Sessão: Sexta-feira, 30 de outubro de 2015

.: Pauta 3ª Comissão Disciplinar- 04 de Novembro de 2015 :.

3ª COMISSÃO DISCIPLINAR

PAUTA DE JULGAMENTO DO DIA 04/11/2015

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 099/2015

De ordem do Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva Doutor Paulo César Gradela Filho e nos termos dos arts. 45, 46 e seguintes do CBJD, faço  publicar o presente Edital em que são CITADAS E INTIMADAS as partes abaixo nominadas, para  que querendo apresente defesa pessoalmente, ou ainda, se fazer representar por advogado  de  defesa, via procuração expressa, no processo contra elas movido nesta Justiça Desportiva, tornando público através deste Edital, que,

No dia 04 DE NOVEMBRO DE 2015 ou na Sessão Subseqüente, a partir das 19:00 horas  (Quarta - Feira), serão julgados na sede do TJD/PR, sito na Avenida República Argentina, 2153 – Portão, Curitiba, Paraná, os seguintes processos:

AUTOS N°.515/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

OFÍCIO 24/2015

DENUNCIADO (S):

CASCAVEL CR

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: CASCAVEL CR, entidade de Prática Desportiva, porque a equipe Denunciada não efetuou os pagamentos de multas aplicadas nos autos de n.° 118/2015 e 220/2015 por este E. Tribunal de Justiça Desportiva, nos respectivos valores: R$ 200,00 (INADIMPLEMENTO); R$ 1.500,00 (artigo 191, III do CBJD em 25/08/2015). Desta forma, por infringir disposto acima mencionado, a equipe incorre na sanção prevista no  artigo 223, do CBJD.

 

AUTOS N°.521/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATTO

OFÍCIO 31/2015

DENUNCIADO (S):

GRÊMIO RECREATIVO ESPORTIVO CAMPO LARGO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: GRÊMIO RECREATIVO ESPORTIVO CAMPO LARGO, entidade de prática desportiva, por não recolher aos cofres da Tesouraria da Federação Paranaense de Futebol, no prazo fixado, as multas estabelecidas nos processos nºs: (a) 151/2015; (b) 154/2015; (c) 173/2015; e (d) 213/2015, conforme circular nº 31/2015, em anexo, de lavra da Tesouraria da Federação Paranaense de Futebol. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 223, por 4 (quatro) vezes, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

AUTOS N°.530/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

OFÍCIO 35/2015

DENUNCIADO (S):

S B E RIO NEGRO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI

1° DENUNCIADO: S B E RIO NEGRO, entidade de Prática Desportiva, porque a equipe Denunciada não efetuou os pagamentos de multas aplicadas nos autos de n.° 98/2015, 174/2015, 219/2015 e 317/2015 por este E. Tribunal de Justiça Desportiva. Por assim agir, incorre nas sanções previstas nos artigos 184 e 223 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

AUTOS N°. 533/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATTO 

OFÍCIO 36/2015

DENUNCIADO (S):

SR OLYMPIQUE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI

1° DENUNCIADO: SR OLYMPIQUE, entidade de Prática Desportiva, porque a equipe Denunciada não efetuou os pagamentos de multas aplicadas nos autos de n.° 55/2015 por este E. Tribunal de Justiça Desportiva. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 223 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

AUTOS N°.536/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. JOSÉ ALVACIR GUIMARÃES

OFÍCIO 38/2015

DENUNCIADO (S):

SPORT CLUB SÃO JOSÉ

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI

1° DENUNCIADO: SPORT CLUB SÃO JOSÉ, entidade de Prática Desportiva, porque a equipe Denunciada não efetuou os pagamentos de multas aplicadas nos autos de n.° 115/2015, 133/2015, 148/2015, 153/2015, 194/2015, 197/2015, 209/2015, 211/2015 e 214/2015 por este E. Tribunal de Justiça Desportiva. Por assim agir, incorre nas sanções previstas nos artigos 184 e 223 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

AUTOS N°. 539/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

OFÍCIO 30/2015- FPF

DENUNCIADO (S):

FRANCISCO BELTRÃO FC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: FRANCISCO BELTRÃO FC, entidade de prática desportiva, por não recolher aos cofres da Tesouraria da Federação Paranaense de Futebol, no prazo fixado, as multas estabelecidas nos processos nºs: (a) 24/2015; (b) 30/2015; (c) 57/2015; (d) 83/2015; (e) 87/2015; (f) 101/2015; (g) 160/2015; (h) 192/2015 e (i) 268/2015, conforme circular nº 30/2015, em anexo, de lavra da Tesouraria da Federação Paranaense de Futebol. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 223, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

AUTOS N°.542/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

OFÍCIO  37/2015

DENUNCIADO (S):

SE PLATINENSE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI

1° DENUNCIADO: SE PLATINENSE, entidade de Prática Desportiva, porque a equipe Denunciada não efetuou os pagamentos de multas aplicadas nos autos de n.° 651/2013, 417/2013, 546/2013, 570/2013, 555/2013, 546/2013, 517/2013, 426/2013, 475/2013, 353/2013, 483/2013, 478/2013, 598/2013, 460/2013, 608/2013, 448/2013, 699/2013 e 693/2013  por este E. Tribunal de Justiça Desportiva. Por assim agir, incorre nas sanções previstas nos artigos 184 e 223 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

