Sessão: Quarta-feira, 04 de novembro de 2015

.: Decisão 3ª Comissão Disciplinar - 04 de novembro de 2015 :.

3° COMISSÃO DISCIPLINAR

ATA DA SESSÃO DO DIA 04 DE NOVEMBRO DE 2.015

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 099/2015

Ao quarto dia do mês de novembro do ano de dois mil e quinze, às dezenove horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná localizada na Avenida República Argentina, 2153, bairro Portão, Curitiba, Paraná, reuniram-se os Auditores Membros da 3° Comissão Disciplinar deste Tribunal, Jose Alvacir Guimaraes – Vice-Presidente da Comissão, Mauro Ribeiro Borges, Carlos Alberto Zitta. Estando ausente Irineu Toninello, Humberto Ciccarino Filho, ambos com ausência justificada. Presente o Procurador Geral, Daniel Andreatta. Havendo quorum legal, passou-se a pauta, observando-se os pedido de preferência, na ordem adiante transcrita:

AUTOS N°.515/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

OFÍCIO 24/2015

DENUNCIADO (S):

CASCAVEL CR

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: CASCAVEL CR, entidade de Prática Desportiva, porque a equipe Denunciada não efetuou os pagamentos de multas aplicadas nos autos de n.° 118/2015 e 220/2015 por este E. Tribunal de Justiça Desportiva, nos respectivos valores: R$ 200,00 (INADIMPLEMENTO); R$ 1.500,00 (artigo 191, III do CBJD em 25/08/2015). Desta forma, por infringir disposto acima mencionado, a equipe incorre na sanção prevista no  artigo 223, do CBJD.

OBSERVAÇÕES:

Defensor (a): EDUARDO VARGAS

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

CASCAVEL CR: POR UNANMIDADE, ABSOLVIDO.

 

AUTOS N°.521/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATTO

OFÍCIO 31/2015

DENUNCIADO (S):

GRÊMIO RECREATIVO ESPORTIVO CAMPO LARGO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: GRÊMIO RECREATIVO ESPORTIVO CAMPO LARGO, entidade de prática desportiva, por não recolher aos cofres da Tesouraria da Federação Paranaense de Futebol, no prazo fixado, as multas estabelecidas nos processos nºs: (a) 151/2015; (b) 154/2015; (c) 173/2015; e (d) 213/2015, conforme circular nº 31/2015, em anexo, de lavra da Tesouraria da Federação Paranaense de Futebol. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 223, por 4 (quatro) vezes, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações: OITIVA DO SR HAROLDO WOHL – DIRETOR DA EQUIPE DENUNCIADA. PROCUDORIA REQUER LAVRATURA DE ACORDÃO.

Defensor (a): EDUARDO VARGAS

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

GRÊMIO RECREATIVO ESPORTIVO CAMPO LARGO: POR MAIORIA, MULTA NO VALOR DE R$ 500,00 (QUINHENTOS REAIS) A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF POR INFRINGIR O ARTIGO 223 DO CBJD.

 

AUTOS N°.530/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATO

OFÍCIO 35/2015

DENUNCIADO (S):

S B E RIO NEGRO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI

1° DENUNCIADO: S B E RIO NEGRO, entidade de Prática Desportiva, porque a equipe Denunciada não efetuou os pagamentos de multas aplicadas nos autos de n.° 98/2015, 174/2015, 219/2015 e 317/2015 por este E. Tribunal de Justiça Desportiva. Por assim agir, incorre nas sanções previstas nos artigos 184 e 223 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações: PROCURADORIA REQUER LAVRATURA DE ACORDÃO;.

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

S B E RIO NEGRO: POR MAIORIA, MULTA NO VALOR DE R$ 500,00 (QUINHENTOS REAIS) A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF POR INFRINGIR O ARTIGO 223 DO CBJD.

 

 AUTOS N°. 533/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATTO

OFÍCIO 36/2015

DENUNCIADO (S):

SR OLYMPIQUE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI

1° DENUNCIADO: SR OLYMPIQUE, entidade de Prática Desportiva, porque a equipe Denunciada não efetuou os pagamentos de multas aplicadas nos autos de n.° 55/2015 por este E. Tribunal de Justiça Desportiva. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 223 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:

Defensor (a):

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

SR OLYMPIQUE: POR MAIORIA, MULTA NO VALOR DE R$ 200,00 (DUZENTOS REAIS) A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF POR INFRAÇÃO AO ARTIGO 223 DO CBJD.

AUTOS N°.536/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. CARLOS ALBERTO ZITTA

OFÍCIO 38/2015

DENUNCIADO (S):

SPORT CLUB SÃO JOSÉ

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI

1° DENUNCIADO: SPORT CLUB SÃO JOSÉ, entidade de Prática Desportiva, porque a equipe Denunciada não efetuou os pagamentos de multas aplicadas nos autos de n.° 115/2015, 133/2015, 148/2015, 153/2015, 194/2015, 197/2015, 209/2015, 211/2015 e 214/2015 por este E. Tribunal de Justiça Desportiva. Por assim agir, incorre nas sanções previstas nos artigos 184 e 223 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações: PROCURADORIA REQUER LAVRATURA DE ACORDÃO.

