Sessão: Terça-feira, 06 de outubro de 2015

.: Decisão 2ª Comissão Disciplinar - 06 de outubro de 2015 :.

2° COMISSÃO DISCIPLINAR

ATA DA SESSÃO DO DIA 06 DE OUTUBRO DE 2.015

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 088/2015

Ao sexto dia do mês de outubro do ano de dois mil e quinze, às dezenove horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná localizada na Avenida República Argentina, 2153, bairro Portão, Curitiba, Paraná, reuniram-se o Presidente Cesar Augusto Gradela, Hélio Ortiz Neto, Anderson Gaspar, Luciano Costenaro de Oliveira, Renato Galvão Carrillo e o Procurador Rodrigo Galleas. Havendo quorum legal, passou-se a pauta, observando-se os pedido de preferência, na ordem adiante transcrita: 

 

AUTOS N°. 361/2015 – EM TRAMITE

AUDITOR RELATOR: LUCIANO COSTENARO DE OLIVEIRA                                               

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SERIE B- ADULTO- 2015

JOGO: U. CAPÃO RASO FC X UNIÃO AHÚ FC

DATA: 15/08/2015

DENUNCIADO (S):

JOELCIO DIAS

JEFERSON GUEDES

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: JOELCIO DIAS, técnico da equipe do UNIÃO AHÚ F.C., foi expulso aos 74’, por reclamar diversas vezes de forma de forma agressiva, dizendo: “você não tem critério, dá a porra da falta, vai toma no cú”. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 258, §2.°, inciso II, do CBJD.

2° DENUNCIADO: JEFERSON GUEDES, auxiliar técnico da equipe do UNIÃO AHÚ F.C., foi expulso aos 74’, por reclamar diversas vezes de forma de forma agressiva, dizendo: “você ta muito mal, filho da puta, nada pra nós você dá”. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 258, §2.°, inciso II, do CBJD.

Observações: DEPOIMENTO PESSOAL DE JEFERSON GUEDES PORTADOR DA CEDULA DE IDENTIDADE RG Nº 6.890.425-0.

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

 

DECISÃO DA 2º C.D.:

 

JOELCIO DIAS: POR MAIORIA, SUSPENSÃO DE UMA PARTIDA.

JEFERSON GUEDES: POR MAIORIA, SUSPENSÃO DE UMA PARTIDA.

 

AUTOS N°. 364/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. ANDERSON GASPAR

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SERIE B- ADULTO- 2015

JOGO: OLIMPICO X SE TANGUÁ

DATA: 22/08/2015

DENUNCIADO (S):

SE TANGUÁ

GERALDO BRAUM

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: SE TANGUÁ, entidade de prática desportiva, por dar causa ao atraso de 10 (dez) minutos para o início da partida, tendo em vista que o ônibus da EPD quebrou e a partida preliminar teve um atraso de 20 (vinte) minutos, causando, de consequência, o atraso na partida em questão. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 206, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: GERALDO BRAUM, massagista integrante da entidade de prática desportiva Olimpico, por insultar atleta adversário, proferindo as seguintes palavras: “vai jogar seu merda”, motivando a sua expulsão aos 39’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Defensor (a): ANDRE ALFREDO DUCK (ADV. GERALDO BRAUM). WILLIAN TOHORU HOSAKA (ADV. SE TANGUA).

Observações: PRAZO DE 5 DIAS PARA JUNTADA DE PROCURAÇÃO DO DR ANDRE ALFREDO DUCK. DEPOIMENTO PESSOAL DE GERALDO BRAUM.

 

DECISÃO DA 2º C.D.:

 

SE TANGUÁ: POR MAIORIA, ABSOLVIDO.

GERALDO BRAUM: POR MAIORIA, PENA DE ADVERTENCIA.

