Sessão: Quinta-feira, 26 de novembro de 2015

.: Decisão 3ª Comissão Disciplinar - 25 de novembro de 2015 :.

 

3° COMISSÃO DISCIPLINAR

ATA DA SESSÃO DO DIA 26 DE NOVEMBRO DE 2.015

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 108/2015

Ao vigésimo quinto dia do mês de novembro do ano de dois mil e quinze, às dezenove horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná localizada na Avenida República Argentina, 2153, bairro Portão, Curitiba, Paraná, reuniram-se os Auditores Membros da 3° Comissão Disciplinar deste Tribunal, Irineu Toninello –Presidente da Comissão, Mauro Ribeiro Borges, Samuel Torquato, Humberto Ciccarino Filho. Estando ausente Jose Alvacir Guimaraes, com ausência justificada. Presente o Procurador Bruno Cavalcante. Havendo quorum legal, passou-se a pauta, observando-se os pedido de preferência, na ordem adiante transcrita:

AUTOS N°. 629/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATTO

OFÍCIO 28/2015- FPF

DENUNCIADO (S):

COLORADO ATLETICO CLUBE

MARI SILVIA PANZELLI

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO AUGUSTO ANGIOLETTI

1° DENUNCIADO: COLORADO ATLETICO CLUBE, EPD, conforme se do Ofício 27/2015, tiveram imputadas contra si, nos Autos n.° 130/2015 pela infração ao artigo 254 §1, I e II do CBJD, com pena pecuniária arbitrada em R$ 500,00 (quinhentos reais), Autos n.° 136/2015 pela infração ao artigo 214 CBJD, pena pecuniária arbitrada em R$ 1.320,00 (hum mil, trezentos e vinte reais), Autos n.° 159/2015 pela infração aos artigos 191, III, §2º, 214, § 1º, 2º e 3º. 191, III do CBJD, pena pecuniária arbitrada em R$ 1.000,00 (hum mil reais) e Autos n.° 296/2015 pela infração ao artigo 191 do CBJD pena pecuniária arbitrada em R$ 300,00 (trezentos reais), todas com prazo para pagamento de 5 (cinco) dias após a intimação das decisôes. As referidas multas pecuniárias que não foram quitadas nas datas definidas nos acórdãos do Egrégio Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná. Por assim agir, incorre nas sanções previstas nos artigos 223 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: MARI SILVIA PANZELLI, presidente da EPD COLORADO ATLETICO CLUBE, conforme se do Ofício 27/2015, tiveram imputadas contra si, nos Autos n.° 130/2015 pela infração ao artigo 254 §1, I e II do CBJD, com pena pecuniária arbitrada em R$ 500,00 (quinhentos reais), Autos n.° 136/2015 pela infração ao artigo 214 CBJD, pena pecuniária arbitrada em R$ 1.320,00 (hum mil, trezentos e vinte reais), Autos n.° 159/2015 pela infração aos artigos 191, III, §2º, 214, § 1º, 2º e 3º. 191, III do CBJD, pena pecuniária arbitrada em R$ 1.000,00 (hum mil reais) e Autos n.° 296/2015 pela infração ao artigo 191 do CBJD pena pecuniária arbitrada em R$ 300,00 (trezentos reais), todas com prazo para pagamento de 5 (cinco) dias após a intimação das decisôes. As referidas multas pecuniárias que não foram quitadas nas datas definidas nos acórdãos do Egrégio Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná. Por assim agir, incorre nas sanções previstas nos artigos 223 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Defensor (a):

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

COLORADO ATLETICO CLUBE: POR UNANIMIDADE, MULTA NO VALOR DE R$ 150,00 (CENTO E CINQUENTA REAIS) A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF, POR INFRAÇÃO AO ARTIGO 223 DO CBJD.

MARI SILVIA PANZELLI: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

 

AUTOS N°. 632/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. JOSÉ ALVACIR GUIMARÃES

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL-SUB 19- 2015

JOGO: CORITIBA FC X PARANÁ CLUBE

DATA: 29/10/2015

DENUNCIADO (S):

VITOR CARVALHO VIEIRA

CORITIBA FC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: VITOR CARVALHO VIEIRA, atleta com registro CBF sob nº 392746, integrante da entidade de prática desportiva Coritiba FC, por derrubar seu adversário com o pé, na disputa de bola, motivando sua expulsão, por dupla advertência, aos 74’00”” da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 250, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: CORITIBA FC, entidade de prática desportiva, por deixar de cumprir o artigo 13, do Regulamento da Competição, eis que não havia policiamento na partida, nem mesmo há prova da solicitação formal do policiamento, já que o pedido constante dos autos não possui a devida comprovação de recebimento pela Polícia Militar. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 191, III, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:

Defensor (a): ITAMAR CORTES

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

VITOR CARVALHO VIEIRA: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

CORITIBA FC: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

AUTOS N°.635/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL SÉRIE B- JUVENIL- 2015

JOGO: GP GENTE DA GENTE X YPIRANGA FC

DATA: 17/10/2015

DENUNCIADO (S):

LUAN PATRICK MAROCHI

JOHNATTAN FRANÇA SOARES

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO AUGUSTO ANGIOLETTI

1° DENUNCIADO: LUAN PATRICK MAROCHI, atleta com registro na CBF nº 507255, integrante da entidade de prática desportiva GP Gente da Gente, por, após encostar sua cabeça, encarando o atleta adversário Johnattan F. Soares, dar empurrões com os braços na altura do peito do mesmo atleta adversário, motivando sua expulsão, de forma direta, aos 79’00” de partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva

2° DENUNCIADO: JOHNATTAN FRANÇA SOARES, atleta com registro na CBF nº 532272, integrante da entidade de prática desportiva Ypiranga FC, por por, após encostar sua cabeça, encarando o atleta adversário Luan P. Marochi, dar empurrões com os braços na altura do peito do mesmo atleta adversário, motivando sua expulsão, de forma direta, aos 79’00” de partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

LUAN PATRICK MAROCHI: POR MAIORIA, ABSOLVIDO.