Defensor (a): EDUARDO VARGAS

DECISÃO DA 3º C.D.:

SPORT CLUB SÃO JOSÉ: POR MAIORIA, MULTA NO VALOR DE R$ 500,00 (QUINHENTOS REAIS) A SER RECOLHIDA EM 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF POR INFRAÇÃO AO ARTIGO 184 E ARTIGO 223 AMBOS DO CBJD.

AUTOS N°. 539/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

OFÍCIO 30/2015- FPF

DENUNCIADO (S):

FRANCISCO BELTRÃO FC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: FRANCISCO BELTRÃO FC, entidade de prática desportiva, por não recolher aos cofres da Tesouraria da Federação Paranaense de Futebol, no prazo fixado, as multas estabelecidas nos processos nºs: (a) 24/2015; (b) 30/2015; (c) 57/2015; (d) 83/2015; (e) 87/2015; (f) 101/2015; (g) 160/2015; (h) 192/2015 e (i) 268/2015, conforme circular nº 30/2015, em anexo, de lavra da Tesouraria da Federação Paranaense de Futebol. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 223, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO DA 3º C.D.:

FRANCISCO BELTRÃO FC: POR UNANIMIDADE, MULTA NO VALOR DE R$ 1.000,00 (HUM MIL REAIS) A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF POR INFRINGIR O ARTIGO 223 DO CBJD.

 

AUTOS N°.542/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

OFÍCIO  37/2015

DENUNCIADO (S):

SE PLATINENSE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI

1° DENUNCIADO: SE PLATINENSE, entidade de Prática Desportiva, porque a equipe Denunciada não efetuou os pagamentos de multas aplicadas nos autos de n.° 651/2013, 417/2013, 546/2013, 570/2013, 555/2013, 546/2013, 517/2013, 426/2013, 475/2013, 353/2013, 483/2013, 478/2013, 598/2013, 460/2013, 608/2013, 448/2013, 699/2013 e 693/2013  por este E. Tribunal de Justiça Desportiva. Por assim agir, incorre nas sanções previstas nos artigos 184 e 223 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO DA 3º C.D.:

SE PLATINENSE: POR UNANIMIDADE, MULTA NO VALOR DE R$ 1.000,00 (HUM MIL REAIS) A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF POR INFRINGIR O ARTIGO 223 DO CBJD.

_________________________________________________________________________

AUTOS N°.545/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATTO

CAMPEONATO TAÇA FOF- PROFISSIONAL- 2015

JOGO: TOLEDO CW X ANDRAUS BRASIL

DATA: 26/09/2015

DENUNCIADO (S):

JOEL I. BREGONIS MUNDO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: JOEL I. BREGONIS MUNDO, atleta com registro na CBF sob o nº 511805, integrante da entidade de prática desportiva Andraus Brasil, por proferir as seguintes palavras, de forma ofensiva e agressiva: “Porra ta maluco caralho”, motivando a sua expulsão, de forma direta, aos 47’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações: PROCURADORIA REQUER LAVRATURA DE ACORDÃO.

Defensor (a):

DECISÃO DA 3º C.D.:

JOEL I. BREGONIS MUNDO: POR MAIORIA, ABSOLVIDO.

_____________________________________________________________________________

AUTOS N°.548/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. CARLOS ALBERTO ZITTA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B- ADULTO- 2015

JOGO: SOBI SÃO BRAZ X UNIÃO VILA SANDRA EC

DATA: 26/09/2015

DENUNCIADO (S):

CELSO LUIS FARIAS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. HENRIQUE CARDOSO DOS SANTOS

1° DENUNCIADO: CELSO LUIS FARIAS, atleta da EPD Vila Sandra EC, Conforme a Súmula da Partida, o atleta CELSO LUÍS FARIAS encontrava-se no banco de reservas de sua equipe, União Vila Sandra,  quando foi excluído da partida, por proferir xingamentos ao Sr. Árbitro, que assim relatou:“EXPULSEI AOS 28 MINUTOS DE JOGO DO BANCO DE RESERVAS O SR. CELSO LUIS FARIAS, DA EQUIPE VILA SANDRA EC, POR RECLAMAR COM ESTE ÁRBITRO DIZENDO: ‘TÁ DE BRINCADEIRA, COMEÇOU A PALHAÇADA, NÃO FOI NADA’. APÓS EXPULSO SAIU SEM RECLAMAR. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo artigo 258, §2º, inciso II, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

DECISÃO DA 3º C.D.:

CELSO LUIS FARIAS:POR MAIORIA, SUSPENSÃO DE UMA PARTIDA.