 

AUTOS N°.367/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HÉLIO ANJOS ORTIZ NETO

CAMPEONATO TAÇA FPF-2015

JOGO: TOLEDO CW X MARINGÁ FC

DATA: 22/08/2015

DENUNCIADO (S):

PAULO CESAR REGINI

PAULO CESAR REGINI

PAULO CESAR REGINI

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: PAULO CESAR REGINI, auxiliar técnico integrante da entidade de prática desportiva Maringá FC, por, no intervalo regulamentar, adentrar ao campo e proferir as seguintes palavras ao árbitro: “você é muito fraco, sem vergonha, ladrão”, motivando a sua expulsão aos 45’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas nos artigos 258-B e 243-F, c/c 184, todos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: PAULO CESAR REGINI, auxiliar técnico integrante da entidade de prática desportiva Maringá FC, por, no intervalo regulamentar, dirigir-se ao assistente Luiz Paulo Galli e proferir as seguintes palavras: “você é vagabundo, filho da puta”, motivando a sua expulsão aos 45’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

3° DENUNCIADO: PAULO CESAR REGINI, auxiliar técnico integrante da entidade de prática desportiva Maringá FC, por, após o intervalo regulamentar, ao ser informado de sua expulsão, proferir as seguintes palavras à equipe de arbitragem: “vão tomar no cú de vocês”. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

 

DECISÃO DA 2º C.D.:

 

PAULO CESAR REGINI: POR MAIORIA, MULTA NO VALOR DE R$ 300,00 (TREZENTOS REAIS) CUMULADA COM UMA PARTIDA DE SUSPENSÃO PELO ARTIGO 243-F DO CBJD.

 

PAULO CESAR REGINI: POR UNANIMIDADE, MULTA NO VALOR DE R$ 300,00 (TREZENTOS REAIS) CUMULADA COM UMA PARTIDA DE SUSPENSÃO PELO ARTIGO 243-F DO CBJD.

 

PAULO CESAR REGINI: POR UNANIMIDADE, UMA PARTIDA DE SUSPENSÃO  PELO ARTIGO 258 DO CBJD.

 

AUTOS N°.370/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RENATO GALVÃO CARRILLO

CAMPEONATO TAÇA FPF-2015

JOGO: CORITIBA FC X A. PORTUGUESA LONDRINENSE          

DATA: 08/08/2015

DENUNCIADO (S):

RENAN FELIPE DOS SANTOS

WALBERT MARTINS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR.  RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: RENAN FELIPE DOS SANTOS, preparador físico de goleiros da A. Portuguesa Londrinense, segundo súmula do jogo, o Sr. Árbitro atestou aos 18’minutos do segundo tempo, que excluiu do banco de reservas o denunciado, por reclamar de forma acintosa, dirigindo as seguintes palavras ao auxiliar nº1 “seu boceta do caralho, você está cego seu merda, você não vê nada mesmo”. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: WALBERT MARTINS, técnico da A. Portuguesa Londrinense, segundo súmula do jogo, o Sr. Árbitro atestou aos 39’minutos do segundo tempo, que excluiu o denunciado, por reclamar de forma acintosa, e ao se aproximar do quarto árbitro, lhe deu um empurrão no peito com as duas mãos. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Defensor:

 

Observações:

DECISÃO DA 2º C.D.:

 

RENAN FELIPE DOS SANTOS: POR UNANIMIDADE, SUSPENSÃO DE QUATRO PARTIDAS EM CONCRETO E MULTA DE R$ 200,00 (DUZENTOS REAIS) EM CONCRETO A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF POR INFRAÇÃO AO ARTIGO 243-F DO CBJD.

WALBERT MARTINS: SE RECONHECE A PRESCRIÇÃO DA DENUNCIA.

 

AUTOS N°.373/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. LUCIANO COSTENARO DE OLIVEIRA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B- JUVENIL- 2015

JOGO: ABE FLAMENGO X EC SERGIPE

DATA: 15/08/2015

DENUNCIADO (S):

ADEMIR F. ZINHER

FELIPE SOUZA PINTO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: ADEMIR F. ZINHER, técnico do Abe Flamengo, o Sr. Árbitro relatou, que excluiu o denunciado, por reclamar de forma acintosa, proferindo as seguintes palavras “seu burro ta cego filho da puta, não tá vendo o garoto caído seu retardado”. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: FELIPE SOUZA PINTO, atleta do ABE Flamengo, o Sr. Árbitro expulsou diretamente o denunciado por proferir um tapa na cara de seu adversário. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254-A §1º, do I do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

­­­­­­­­­­­­­­­­­Defensor: WILLIAN TOHORU HOSAKA

Observações:

DECISÃO DA 2º C.D:

 

ADEMIR F. ZINHER: POR MAIORIA, SUSPENSÃO DE DUAS PARTIDAS EM CONCRETO E MULTA NO VALOR DE R$ 400,00 (QUATROCENTOS REAIS) A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF.