 

JOHNATTAN FRANÇA SOARES: POR MAIORIA, ABSOLVIDO.

 

 AUTOS N°. 638/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

OFÍCIO FPF 27/2015- FPF

DENUNCIADO (S):

CA BOQUEIRÃO

ANTÔNIO CARLOS WALTER 

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO AUGUSTO ANGIOLETTI

1° DENUNCIADO: CA BOQUEIRÃO, EPD, conforme se do Ofício 27/2015, tiveram imputadas contra si, nos autos n.° 177/205, pela infração aos artigos 191, III e 214 c/c 184, com pena pecuniária arbitrada em R$ 200,00 (duzentos reais), nos autos n.° 291/2015 pela infração ao artigo 191, III CBJD, com pena arbitrada em R$ 50,00 (cinquenta reais), e nos autos n.° 320/2015, pela infração ao artigo 191, III CBJD, com pena pecuniária arbitrada em R$ 300,00 (trezentos reais), todas com prazo para pagamento de 5 (cinco) dias após a intimação das decisôes. As referidas multas pecuniárias que não foram quitadas nas datas definidas nos acórdãos do Egrégio Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná. Por assim agir, incorre nas sanções previstas nos artigos 223 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: ANTÔNIO CARLOS WALTER, presidente da EPD CA BOQUEIRÃO, conforme se do Ofício 27/2015, tiveram imputadas contra si, nos autos n.° 177/205, pela infração aos artigos 191, III e 214 c/c 184, com pena pecuniária arbitrada em R$ 200,00 (duzentos reais), nos autos n.° 291/2015 pela infração ao artigo 191, III CBJD, com pena arbitrada em R$ 50,00 (cinquenta reais), e nos autos n.° 320/2015, pela infração ao artigo 191, III CBJD, com pena pecuniária arbitrada em R$ 300,00 (trezentos reais), todas com prazo para pagamento de 5 (cinco) dias após a intimação das decisôes. As referidas multas pecuniárias que não foram quitadas nas datas definidas nos acórdãos do Egrégio Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná. Por assim agir, incorre nas sanções previstas nos artigos 223 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

CA BOQUEIRÃO: POR UNANIMIDADE, MULTA NO VALOR DE R$ 150,00 (CENTO E CINQUENTA REAIS) A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF, POR INFRAÇÃO AO ARTIGO 223 DO CBJD.

ANTÔNIO CARLOS WALTER: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

AUTOS N°.641/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATTO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL MASTER- 2015

JOGO: CA BAIRRO ALTO X SRE BANGU

DATA: 04/10/2015

DENUNCIADO (S):

CA BAIRRO ALTO

SRE BANGU

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO AUGUSTO ANGIOLETTI

1° DENUNCIADO: CA BAIRRO ALTO , a equipe atrasou 6 (seis) minutos para a entrada em campo. O atraso também decorreu da equipe mandante não possuir o segundo uniforme, e o árbitro não pôde iniciar a partida tendo em vista que os uniformes eram praticamente idênticos. Diante disto, o início do jogo atrasou 19 (dezenove) minutos. A equipe mandante não entregou o Ofício de policiamento, conforme Súmula e RDJ. A conduta da equipe denunciada enquadram-se no disposto do artigo 191, inciso III do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, cumuladas com o artigo 206 do CBJD, devendo ser apenadas de acordo com as sanções do referido dispositivo.

2° DENUNCIADO: SRE BANGU, a equipe atrasou 10 (dez) minutos para a entrada em campo. A conduta da equipe denunciada enquadram-se no disposto do artigo 191, inciso III do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, cumuladas com o artigo 206 do CBJD, devendo ser apenadas de acordo com as sanções do referido dispositivo.

Observações:

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

DECISÃO DA 3º C.D.:

CA BAIRRO ALTO: POR MAIORIA, MULTA NO VALOR R$ 250,00 (DUZENTOS E CINQUENTOS REAIS) A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF.

SRE BANGU: POR MAIORIA, MULTA NO VALOR R$ 250,00 (DUZENTOS E CINQUENTOS REAIS) A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF.

 

_____________________________________________________________________________

Nada mais havendo a tratar, o Presidente encerrou a sessão, agradecendo a presença de todos, sendo lavrada a presente ata que, lida e aprovada pelos demais auditores, vai assinada pelo Presidente e por mim, Amanda Antunes Vasconcellos, Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná.

                                                      Curitiba/PR, 25 de Novembro de 2.015.

IRINEU TONINELLO

Presidente da Terceira Comissão Disciplinar

 

AMANDA ANTUNES VASCONCELLOS

Secretaria do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná




Referências:

20/11/2015 - Pauta 3ª Comissão Disciplinar- 25 de Novembro de 2015
Publicação: 26/11/2015 às 16:46