente, a partir das 19:00 horas  (Segunda - Feira), serão julgados na sede do TJD/PR, sito na Avenida República Argentina,2153 – Portão, Curitiba, Paraná, os seguintes processos:

AUTOS N°. 264/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. CARLOS ALBERTO ZITTA

OFICIO 305/2015 – FEDERAÇÃO PARANAENSE DE FUTEBOL

DENUNCIADO (S):

CLUBE RECREATIVO UMBARÁ

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. PEDRO HENRIQUE VAL FEITOSA

1° DENUNCIADO: CLUBE RECREATIVO UMBARÁ, entidade de prática desportiva, porque, conforme Ofício n.º 305/2015 e documentos anexos a esta provenientes da r. Federação Paranaense de Futebol,  abandonou o Campeonato Amador da Capital Sério B – Temporada 2015. Com tal conduta, a Denunciada praticou o ilícito tipificado no artigo 204, do CBJD.

 

AUTOS N°.267/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MARCEL SOUZA DE OLIVEIRA

TAÇA FPF – 2ª RODADA – 1º TURNO

JOGO: ATLETICO PARANAENSE X CIANORTE FC

DATA: 12/07/2015

DENUNCIADO (S):

CRISTORFER DE SOUZA BARROS

CIANORTE FC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. PEDRO HENRIQUE VAL FEITOSA

1° DENUNCIADO: CRISTORFER DE SOUZA BARROS atleta da EDP Cianorte FC, expulso por dupla advertência aos 83’ (oitenta e três minutos) da partida, pois, conforme consta do relatório do árbitro, após sua substituição e encontrando-se no banco de reservas, gritou acintosamente com o árbitro: “não adianta, pra nós ele não vai dar nada”. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 258, do CBJD.

 

2° DENUNCIADO: CIANORTE FC, entidade de prática desportiva, a qual deve também ser condenada pela conduta praticada pelos seus atleta acima denunciado. Desta forma, pugna-se pela condenação da Denunciada nos termos do disposto no art. 258-D, do CBJD.

 

 

AUTOS N°.270/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MIGUEL ANGELO RASBOLD

TAÇA FEDERAÇÃO PARANANESE DE FUTEBOL – 2ª RODADA – 1º TURNO

JOGO: TOLEDO CW X ANDRAUS BRASIL

DATA: 12/07/2015

DENUNCIADO (S):

LUCIANO FIDENCIO

VINICIUS NOGOCEK

BRUNO LUCAS GOMES DA SILVA

PAULO AFONSO ROCHA JUNIOR

ANDRAUS BRASIL

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. PEDRO HENRIQUE VAL FEITOSA

1° DENUNCIADO: LUCIANO FIDENCIO, preparador físico da EDP Andraus Brasil, excluído de campo aos 78’ (setenta e oito minutos) de partida, pois, conforme consta do relatório do árbitro da partida, reprovou marcação do árbitro batendo palmas de deboche e dizendo: “parabéns sales, é isso aí”. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 258, do CBJD.

2° DENUNCIADO: VINICIUS NOGOCEK, preparador de goleiros da EDP Andraus Brasil, excluído de campo após o final da partida, pois, conforme consta do relatório da partida, se dirigiu ao árbitro dizendo: “pra fazer isso você só pode estar mal intencionado”. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 258, do CBJD.

3° DENUNCIADO: BRUNO LUCAS GOMES DA SILVA, atleta da EDP Andraus Brasil, expulso por dupla advertência aos 18’ (dezoito minutos) da partida, pois, conforme consta do relatório do árbitro, após a sua expulsão, se dirigiu ao mesmo dizendo: “conseguiu o que você queria seu fraco”. Ainda, após o término da partida retornou ao campo dizendo: “você é um ladrão mesmo, seu safado”. Imperioso destacar que o árbitro consignou em seu relatório que se sentiu ofendido em sua moral e honra com tais xingamentos Com tal conduta, o Denunciado praticou os ilícitos tipificados nos arts. 258 e 243-F, ambos do CBJD.

 

4° DENUNCIADO: PAULO AFONSO ROCHA JUNIOR, atleta da EDP Andraus Brasil, expulso diretamente aos 88’ (oitenta e oito minutos) da partida, pois, conforme consta do relatório do árbitro, se dirigiu ao mesmo dizendo: “vai tomar no cú”. Ainda, ao sair de campo disse: “você é muito fraco seu filho da puta”. Por fim, ao sair de campo voltou-se para a torcida visitante mostrando o dedo médio e dizendo: “vai tomar no cú”.  Imperioso destacar que o árbitro consignou em seu relatório que se sentiu ofendido em sua moral e honra com tais xingamentos. Com tal conduta, o Denunciado praticou os ilícitos tipificados nos arts. 258, 258-A e 243-F, todos do CBJD.