AUTOS N°.545/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATTO 

CAMPEONATO TAÇA FOF- PROFISSIONAL- 2015

JOGO: TOLEDO CW X ANDRAUS BRASIL

DATA: 26/09/2015

DENUNCIADO (S):

JOEL I. BREGONIS MUNDO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: JOEL I. BREGONIS MUNDO, atleta com registro na CBF sob o nº 511805, integrante da entidade de prática desportiva Andraus Brasil, por proferir as seguintes palavras, de forma ofensiva e agressiva: “Porra ta maluco caralho”, motivando a sua expulsão, de forma direta, aos 47’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

________________________________________________________________________________________________

AUTOS N°.548/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. JOSÉ ALVACIR GUIMARÃES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B- ADULTO- 2015

JOGO: SOBI SÃO BRAZ X UNIÃO VILA SANDRA EC

DATA: 26/09/2015

DENUNCIADO (S):

CELSO LUIS FARIAS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. HENRIQUE CARDOSO DOS SANTOS

1° DENUNCIADO: CELSO LUIS FARIAS, atleta da EPD Vila Sandra EC, Conforme a Súmula da Partida, o atleta CELSO LUÍS FARIAS encontrava-se no banco de reservas de sua equipe, União Vila Sandra,  quando foi excluído da partida, por proferir xingamentos ao Sr. Árbitro, que assim relatou:“EXPULSEI AOS 28 MINUTOS DE JOGO DO BANCO DE RESERVAS O SR. CELSO LUIS FARIAS, DA EQUIPE VILA SANDRA EC, POR RECLAMAR COM ESTE ÁRBITRO DIZENDO: ‘TÁ DE BRINCADEIRA, COMEÇOU A PALHAÇADA, NÃO FOI NADA’. APÓS EXPULSO SAIU SEM RECLAMAR. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo artigo 258, §2º, inciso II, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

AUTOS N°.551/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B- JUVENIL- 2015

JOGO: YPIRANGA FC X CAXIAS FC

DATA: 10/10/2015

DENUNCIADO (S):

MARCOS A. VIEIRA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: MARCOS A. VIEIRA, técnico da equipe do YPIRANGA F.C., foi expulso aos 47’ de partida por reclamar de forma acintosa das decisões do trio de arbitragem . Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 258, §2.° inciso II, do CBJD.

 

AUTOS N°.554/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

CAMPEONATO TAÇA FPF- PROFISSIONAL- 2015

JOGO: MARINGÁ FC X CIANORTE FC

DATA: 11/10/2015       

DENUNCIADO (S):

MARCO AURÉLIO DO AMARAL

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: MARCO AURÉLIO DO AMARAL, arbitro assistente credenciado nesta Federação Paranaense de Futebol, por não comparecer na partida em questão, sendo substituído pelo 4.° arbitro. Por assim agir, a equipe denunciada incorre na sanção prevista no art. 261-A, §1.°, inciso II, do CBJD.

 

AUTOS N°.557/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATTO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- MASTER- 2015

JOGO: U. CAPÃO RASO FC X URE SANTA QUITÉRIA

DATA: 11/09/2015       

DENUNCIADO (S):

LAURO G. FIALHO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO AUGUSTO ANGIOLETTI

1° DENUNCIADO LAURO G. FIALHO, atleta da equipe UN. Capão Raso FC, conforme a súmula sua expulsão, ao término do 1° (primeiro) tempo de jogo, dirigiu-se até a equipe de arbitragem e proferiu xingamentos, quais sejam:

“Vocês são tudo um bostas! Vai se ferrar! Só fazem cagada! Vão tomar no cú!”. A condutas do atleta denunciado enquadra-se no disposto do artigo 258, § 2°, inciso II do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, devendo ser apenado de acordo com as sanções do referido dispositivo.

 

AUTOS N°.563/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- MASTER- 2015

JOGO: CA BAIRRO ALTO X EC SERGIPE

DATA: 13/09/2015

DENUNCIADO (S):

MARCIO L. PREISNER

ADILSON A. FERNANDES

GUILHERME A. PERATZ

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RAFAEL FABRICIO DE MELLO

1° DENUNCIADO: MARCIO L. PREISNER, Atleta da EPD CA BAIRRO ALTO, inscrito no BID sob o n° 0001, por ter, aos 27 minutos de jogo, tentado atingir atleta adversário com um tapa no rosto. O denunciado foi EXPULSO DIRETAMENTE. Por assim agir, incorreu o denunciado nas sanções previstas no artigo 254-A do CBJD.

2° DENUNCIADO: GUILHERME A. PERATZ, Atleta da EPD EC SERGIPE, inscrito no BID sob o n° 0085, por ter, aos 27 minutos de jogo, tentado atingir atleta adversário com um chute na perna. O denunciado foi EXPULSO DIRETAMENTE. Por assim agir, incorreu o denunciado nas sanções previstas no artigo 254-A do CBJD.

 

Publicação: 30/10/2015 às 16:13