Sessão: Quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

.: Decisão 3ª Comissão Disciplinar - Dia 09 de dezembro de 2015 :.

 

3° COMISSÃO DISCIPLINAR

ATA DA SESSÃO DO DIA 09 DE DEZEMBRO DE 2.015

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 114/2015

Ao nono dia do mês de dezembro do ano de dois mil e quinze, às dezenove horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná localizada na Avenida República Argentina, 2153, bairro Portão, Curitiba, Paraná, reuniram-se os Auditores Membros da 3° Comissão Disciplinar deste Tribunal, Irineu Toninello –Presidente da Comissão, Mauro Ribeiro Borges, Samuel Torquato, Humberto Ciccarino Filho. Estando ausente Jose Alvacir Guimaraes, com ausência justificada. Presente o Procurador Bruno Cavalcante. Havendo quorum legal, passou-se a pauta, observando-se os pedido de preferência, na ordem adiante transcrita:

AUTOS N°. 671/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- MASTER- 2015

JOGO: UNIÃO CAPÃO RASO X SBE RIO NEGRO

DATA: 15/11/2015

DENUNCIADO (S):

LEANDRO RABELO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI CORREA

1° DENUNCIADO: LEANDRO RABELO, atleta da EPD SBE RIO NEGRO, por haver se dirigido ao apitador, após ser expulso da partida (por dupla advertência), com as seguintes palavras: seu filha da puta, você tá armando pra nós, seu ladrão tá de sacanagem. Infringindo consequentemente as letras Código Brasileiro de Justiça Desportiva, especificamente no que descreve o artigo 258, § 2º, II.

Defensor (a):

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

LEANDRO RABELO: POR UNANIMIDADE, APENADO O ATLETA COM 01 (UMA) PARTIDA DE SUSPENSÃO.

 

 

AUTOS N°. 674/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SERIE A- JUVENIL- 2015

JOGO: URE SANTA QUITÉRIA X TRIESTE FC

DATA: 31/10/2015

DENUNCIADO (S):

ALEXANDRE GONZALES FOGAGNALI

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: ALEXANDRE GONZALES FOGAGNALI, Relatou ainda o Sr. Arbitro,que aos 3 minutos do segundo tempo, excluiu do banco de reservas do Santa Quitéria, o Sr. ALEXANDRE GONZALES FOGAGNALI, técnico da equipe do Santa Quitéria, por reclamar insistentemente das decisões da arbitragem. Os atos praticados pelo denunciado caracterizam infração ao disposto no artigo 258-A §2º, II do CBJD.

 

Observações:

Defensor (a):

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

ALEXANDRE GONZALES FOGAGNALI: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

AUTOS N°.677/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATTO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL SÉRIE A- ADULTO- 2015

JOGO: URE SANTA QUITÉRIA X TRIESTE FC

DATA: 31/10/2015

DENUNCIADO (S):

LEANDRO RICARDO CHIBIOR

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: LEANDRO RICARDO CHIBIOR, O Sr. árbitro relatou que aos 31 minutos do primeiro tempo, a Torcida do SANTA QUITÉRIA  lançou um sinalizador ao gramado, não atingindo nenhum atleta ou membro da arbitragem. Relatou ainda que o gramado estava em péssimas condições. Por fim relatou ainda o Sr. Arbitro,que aos 3 minutos do segundo tempo, excluiu do banco de reservas do Santa Quitéria, o Sr. Leandro Ricardo, técnico da equipe do Santa Quitéria, por proferir as seguintes palavras: “apita essa porra direito, só para  eles porra” e ainda aplaudiu de forma irônica. Os atos perpetrados pelo primeiro Denunciado, caracterizam infração ao disposto no artigo 213, III do CBJD. Diante da constatação inequívoca efetivada pelo árbitro acerca das péssimas condições do gramado, o primeiro denunciado deixou de manter o local indicado para a partida com infraestrutura mínima, cometendo, por conseguinte, infração prevista no artigo 211 do CBJD. Os atos praticados pelo segundo denunciado caracterizam infração ao disposto no artigo 258-A §2º, II do CBJD.

