Sessão: Sexta-feira, 09 de outubro de 2015

.: Pauta 3ª Comissão Disciplinar- 14 de Outubro de 2015 :.

3ª COMISSÃO DISCIPLINAR

PAUTA DE JULGAMENTO DO DIA 14/10/2015

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 091/2015

De ordem do Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva Doutor Paulo César Gradela Filho e nos termos dos arts. 45, 46 e seguintes do CBJD, faço  publicar o presente Edital em que são CITADAS E INTIMADAS as partes abaixo nominadas, para  que querendo apresente defesa pessoalmente, ou ainda, se fazer representar por advogado  de  defesa, via procuração expressa, no processo contra elas movido nesta Justiça Desportiva, tornando público através deste Edital, que,

No dia 14 DE OUTUBRO DE 2015 ou na Sessão Subseqüente, a partir das 19:00 horas  (Quarta - Feira), serão julgados na sede do TJD/PR, sito na Avenida República Argentina, 2153 – Portão, Curitiba, Paraná, os seguintes processos:

AUTOS N°. 449/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATTO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SERIE A- JUVENIL- 2015

JOGO: CA NACIONAL X ACE URANO

DATA: 12/09/2015

DENUNCIADO (S):

LUIZ CARLOS P. JUNIOR

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RAFAEL FABRICIO DE MELO

1° DENUNCIADO: LUIZ CARLOS P. JUNIOR, Atleta da EPD ACE URANO, inscrito no BID sob o n° 531.613, por ter, aos 77 minutos de jogo, na disputa de bola, frustrado oportunidade clara de gol ao derrubar com o pé o atleta adversário. O denunciado foi EXPULSO DIRETAMENTE. Por assim agir, incorreu o denunciado nas sanções previstas no artigo 254 do CBJD.

 

AUTOS N°.452/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. JOSÉ ALVACIR GUIMARÃES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B- JUVENIL- 2015

JOGO: UNIÃO VILA SANDRA EC X CA BOQUEIRÃO

DATA: 12/09/2015

DENUNCIADO (S):

FABRÍCIO G. DE MATOS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODOLFFO GARDINI FAGUNDES

1° DENUNCIADO: FABRÍCIO G. DE MATOS, atleta da EPD CA Boqueirão, conforme se extrai da súmula, foi expulso de forma direta, aos 66 minutos de jogo, por: “empurrar um adversário, com uso de força excessiva, fora da disputa de bola.” (grifo nosso). A descrição do ato infracional foi corroborada pelo Delegado da Partida no RDJ. Resta claro que o Denunciado acima indicado enquadra-se em condutas tipificadas no CBJD, devendo sofrer as sanções adequadas aos seus atos infracionais. Dessa forma, deve ser o Denunciado por assim agir, apenado nas sanções previstas no artigo 250, § 1º, II, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

AUTOS N°. 455/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE A- ADULTO- 2015

JOGO: URE STA QUITÉRIA X VILA HAUER EC

DATA: 22/08/2015

DENUNCIADO (S):

URE STA QUITÉRIA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODRIGO GALLÉAS

1° DENUNCIADO: URE STA QUITÉRIA, EPD, por dar causa ao atraso de 5 minutos no inicio da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no ART 206 do CBJD.

 

AUTOS N°.458/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO 

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SERIE B- JUVENIL- 2015

JOGO: SOBI SÃO BRAZ X CA BOQUEIRÃO

DATA: 22/08/2015

DENUNCIADO (S):

FABRICIO G. DE MATOS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODRIGO GALLÉAS

1° DENUNCIADO: FABRICIO G. DE MATOS, da equipe do C.A. Boqueirão, por dar uma cabeçada em seu adversário fora da disputa de bola. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no ART 254-a do CBJD.

 

AUTOS N°.461/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATTO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SERIE B- JUVENIL- 2015

JOGO: EC OLIMPICO X TANGUÁ

DATA: 22/08/2015

OFÍCIO 380/2015

DENUNCIADO (S):

EC OLIMPICO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. HENRIQUE CARDOSO DOS SANTOS

1° DENUNCIADO: EC OLIMPICO, EPD, irregularidade de 11 atletas, falta de inscrição no Boletim Informativo Diário (Bid-e). Por assim agir, incorre nas sanções previstas CBJD: artigo 191, inciso III; e artigo 214.

________________________________________________________________________________________________

AUTOS N°.464/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. JOSÉ ALVACIR GUIMARÃES

CAMPEONATO PARANANENSE 3º DIVISÃO-2015

OFÍCIO  405/2015

DENUNCIADO (S):

COLORADO AC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODRIGO GALLÉAS

1° DENUNCIADO: COLORADO AC, EPD, por segundo ofício 405/2015, abandonou/desistiu da competição que disputara. De acordo com o art. 48 do regulamente: ‘é considerado abandono de COMPETIÇÃO caso um clube sofra a aplicação de W.O., independente da fase da competição, nos termos do art. 203 §3º do CBJD’.  Por assim agir, incorre nas sanções previstas, visto regulamento, no ART 203 do CBJD.

