Sessão: Sexta-feira, 23 de outubro de 2015

.: Pauta 3ª Comissão Disciplinar- 28 de Outubro de 2015 :.

3ª COMISSÃO DISCIPLINAR

PAUTA DE JULGAMENTO DO DIA 28/10/2015

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 097/2015

De ordem do Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva Doutor Paulo César Gradela Filho e nos termos dos arts. 45, 46 e seguintes do CBJD, faço  publicar o presente Edital em que são CITADAS E INTIMADAS as partes abaixo nominadas, para  que querendo apresente defesa pessoalmente, ou ainda, se fazer representar por advogado  de  defesa, via procuração expressa, no processo contra elas movido nesta Justiça Desportiva, tornando público através deste Edital, que,

No dia 28 DE OUTUBRO DE 2015 ou na Sessão Subseqüente, a partir das 19:00 horas  (Quarta - Feira), serão julgados na sede do TJD/PR, sito na Avenida República Argentina, 2153 – Portão, Curitiba, Paraná, os seguintes processos:

AUTOS N°.494/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL- SUB 19- 2015

OFÍCIO 426/2015

DENUNCIADO (S):

PARANÁ CLUBE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODRIGO GALLÉAS

1° DENUNCIADO: PARANÁ CLUBE, Ofício recebido em 13/10/2015, informa que o jogador ELIVELTON UBIRATAN OLIVEIRA DE LIMA, da EPD Paraná Clube, atuou irregularmente na partida do dia 07/10/2015 contra a EPD Toledo C.W. onde o Paraná Clube venceu pelo placar de 2X0. Por assim agir, a EPD PARANÁ CLUBE, incorre nas sanções previstas no ART 214 e seus parágrafos do CBJD e no art. 191-III do CBJD pela infração ao art. 27,§1º do Regulamento das competições.

 

AUTOS N°. 497/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATTO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE A- JUVENIL- 2015

JOGO: UN. NOVA ORLEANS X TRIESTE FC

DATA: 19/09/2015

DENUNCIADO (S):

UN. NOVA ORLEANS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: UN. NOVA ORLEANS, entidade de prática desportiva, pois o assistente nº 01, Sr. Diogo Moraes, foi atingido por uma cusparada proveniente da torcida da EPD Un. Nova Orleans, o que ocasionou a paralisação da partida por 2 (dois) minutos. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 213, inciso III do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. 

 

AUTOS N°.500/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. JOSÉ ALVACIR GUIMARÃES

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL – 3ª DIVISÃO-2015

JOGO: CASCAVEL CR X CA CAMBÉ

DATA: 13/09/2015

DENUNCIADO (S):

MARCOS DANILO FERRARI

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI

1° DENUNCIADO: MARCOS DANILO FERRARI, técnico da equipe CA CAMBÉ, excluído do banco de reservas aos 15 minutos do primeiro tempo de jogo, por haver dito ao atleta adversário, Alex Sander Rodrigues Cougo, as seguintes palavras: vai se fuder, filho da puta. Por agir assim, o denunciado infringiu as letras do CBJD, em seu artigo 258.

 

AUTOS N°. 503/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

OFÍCIO 19/2015- FPF

DENUNCIADO (S):

A. PORTUGUESA LONDRINENSE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: A. PORTUGUESA LONDRINENSE, entidade de Prática Desportiva, porque a equipe Denunciada não efetuou os pagamentos de multas aplicadas nos autos de n.° 108/2015, 156/2015, 241/2015 e 272/2015 por este E. Tribunal de Justiça Desportiva, nos respectivos valores: R$ 1.050,00 (artigo 206, CBJD em 20/05/2015); R$ 500,00 (artigo 214, CBJD em 01/07/2015); R$ 800,00 (artigo 191, III, CBJD em 17/08/2015); e R$ 800,00 (artigos 191, III, 214 e 184, todos do CBJD em 05/08/2015). Desta forma, por infringir disposto acima mencionado, a equipe incorre na sanção prevista no  artigo 223, do CBJD.

 

 AUTOS N°.506/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

CAMPEONATO TAÇA FPF-2015        

JOGO: AC PARANAVAÍ X CORITIBA FC

DATA: 20/09/2015

DENUNCIADO (S):

MAURILIO GERALDO EVARISTO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: MAURILIO GERALDO EVARISTO, técnico integrante da entidade de prática desportiva AC Paranavaí, por proferir as seguintes palavras ao árbitro “porra, Edivaldo, só contra nós, apita direito caralho”, motivando a sua expulsão aos 55’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

AUTOS N°.509/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATTO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE A- JUVENIL- 2015

JOGO: URE SANTA QUITÉRIA X CA NACIONAL

DATA: 19/09/2015

DENUNCIADO (S):

LUCAS N. PANISSON

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: LUCAS N. PANISSON, atleta da equipe do U.R.E. SANTA QUITÉRIA, por ter sido expulso por dupla advertência aos 36’ de partida, após impedir um ataque promissor ao calçar o atleta adversário na disputa da bola. Por assim agir, o atleta denunciado incorre na sanção prevista no artigo 258, ‘caput’, do CBJD.