Observações: RETORNAR OS AUTOS A SECRETARIA PARA REGULAR INTIMAÇÃO DA EQUIPE URE SANTA QUITÉRIA

Defensor (a):

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

LEANDRO RICARDO CHIBIOR: POR MAIORIA PENA DE 01 PARTIDA DE SUSPENSÃO

 

AUTOS N°. 680/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. JOSÉ ALVACIR GUIMARÃES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL SÉRIE B- JUVENIL- 2015

JOGO: UNIÃO AHÚ FC X CA BAIRRO ALTO

DATA: 07/11/2015

DENUNCIADO (S):

EDSON DE OLIVEIRA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: EDSON DE OLIVEIRA, relatou o Sr. Arbitro, que após o término da partida, o Sr. Edson de Oliveira, auxiliar técnico da equipe do UNIÃO AHU FC, proferiu as seguintes palavras: “você é muito fraco! Você acabou com a partida! Por sua causa vamos perder a bonificação.” Os atos praticados pelo denunciado caracterizam infração ao disposto no artigo 258-A §2º, II do CBJD.

Observações:

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

EDSON DE OLIVEIRA: POR UNANIMIDADE ABSOLVIDO.

 

AUTOS N°.683/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL SÉRIE B- ADULTO- 2015

JOGO: VASCO DA GAMA FC X IMPERIAL FC

DATA: 07/11/2015

DENUNCIADO (S):

VASCO DA GAMA FC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: VASCO DA GAMA FC, Em seu relatório, o Sr. Árbitro atestou que vestiário não tinha luz e não havia chuveiro com água quente. Diante da constatação inequívoca efetivada pelo árbitro acerca das irregularidades e condições do vestiário dos árbitros, o denunciado deixou de manter o local indicado para a partida com infraestrutura mínima, cometendo, por conseguinte, infração prevista no artigo 211 do CBJD.

Observações:.

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

VASCO DA GAMA FC: POR UNANIMIDADE ABSOLVIDO.

 

 ­­­­­­­­­­­­­­­AUTOS N°.686/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL SÉRIE B- JUVENIL- 2015

JOGO: CA BAIRRO ALTO X CAXIAS FC

DATA: 28/11/2015

DENUNCIADO (S):

PAULO R. DE OLIVEIRA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: PAULO R. DE OLIVEIRA, técnico integrante da entidade de prática desportiva Caxias FC, por proferir as seguintes palavras contra o árbitro da partida: “to de saco cheio de você; você não apita nada”, motivando a sua expulsão, aos 77’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

PAULO R. DE OLIVEIRA: POR MAIORIA, ABSOLVIDO.

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­AUTOS N°.689/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATTO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL SÉRIE B- JUVENIL- 2015

JOGO: GP GENTE DA GENTE X CAXIAS FC

DATA: 07/11/2015

DENUNCIADO (S):

JOÃO LUCAS VIEIRA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODOLFFO GARDINI FAGUNDES

1° DENUNCIADO: JOÃO LUCAS VIEIRA, Quanto ao Denunciado acima indicado, Sr. JOÃO LUCAS VIEIRA, atleta da EPD GP Gente da Gente, enquadra-se em conduta tipificada no CBJD, devendo sofrer as sanções adequadas ao seu ato infracional. O Denunciado, conforme se extrai da Súmula do jogo e RDJ, foi expulso de campo de forma direta aos 71 minutos de jogo por agredir adversário com um chute. Assim, relatou o árbitro, na súmula: “Aos 71 minutos do segundo tempo (sic), expulsei o jogador nº 05, senhor João Lucas Vieira, da equipe GP Gente da Gente, por dar um chute na canela do adversário, com uso de força excessiva, na disputa de bola.” (grifo nosso). No mesmo sentido foi o relato do RDJ, prestado pelo Delegado da partida: “Expulso atleta nº 05 João Lucas Vieira (507697), por desferir pontapé em adversário, ...” (grifo nosso). Resta claro pelos relatos do Árbitro e Delegado da Partida na Súmula e no RDJ, respectivamente, que o Denunciado praticou uma agressão física contra adversário. Um pontapé na canela de adversário não pode ser interpretado como mero ato hostil ou ainda jogada violenta. O ato aqui denunciado constitui-se, claramente, em agressão física passível de punição. E, constituindo-se em agressão física e configurada a conduta típica, o Denunciado deve sofrer as sanções previstas no artigo 254-A, §1º, I e II do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:

Defensor (a): EDUARDO VARGAS

DECISÃO DA 3º C.D.:

JOÃO LUCAS VIEIRA: POR UNANIMIDADE CONDENADO A 1 (UMA) PARTIDA DE SUSPENSÃO PELO ARTIGO 254-A,§1º, I E II.