________________________________________________________________________________________________

AUTOS N°.467/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO PARANANENSE 3º DIVISÃO-2015

JOGO: GRÊMIO MARINGÁ X CASCAVEL CR

DATA: 06/09/2015

DENUNCIADO (S):

GRÊMIO MARINGÁ 

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. HENRIQUE CARDOSO DOS SANTOS

1° DENUNCIADO: GRÊMIO MARINGÁ, EPD, Conforme relato sumulado, o Denunciado GRÊMIO MARINGÁ atrasou em 4 minutos o reinício da partida, vez que adentrou o gramado somente às 11:05h, pelo que resultou seu início às 11:06h, conforme relato do Árbitro. Por assim agir, incorre nas sanções previstas, visto regulamento, no ART 206 do CBJD.

 

AUTOS N°.470/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO 

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B- JUVENIL- 2015

DATA: 29/08/2015

JOGO: SBE RIO NEGRO X UBERLÂNDIA

OFÍCIO 400/2015

DENUNCIADO (S):

SBE RIO NEGRO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODRIGO GALLÉAS

1° DENUNCIADO: SBE RIO NEGRO, EPD, por incluir na sumula de jogo, seis atletas sem condições de atuar segundo o regulamento geral das competições em seu artigo 18, demonstrado no oficio 400/2015. Cabe salientar neste caso que trata-se de caso, previsto no art. 184 do CBJD, portanto, as penas serão somadas. Explico; Caso a EPD, fizesse incluir apenas um atleta nesse jogo, sem condições de atuar e, no próximo jogo mais um, as penas seriam individuais e o clube teria que ser apenados duas vezes, portanto, não é porque os jogadores foram escalados em uma única partida, que o clube recebera somente uma pena por todos os 6 escalados irregularmente. Cada jogador representa uma ação errada do clube. Por assim agir, incorre por 6 vezes (uma por atleta) nas sanções previstas no ART 214 do CBJD.

 

AUTOS N°.473/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATTO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE A- JUVENIL- 2015

JOGO: URE STA QUITERIA X ACE URANO

DATA: 29/08/2015

DENUNCIADO (S):

JEAN C. M. DOS SANTOS

CRISTIANO F. BUENO

HEITOR R. M. BUENO

DIOGO F. BASTOS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RAFAEL FABRICIO DE MELO

1° DENUNCIADO: JEAN C. M. DOS SANTOS, Atleta da EPD ACE URANO, inscrito no BID sob o n° 530.918, por ter, aos 67 minutos de jogo, desferido um chute no peito do atleta adversário que se encontrava caído no chão. A agressão ocorreu fora da disputa da bola, pois foi após a marcação de uma falta. O denunciado foi EXPULSO DIRETAMENTE. Por assim agir, incorreu o denunciado nas sanções previstas no artigo 254-A do CBJD.

2° DENUNCIADO: CRISTIANO F. BUENO, Atleta da EPD ACE URANO, inscrito no BID sob o n° 511.310, por ter, aos 84 minutos de jogo, atingido com violência e de forma temerária o atleta adversário com um carrinho na altura do joelho. O denunciado foi EXPULSO DIRETAMENTE. Por assim agir, incorreu o denunciado nas sanções previstas no artigo 254 do CBJD.

3° DENUNCIADO: HEITOR R. M. BUENO, Atleta da EPD ACE URANO, inscrito no BID sob o n° 411.574, por ter, após o término da partida, se dirigido ao Árbitro de forma ofensiva, dizendo “VOCÊ É UM MERDA, SEU FILHO DA PUTA” dirigindo ainda à toda a equipe de arbitragem as palavras “VOCÊS SÃO UMA BOSTA, CABAÇOS”. O denunciado foi EXPULSO DO JOGO. Assim agindo, incorreu o denunciado nas sanções previstas no Artigo 243-F do CBJD.

4° DENUNCIADO: DIOGO F. BASTOS, Técnico da EPD ACE URANO, por, aos 30 minutos de jogo, dirigir-se ao Árbitro reclamando acintosamente, tendo sido em razão desta conduta EXCLUÍDO DA PARTIDA. Após a expulsão, continuou os xingamentos ameaçando o Árbitro com palavras como “VOU TE PEGAR LA FORA, VOU TE MATAR, ONDE VOCÊ APRENDEU A APITAR”. O denunciado precisou ser contido por pessoas da sua equipe para não agredir o Árbitro. Assim agindo, incorreu o denunciado nas sanções previstas nos Artigos 258, 258-B e 243-C do CBJD.     

 

Publicação: 09/10/2015 às 15:41