________________________________________________________________________________________________

AUTOS N°.512/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. JOSÉ ALVACIR GUIMARÃES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B- ADULTO- 2015

JOGO: YPIRANGA FC X GP GENTE DA GENTE

DATA: 19/09/2015

DENUNCIADO (S):

ELTON J. RADACHINSKI

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: ELTON J. RADACHINSKI, atleta da equipe do G.P. GENTE DA GENTE, por ter sido expulso por dupla advertência aos 53’ de partida, após calçar o atleta adversário na disputa da bola. Por assim agir, o atleta incorre na sanção prevista no artigo 258, ‘caput’, do CBJD

 

AUTOS N°.515/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

OFÍCIO 24/2015

DENUNCIADO (S):

CASCAVEL CR

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: CASCAVEL CR, entidade de Prática Desportiva, porque a equipe Denunciada não efetuou os pagamentos de multas aplicadas nos autos de n.° 118/2015 e 220/2015 por este E. Tribunal de Justiça Desportiva, nos respectivos valores: R$ 200,00 (INADIMPLEMENTO); R$ 1.500,00 (artigo 191, III do CBJD em 25/08/2015). Desta forma, por infringir disposto acima mencionado, a equipe incorre na sanção prevista no  artigo 223, do CBJD.

 

AUTOS N°.518/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

OFÍCIO 23/2015

DENUNCIADO (S):

ANDRAUS BRASIL

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: ANDRAUS BRASIL, entidade de Prática Desportiva, porque a equipe Denunciada não efetuou os pagamentos de multas aplicadas nos autos de n.° 135/2015 e 289/2015 por este E. Tribunal de Justiça Desportiva, nos respectivos valores: R$ 2.000,00 (artigo 213, CBJD em 01/06/2015); R$ 500,00 (artigo 206, CBJD em 01/09/2015). Desta forma, por infringir disposto acima mencionado, a equipe incorre na sanção prevista no  artigo 223, do CBJD.

 

 AUTOS N°.521/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATTO

OFÍCIO 31/2015

DENUNCIADO (S):

GRÊMIO RECREATIVO ESPORTIVO CAMPO LARGO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: GRÊMIO RECREATIVO ESPORTIVO CAMPO LARGO, entidade de prática desportiva, por não recolher aos cofres da Tesouraria da Federação Paranaense de Futebol, no prazo fixado, as multas estabelecidas nos processos nºs: (a) 151/2015; (b) 154/2015; (c) 173/2015; e (d) 213/2015, conforme circular nº 31/2015, em anexo, de lavra da Tesouraria da Federação Paranaense de Futebol. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 223, por 4 (quatro) vezes, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

AUTOS N°.524/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. JOSÉ ALVACIR GUIMARÃES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE A- JUVENIL- 2015

JOGO: ACE URANO X VILA HAUER EC

DATA: 19/09/2015

DENUNCIADO (S):

ACE URANO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODOLFFO GARDINI FAGUNDES

1° DENUNCIADO: ACE URANO, conforme se extrai da Súmula, da papeleta de assinaturas e do Ofício supra citado, incluiu em equipe 1 (hum) atleta sem condição legal de jogo, conforme o artigo 18 do Regulamento Geral de Competições (sem registro e publicação no BID-CBF.Descumpriu, portanto, o Regulamento Geral de Competições da FPF/2015, em seu artigo 18 , bem como, infringiu o artigo 11 do regulamento específico da competição . Por assim agir, incorre nas sanções previstas nos artigos 214 e 191, III e do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, devendo-se, ainda aplicar o artigo 184 do mesmo Códex.

 

AUTOS N°.527/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B- JUVENIL- 2015

JOGO: YPIRANGA FC X GP GENTE DA GENTE

DATA: 19/09/2015

DENUNCIADO (S):

CLEISSON J. DOS SANTOS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: CLEISSON J. DOS SANTOS, atleta da equipe do G.P. GENTE DA GENTE, por ter sido expulso direto aos 65’ de partida, por dar um chute na perna do atleta adversário com uso de força excessiva, fora da disputa da bola. Por assim agir, o atleta denunciado incorre na sanção prevista no artigo 254, §1.°, inciso I, do CBJD.

 

 

Publicação: 23/10/2015 às 16:39