Sessão: Quarta-feira, 02 de setembro de 2015

.: Decisão 3ª Comissão Disciplinar - 02 de setembro de 2015 :.

3° COMISSÃO DISCIPLINAR

ATA DA SESSÃO DO DIA 02 DE SETEMBRO DE 2.015

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 077/2015

Ao segundo dia do mês de setembro do ano de dois mil e quinze, às dezenove horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná localizada na Avenida República Argentina, 2153, bairro Portão, Curitiba, Paraná, reuniram-se os Auditores Membros da 3° Comissão Disciplinar deste Tribunal, Irineu Toninello – Presidente da Comissão, Mauro Ribeiro Borges, Humberto Ciccarino Filho, Samuel Torquato e o procurador Marcelo Fonseca Gurniski. Estando ausente Dr José Alvacir Guimarães com ausência justificada. Havendo quorum legal, passou-se a pauta, observando-se os pedido de preferência, na ordem adiante transcrita:

AUTOS N° 314/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. JOSÉ ALVACIR GUIMARÃES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SÉRIE B- ADULTO- 2015

JOGO: SANT. TRINDADE X YPIRANGA FC

DATA: 01/08/2015

DENUNCIADO (S):

CLÁUDIO OLSEMANN

CLÁUDIO OLSEMANN

SANT. TRINDADE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: CLÁUDIO OLSEMANN, auxiliar técnico integrante da entidade de prática desportiva Ypiranga FC, por proferir as seguintes palavras: “ta de sacanagem, porra a bola bateu na mão”, motivando a sua expulsão aos 74’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: CLÁUDIO OLSEMANN, auxiliar técnico integrante da entidade de prática desportiva Ypiranga FC, por, após ser excluído da partida, proferir as seguintes palavras: “vai tomar no cú, ladrão do caralho, pau no cú, careca filho da puta”. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 243-F, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva

3° DENUNCIADO: SANT. TRINDADE, entidade de prática desportiva, por deixar de manter o local indicado para a partida com infraestrutura necessária, uma vez que: (a) o vestiário da equipe de arbitragem é muito pequeno não propiciando condições para que a equipe de arbitragem troquem de roupas; e (b) o sanitário do vestiário da equipe de arbitragem não possuía condições de uso. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 211, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

OBSERVAÇÕES: DEPOIMENTO PESSOAL DE GENIVALDO PINTO (PRESIDENTE DO CLUBE)

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

CLÁUDIO OLSEMANN: POR UNANIMIDADE COM 02 PARTIDAS PELO ARTIGO 258 E POR MAIORIDADE, DESCLASSIFICADO PELO ARTIGO 243-F PARA O 258 COM DE 03 PARTIDA  DO CBJD.

SANT. TRINDADE: ABSOLVIDO POR UNANIMIDADE.

 

 

AUTOS N° 317/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SÉRIE B- JUVENIL- 2015

JOGO: SBE RIO NEGRO X IMPERIAL FC

DATA: 25/07/2015

OFÍCIO: 330/2015

DENUNCIADO (S):

S.B.E RIO NEGRO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: S.B.E RIO NEGRO, entidade desportiva, por relacionar o atleta de nome LUCAS G.D. BRANDÃO, para o jogo ocorrido em 25/07/2015, quando, em verdade, referido atleta não detinha condições legais de jogo, por não estar devidamente registrado no BID, conforme determina o artigo 18 do regulamento geral das competições. Desta forma, a equipe ora denunciada infringiu os artigos 191, III e 214 § 1º do CBJD.

Observações:        

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

S.B.E RIO NEGRO: POR MAIORIA, ABSOLVIDO DO ARTIGO 191,III E MULTA DE 100,00 (CEM REAIS) A SER RECOLHIDA EM 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF, POR INFRINGIR O ARTIGO 214 § 1º DO CBJD. SOMANDO A PERDA DE 03 PONTOS.

 

AUTOS N° 320/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SERIE B – JUVENIL - 2015

JOGO: CA BOQUEIRÃO X GP GENTE DA GENTE             

DATA: 25/07/2015

OFÍCIO: 331/2015

DENUNCIADO (S):

C.A. BOQUEIRÃO      

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: C.A. BOQUEIRÃO, entidade desportiva, por relacionar os atletas IGOR MATUICCHUK DE ANDRADE, FELIPE PIRES REINHARDT, MATHEUS PARANHOS, GABRIEL LEONIDAS D. DE OLIVEIRA E VINICIUS DE PAULA LIMA, para o jogo ocorrido em 25/07/2015, quando, em verdade, referido atleta não detinha condições legais de jogo, por não estar devidamente registrado no BID, conforme determina o artigo 18 do regulamento geral das competições. Frisa-se que a equipe é reincidente, conforme informação atestada no ofício já mencionado. Desta forma, a equipe ora denunciada infringiu os artigos 191, III e 214 § 1º do CBJD.