5º DENUNCIADO: ANDRAUS BRASIL, entidade de prática desportiva, a qual deve também ser condenada pela conduta praticada pelos seus atletas e preparadores acima denunciados. Desta forma, pugna-se pela condenação da Denunciada nos termos do disposto no art. 258-D, do CBJD.

______________________________________________________________________________________

AUTOS N°.273/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. CARLOS ALBERTO ZITTA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B- ADULTO- 2015

JOGO: CAXIAS FC X CA BAIRRO ALTO

DATA: 25/07/2015

DENUNCIADO (S):

ERICKSON V. DA SILVA

TIAGO F. DE OLIVEIRA

CLEVERSON F. DE LIMA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: ERICKSON V. DA SILVA, atleta com registro na CBF nº 297679, integrante da entidade de prática desportiva Caxias FC, por desferir um chute na perde de atleta adversário na disputa de bola, motivando a sua expulsão, por dupla advertência, aos 72’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: TIAGO F. DE OLIVEIRA, atleta com registro na CBF nº 532457, integrante da entidade de prática desportiva Caxias FC, por desferir um soco nas costas de seu atleta adversário, Cleverson F. de Lima, fora da disputa de bola, motivando a sua expulsão, direta, aos 77’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254-A, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

3° DENUNCIADO: CLEVERSON F. DE LIMA, atleta com registro na CBF nº 364677, integrante da entidade de prática desportiva CA Bairro Alto, por, após ser agredido, desferir um soco nas costas de seu atleta adversário, Tiago F. de Oliveira, fora da disputa de bola, motivando a sua expulsão, direta, aos 77’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254-A, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 ________________________________________________________________________________________________

AUTOS N°.276/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MIGUEL ANGELO RASBOLD

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE A- JUVENIL- 2015

JOGO: VILA FANNY FC X URE SANTA QUITERIA

DATA: 25/07/2015

DENUNCIADO (S):

GABRIEL ZIMMER KRUL

LUCAS M. V. CARDOSO

VANDERLEI O. ROSA JUNIOR

ANDERSON CORDEIRO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: GABRIEL ZIMMER KRUL, atleta com registro na CBF nº 511594, integrante da entidade de prática desportiva URE Santa Quitéria, por, após cometer uma falta na disputa de bola, desferir um chute por trás em seu atleta adversário, Lucas M. V. Cardoso, fora da disputa de bola, motivando a sua expulsão, direta, aos 49’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254-A, do Código Brasileiro

2° DENUNCIADO: LUCAS M.V. CARDOSO, atleta com registro na CBF nº 508233, integrante da entidade de prática desportiva Vila Fanny, por desferir um tapa no rosto de seu atleta adversário, Gabriel Z. Krul, fora da disputa de bola, revidando o chute recebido deste, motivando a sua expulsão, direta, aos 49’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254-A, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

3° DENUNCIADO: VANDERLEI O. ROSA JUNIOR, atleta com registro na CBF nº 504560, integrante da entidade de prática desportiva URE Santa Quitéria, por pisar em seu atleta adversário, Anderson Cordeiro, enquanto este estava no chão, motivando a sua expulsão, direta, aos 79’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254-A, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

4° DENUNCIADO: ANDERSON CORDEIRO, atleta com registro na CBF nº 315674, integrante da entidade de prática desportiva Vila Fanny, por, após tomar uma pisada de do atleta adversário Vanderlei O. Rosa Junior, se levantar e proferir as seguintes palavras ao seu agressor “seu filho da puta, olha o que você fez, vai tomar no cú”, motivando a sua expulsão, direta, aos 79’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

_______________________________________________________________________________________________

AUTOS N°.279/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MARCEL SOUZA DE OLIVEIRA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE A- ADULTO- 2015

JOGO: VILA FANNY FC X URE SANTA QUITERIA

DATA: 25/07/2015

DENUNCIADO (S):

MARIO CHRISTINO L. RAMOS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: MARIO CHRISTINO L. RAMOS, auxiliar técnico integrante da entidade de prática desportiva URE Santa Quitéria, por, após a marcação de um gol pela entidade de pratica desportiva adversária, se dirigir ao árbitro da partida e proferir as seguintes palavras “porra, agora pode acabar, safado, ladrão, fez o que você queria”, motivando a sua expulsão, direta, aos 94’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 243-F, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

  

 

Publicação: 19/08/2015 às 16:53