 

FELIPE SOUZA PINTO: POR UNANIMIDADE, SUSPENSÃO DE DUAS PARTIDAS EM CONCRETO.

_____________________________________________________________________________

AUTOS N°.376/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. ANDERSON GASPAR

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B- JUVENIL- 2015

JOGO: CA BOQUEIRÃO X ABE FLAMENGO

DATA: 08/08/2015

DENUNCIADO (S):

CA BOQUEIRÃO

LUIZ FELIPE URBANETZ

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: CA BOQUEIRÃO, EPD, o Sr. Árbitro atestou que as instalações dos vestiários estavam em péssimas condições, devido ao forte cheiro de urina. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 211 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: LUIZ FELIPE URBANETZ, auxiliar técnico do CA Boqueirão, segundo súmula do jogo, o Sr. Árbitro atestou aos 70’minutos de partida, que excluiu o denunciado, por desaprovar as decisões da arbitragem, proferindo as seguintes palavras: “da uma para nós porra. Que caralho mesmo, vocês estão de sacanagem”. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258-A §2º, II do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

­­­­­­­­­­­­­­­­­Defensor: WILLIAN TOHORU HOSAKA

Observações:

DECISÃO DA 2º C.D.:

CA BOQUEIRÃO: POR UNANIMIDADE, MULTA NO VALOR DE R$ 500,00 (QUINHENTOS REAIS) A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF, POR INFRAÇÃO AO ARTIGO 211 DO CBJD.

 

LUIZ FELIPE URBANETZ: POR MAIORIA, SUSPENSÃO DE UMA PARTIDA.

___________________________________________________________________________

AUTOS N°. 379/2015 – EM TRAMITE

AUDITOR RELATOR: HÉLIO ANJOS ORTIZ NETO                                                              

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B- JUVENIL- 2015

JOGO: EC SERGIPE X CP GENTE DA GENTE

DATA: 22/08/2015

DENUNCIADO (S):

PAULO H. J. SILVA

MARCELO L. C. JÚNIOR

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. HENRIQUE  CARDOSO DOS SANTOS

1° DENUNCIADO: PAULO H. J. SILVA, atleta do GP GENTE DA GENTE, conforme relato sumulado pelo Sr. Árbitro, o Denunciado acabou por agredir-se com o segundo denunciado FORA da disputa de bola, sendo expulso da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254-A §1º, I do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: MARCELO L. C. JÚNIOR, atleta do EC SERGIPE, conforme relato sumulado pelo Sr. Árbitro, o Denunciado acabou por agredir com o primeiro denunciado FORA da disputa de bola, sendo expulso da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254-A §1º, I do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Defensor: WILLIAN TOHORU HOSAKA

Observações: DEPOIMENTO PESSOAL DE PAULO H. J. SILVA.

DECISÃO DA 2º C.D.:

 

PAULO H. J. SILVA: POR UNANIMIDADE, SUSPENSÃO DE DUAS PARTIDAS EM CONCRETO POR INFRAÇÃO AO ARTIGO 254-A §1º, I DO CBJD.

MARCELO L. C. JÚNIOR: POR UNANIMIDADE, SUSPENSÃO DE DUAS PARTIDAS EM CONCRETO POR INFRAÇÃO AO ARTIGO 254-A §1º, I DO CBJD.

________________________________________________________________________

Nada mais havendo a tratar, o Presidente encerrou a sessão, agradecendo a presença de todos, sendo lavrada a presente ata que, lida e aprovada pelos demais Auditores, vai assinada pelo Presidente e por mim, Amanda Antunes Vasconcellos, Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná.

 

Curitiba/PR, 06 de Outubro de 2.015.

 

CESAR AUGUSTO RAMOS GRADELA

Presidente

 

AMANDA ANTUNES VASCONCELLOS

                   Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná               




Referências:

01/10/2015 - Pauta 2ª Comissão Disciplinar- 06 de Outubro de 2015
Publicação: 06/10/2015 às 19:38