Observações:

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

DECISÃO DA 3º C.D.:

C.A. BOQUEIRÃO: POR MAIORIA,  MULTA NO VALOR DE R$300,00 (TREZENTOS REAIS) A SER RECOLHIDA EM 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF, POR INFRINGIR O ARTIGO 214 § 1º SOMADO A PERDA DE 06 PONTOS E ABSOLVIDO PELO ARTIGO 191, III AMBOS DO CBJD.

  

AUTOS N° 323/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SERIE B – ADULTO - 2015

JOGO: YPIRANGA FC X UN. VILA SANDRA EC                 

DATA: 25/07/2015                                     

DENUNCIADO (S):

MARCELO DOS A. DOS SANTOS

BRUNO CESAR LEITÃO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: MARCELO DOS A. DOS SANTOS, atleta da equipe do YPIRANGA F.C., foi expulso porque após sofrer uma falta, se levantou e empurrou seu adversário na altura do peito de maneira agressiva, proferindo os seguintes dizeres: “você ta louco filho da puta”. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 250, §1.°, inciso II, e 258, ‘caput’, do CBJD.

2° DENUNCIADO: BRUNO CESAR LEITÃO, atleta da equipe do UNIÃO VILA SANDRA E.C., foi expulso após revidar de maneira agressiva o empurrão que sofreu do atleta Marcelo dos A. dos Santos. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 250, §1.°, inciso II, do CBJD.

Observações:

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA (ADV. YPIRANGA FC/ UNIÃO VILA SANDRA EC)

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

MARCELO DOS A. DOS SANTOS: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO PELO ARTIGO 258 CAPUT DO CBJD. POR UNANIMIDADE, SUSPENSÃO DE UMA PARTIDA POR INFINGIR O ARTIGO 250, PARÁGRAFO 1º DO CBJD.

BRUNO CESAR LEITÃO: POR UNANIMIDADE SUSPENSÃO DE UMA PARTIDA POR INFINGIR O ARTIGO 250, PARÁGRAFO 1º, III DO CBJD.

  

AUTOS N° 326/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SERIE A –JUVENIL - 2015

OFÍCIO 343/2015                                                               

DATA: 25/07/2015 E 01/08/2015

DENUNCIADO (S):

OPERÁRIO PILARZINHO S.C.

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: OPERÁRIO PILARZINHO S.C., entidade desportiva, por relacionar o atleta BRUNO FONSECA DE ANDRADE, para os jogos ocorridos em 25/07/2015 e 1.°/08/2015, quando, em verdade, referido atleta não detinha condições legais de jogo, pois recebeu a suspensão de 06 (seis) partidas por duas condenações perante a 2.° Comissão Disciplinar, cumprindo apenas 04 (quatro) partidas, sendo que ainda faltavam o cumprimento de 02 (duas) partidas de suspensão, o que não foi feito. Desta forma, a equipe ora denunciada infringiu os artigos 214, §1.° e 223, todos do CBJD.

Observações: DEPOIMENTO PESSOAL DE ELIZEU DUARTE (TÉCNICO DO JUVENIL)

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

DECISÃO DA 3º C.D.:

OPERÁRIO PILARZINHO S.C.: POR MAOIRIA, MULTA NO VALOR DE R$50,00 (CINQUENTA REAIS) EM CONCRETO A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 05 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF E PERDA DE 06 PONTOS POR INFRINGIR O ARTIGO 214 DO CBJD.

AUTOS N° 299/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL SUB 19-2015

JOGO: CLUBE ANDRAUS BRASIL X J. MALUCELLI S.A

DATA: 18/07/2015

DENUNCIADO (S):

ELITON GLONEK

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODOLFFO GARDINI FAGUNDES

1° DENUNCIADO: ELITON GLONEK, atleta do J. Malucelli S.A., foi expulso de forma direta, por, fora do lance de bola, agredir um adversário chutando-o nas costelas quando o mesmo já se encontrava caído no gramado face disputa de bola anterior com outro atleta adversário. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254-A, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

OBSERVAÇÕES: DEPOIMENTO PESSOAL ELITON GLONEK (ATLETA)

Defensor (a): MARCELO CONTINI

DECISÃO DA 3º C.D.:

ELITON GLONEK: POR MAIORIA, PUNIDO PELO ARTIGO 254-A, COM 02 PARTIDAS EM CONCRETO, COM AS BENÉCIAS DO ART. 182.

 

Nada mais havendo a tratar, o Presidente encerrou a sessão, agradecendo a presença de todos, sendo lavrada a presente ata que, lida e aprovada pelos demais auditores, vai assinada pelo Presidente e por mim, Amanda Antunes Vasconcellos, Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná.

                                                      Curitiba/PR, 02 de Setembro de 2.015.

 

 

IRINEU TONINELLO

Presidente da Terceira Comissão Disciplinar

 

 

AMANDA ANTUNES VASCONCELLOS

Secretaria do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná




Referências:

28/08/2015 - Pauta 3ª Comissão Disciplinar- 02 de Setembro de 2015
Publicação: 02/09/2015 às 18:47