Sessão: Quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

.: Pauta 1ª Comissão Disciplinar- 29 de Fevereiro de 2016 :.

1ª COMISSÃO DISCIPLINAR

PAUTA DE JULGAMENTO DO DIA 29/02/2016

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 10/2016 

De ordem do Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva Doutor Paulo César Gradela Filho e nos termos dos arts. 45, 46 e seguintes do CBJD, faço  publicar o presente Edital em que são CITADAS E INTIMADAS as partes abaixo nominadas, para  que querendo apresente defesa pessoalmente, ou ainda, se fazer representar por advogado  de  defesa, via procuração expressa, no processo contra elas movido nesta Justiça Desportiva, tornando público através deste Edital, que:

 

No dia 29 DE FEVEREIRO DE 2016 ou na Sessão Subseqüente, a partir das 19:00 horas  (Segunda - Feira), serão julgados na sede do TJD/PR, sito na Avenida República Argentina,2153 – Portão, Curitiba, Paraná, os seguintes processos:

 

AUTOS N°.07/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MARCEL SOUZA DE OLIVEIRA

OFÍCIO FPF 46/2016

DENUNCIADO (S):

ABE FLAMENGO

NORIVAL CUMAN

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. HENRIQUE CARDOSO DOS SANTOS

1° DENUNCIADO: ABE FLAMENGO, EPD, por deixar de recolher aos cofres da FPF as importâncias devidas nos autos 400/2015, caracterizando sua inadimplência. A inadimplência do clube configura infração ao disposto no artigo 223, caput do CBJD.

2° DENUNCIADO: NORIVAL CUMAN, presidente do ABE FLAMENGO, por deixar de recolher aos cofres da FPF as importâncias devidas nos autos 400/2015, caracterizando sua inadimplência. A inadimplência do clube configura infração ao disposto no artigo 223, caput e parágrafo único do CBJD.

 

 AUTOS N°.11/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RAUL CLEI COCCARO SIQUEIRA

CAMPEONATO PARANANESE DE FUTEBOL PROFISSIONAL 1ª DIVISÃO- 2016

JOGO: FC CASCAVEL X PSTC

DATA: 03/02/2016

DENUNCIADO (S):

FC CASCAVEL

FC CASCAVEL

JOSÉ REGINALDO VITAL

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISK

1° DENUNCIADO: FC CASCAVEL, entidade de prática desportiva, por deixar de providenciar as placas de substituições, resultando na ausência de infraestrutura necessária ao evento. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 211, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: FC CASCAVEL, entidade de prática desportiva, por deixar de providenciar o placar de resultados, culminando na ausência de infraestrutura necessária ao evento. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 211, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

3° DENUNCIADO: JOSÉ REGINALDO VITAL, técnico integrante da entidade de prática desportiva PSTC, por proferir as seguintes palavras contra o árbitro da partida: “marca essa filho da puta, foi penalti”, motivando a sua expulsão, aos 84’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

 AUTOS N°.16/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. CARLOS ALBERTO ZITTA

CAMPEONATO PARANANESE DE FUTEBOL PROFISSIONAL 1ª DIVISÃO- 2016

JOGO: J. MALUCELLI X RIO BRANCO

DATA: 04/02/2016

DENUNCIADO (S):

ALLAN AAL

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGONO QUADROS

1° DENUNCIADO: ALLAN AAL, Técnico do Rio Branco, expulso por proferir as seguintes palavras ao seu companheiro de profissão “vai tomar no cu seu velho filho da puta”. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

AUTOS N°.17/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MIGUEL ANGELO RASBOLD

CAMPEONATO PARANANESE DE FUTEBOL PROFISSIONAL 1ª DIVISÃO- 2016

JOGO: TOLEDO CW X FOZ DO IGUAÇU FC

DATA: 31/01/2016

DENUNCIADO (S):

GIOVANO APARECIDO KREOZER

FERNANDO ALVES DA CUNHA

JOSE VALDIR ORTIZ

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGONO QUADROS

1° DENUNCIADO: GIOVANO APARECIDO KREOZER, maqueiro do TOLEDO CW, por soltar de maneira inadequada o atleta do FOZ na maca, gerando um princípio de discussão entre os atletas . Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: FERNANDO ALVES DA CUNHA, maqueiro do TOLEDO CW, por soltar de maneira inadequada o atleta do FOZ na maca, gerando um princípio de discussão entre os atletas . Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

3° DENUNCIADO: JOSE VALDIR ORTIZ, gandula do TOLEDO CW, consta no relatório de gol que o denunciado fou expulso por inadir o campo de jogo. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258-B do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

 

Publicação: 24/02/2016 às 15:50