______________________________________________________________________________

AUTOS N°.551/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B- JUVENIL- 2015

JOGO: YPIRANGA FC X CAXIAS FC

DATA: 10/10/2015

DENUNCIADO (S):

MARCOS A. VIEIRA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: MARCOS A. VIEIRA, técnico da equipe do YPIRANGA F.C., foi expulso aos 47’ de partida por reclamar de forma acintosa das decisões do trio de arbitragem . Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no art. 258, §2.° inciso II, do CBJD.

 

Observações:

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

DECISÃO DA 3º C.D.:

MARCOS A. VIEIRA: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

__________________________________________________________________________

AUTOS N°.554/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATO

CAMPEONATO TAÇA FPF- PROFISSIONAL- 2015

JOGO: MARINGÁ FC X CIANORTE FC

DATA: 11/10/2015       

DENUNCIADO (S):

MARCO AURÉLIO DO AMARAL

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: MARCO AURÉLIO DO AMARAL, arbitro assistente credenciado nesta Federação Paranaense de Futebol, por não comparecer na partida em questão, sendo substituído pelo 4.° arbitro. Por assim agir, a equipe denunciada incorre na sanção prevista no art. 261-A, §1.°, inciso II, do CBJD.

 

Observações: PROCURADORIA REQUER LAVRATURA DE ACORDÃO.

Defensor (a): EDUARDO VARGAS

DECISÃO DA 3º C.D.:

MARCO AURÉLIO DO AMARAL: POR MAIORIA, QUINZE DIAS DE SUSPENSÃO

AUTOS N°.557/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. CARLOS ALBERTO ZITTA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- MASTER- 2015

JOGO: U. CAPÃO RASO FC X URE SANTA QUITÉRIA

DATA: 11/09/2015       

DENUNCIADO (S):

LAURO G. FIALHO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO AUGUSTO ANGIOLETTI

1° DENUNCIADO LAURO G. FIALHO, atleta da equipe UN. Capão Raso FC, conforme a súmula sua expulsão, ao término do 1° (primeiro) tempo de jogo, dirigiu-se até a equipe de arbitragem e proferiu xingamentos, quais sejam:

“Vocês são tudo um bostas! Vai se ferrar! Só fazem cagada! Vão tomar no cú!”. A condutas do atleta denunciado enquadra-se no disposto do artigo 258, § 2°, inciso II do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, devendo ser apenado de acordo com as sanções do referido dispositivo.

 

Observações: OITIVA DO DELEGADO DA PARTIDA SR. RODRIGO DANIELEWICZ KRUGER.

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

DECISÃO DA 3º C.D.:

LAURO G. FIALHO:POR UNANIMIDADE, SUSPENSÃO DE UMA PARTIDA POR INFRAÇÃO AO ARTIGO 258 §2º, II DO CBJD.

______________________________________________________________________________

AUTOS N°.563/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- MASTER- 2015

JOGO: CA BAIRRO ALTO X EC SERGIPE

DATA: 13/09/2015

DENUNCIADO (S):

MARCIO L. PREISNER

GUILHERME A. PERATZ

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RAFAEL FABRICIO DE MELLO

1° DENUNCIADO: MARCIO L. PREISNER, Atleta da EPD CA BAIRRO ALTO, inscrito no BID sob o n° 0001, por ter, aos 27 minutos de jogo, tentado atingir atleta adversário com um tapa no rosto. O denunciado foi EXPULSO DIRETAMENTE. Por assim agir, incorreu o denunciado nas sanções previstas no artigo 254-A do CBJD.

2° DENUNCIADO: GUILHERME A. PERATZ, Atleta da EPD EC SERGIPEBAIRRO ALTO, inscrito no BID sob o n° 0085, por ter, aos 27 minutos de jogo, tentado atingir atleta adversário com um chute na perna. O denunciado foi EXPULSO DIRETAMENTE. Por assim agir, incorreu o denunciado nas sanções previstas no artigo 254-A do CBJD.

Observações: PROCURADORIA REQUER LAVRATURA DE ACORDÃO.

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

DECISÃO DA 3º C.D.:

MARCIO L. PREISNER: POR MAIORIA, ABSOLVIDO.

GUILHERME A. PERATZ: POR MAIORIA, ABSOLVIDO.

_____________________________________________________________________________

Nada mais havendo a tratar, o Presidente encerrou a sessão, agradecendo a presença de todos, sendo lavrada a presente ata que, lida e aprovada pelos demais auditores, vai assinada pelo Presidente e por mim, Amanda Antunes Vasconcellos, Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná.

                                                      Curitiba/PR, 04 de Novembro de 2.015.

JOSE ALVACIR GUIMARAES

Vice - Presidente da Terceira Comissão Disciplinar

 

AMANDA ANTUNES VASCONCELLOS

Secretaria do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná




Referências:

30/10/2015 - Pauta 3ª Comissão Disciplinar- 04 de Novembro de 2015
Publicação: 04/11/2015 às 19:41