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­AUTOS N°.692/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. JOSÉ ALVACIR GUIMARÃES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL SÉRIE A- JUVENIL- 2015

JOGO: OPERÁRIO PILARZINHO SC X CA NACIONAL

DATA: 07/11/2015

DENUNCIADO (S):

OPERÁRIO PILARZINHO SC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI

1° DENUNCIADO: OPERÁRIO PILARZINHO SC , haja vista que constou no RDJ, que restou apresentado apenas 01 bola com a marca da patrocinadora exclusiva  da FPF. Por assim agir, incorreu o denunciado nas sanções previstas no artigo 22 do Regulamento Geral da Competição e ao artigo 191, III do CBJD.

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

DECISÃO DA 3º C.D.:

OPERÁRIO PILARZINHO SC: POR UNANIMIDADE, MULTA NO VALOR DE R$ 100,00 (CEM REAIS) A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF.

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­AUTOS N°.695/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL SÉRIE A- ADULTO- 2015

JOGO: ACE URANO X CA NACIONAL

DATA: 07/11/2015

DENUNCIADO (S):

RICARDO DE ALBUQUERQUE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI

1° DENUNCIADO: RICARDO DE ALBUQUERQUE atleta da EPD CA NACIONAL, expulso diretamente da partida aos 48 minutos do segundo tempo, por haver se dirigido ao árbitro, com as seguintes palavras: “Porra Murilo, marca essa merda de falta, seu fraco, vai tomar no cú porra”  Por assim agir, incorreu o denunciado nas sanções previstas no artigo 258 , §2º II do CBJD.

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO DA 3º C.D.:

RICARDO DE ALBUQUERQUE: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­AUTOS N°.698/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

OFÍCIO FPF 44/2015

DENUNCIADO (S):

SBR OLYMPIQUE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: SBR OLYMPIQUE entidade de Prática Desportiva, por não ter efetuado o pagamento da entrada do parcelamento do ofício de n.° 94/2015, o qual havia sido deferido pelo Egrégio Tribunal de Justiça Desportiva, no valor de R$ 1.705,96 (mil, setecentos e cinco reais e noventa e seis centavos). Desta forma, por infringir disposto acima mencionado, a equipe incorre na sanção prevista no  artigo 223, do CBJD.

Observações:

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

DECISÃO DA 3º C.D.:

SBR OLYMPIQUE: POR UNANIMIDADE, MULTA NO VALOR DE R$200,00 (DUZENTOS REAIS)

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­AUTOS N°.701/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATTO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL SÉRIE A- ADULTO- 2015

JOGO: ABE NOVO MUNDO FC X URE SANTA QUITÉRIA

DATA: 21/11/2015

DENUNCIADO (S):

MURIEL F. D. SANTOS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: MURIEL F. D. SANTOS,  atleta da equipe do ABE NOVO MUNDO F.C., foi expulso direto aos 49’ por dar um pontapé em seu adversário na altura da perna, na disputa da bola, evitando uma chance clara e manifesta de gol. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no artigo 254, §1.°, inciso II, e 250, §1.°, inciso I, ambos do CBJD.

 

Observações: ACOLHIDA A PRESCRIÇÃO

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

DECISÃO DA 3º C.D.:

MURIEL F. D. SANTOS: POR MAIORIA ABSOLVIDO PELO ARTIGO 254, §1º, INCISO I. E POR UNANIMIDADE ABSOLVIDO PELO ARTIGO 250, §1º, INCISO I.

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­AUTOS N°.704/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. JOSÉ ALVACIR GUIMARÃES

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL SÉRIE A- JUVENIL- 2015

JOGO: SE RENOVICENTE X TRIESTE FC

DATA: 14/11/2015

DENUNCIADO (S):

IGOR R. FELTRIM

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISK

1° DENUNCIADO: IGOR R. FELTRIM, massagista integrante da entidade de prática desportiva SE Renovicente, por proferir as seguintes palavras à equipe de arbitragem “Porra, caralho, tem que usar o mesmo critério, vai se fuder caralho”, motivando a sua expulsão aos 32’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:

Defensor (a): WILLIAN TOHORU HOSAKA

DECISÃO DA 3º C.D.:

THIAGO S. CONSTANTINO: POR UNANIMIDADE, SUSPENSAO DE 1 PARTIDA.

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­AUTOS N°.707/2015 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO PARANANESE DE FUTEBOL SUB 19- 2015

JOGO: FOZ DO IGUAÇU FC X J. MALUCELLI

DATA: 07/10/2015

DENUNCIADO (S):

FOZ DO IGUAÇU FC

DENÚNCIA DA PROCURADOR


Referências:

04/12/2015 - Pauta 3ª Comissão Disciplinar- 09 de Dezembro de 2015
Publicação: 10/12/2015 às 14:54