Sessão: Segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

.: Decisão 1ª Comissão Disciplinar - 29 de fevereiro de 2016 :.

 

1° COMISSÃO DISCIPLINAR

ATA DA SESSÃO DO DIA 29 DE FEVEREIRO DE 2.016

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 010/2016

Ao vigésimo nono dia do mês de fevereiro do ano de dois mil e dezesseis, às dezenove horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná localizada na Avenida República Argentina, 2153, bairro Portão, Curitiba, Paraná, reuniram-se os Auditores Membros da 1° Comissão Disciplinar deste Tribunal, Carlos Alberto Zitta – Presidente em exercício, auditores, Marcel Souza de Oliveira, Raul Clei Coccaro Siqueira, e o procurador Henrique Cardoso dos Santos. Ausência injustificada do auditor Miguel Ângelo Rasbold José Eduardo Quintas de Melo. Havendo quorum legal, passou-se a pauta, observando-se os pedido de preferência, na ordem adiante transcrita:

AUTOS N°.06/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. CARLOS ALBERTO ZITTA

OFÍCIO FPF 47/2016

DENUNCIADO (S):

CLUBE ATLETICO BAIRRO ALTO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: CLUBE ATLETICO BAIRRO ALTO, EPD, por deixar de recolher aos cofres da FPF as importâncias devidas nos autos 369/2015, 608/2016 e 641/2015, caracterizando sua inadimplência. A inadimplência do clube configura infração ao disposto no artigo 223 do CBJD. AUTOS N°.07/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MARCEL SOUZA DE OLIVEIRA

OFÍCIO FPF 46/2016

DENUNCIADO (S):

ABE FLAMENGO

NORIVAL CUMAN

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. HENRIQUE CARDOSO DOS SANTOS

1° DENUNCIADO: ABE FLAMENGO, EPD, por deixar de recolher aos cofres da FPF as importâncias devidas nos autos 400/2015, caracterizando sua inadimplência. A inadimplência do clube configura infração ao disposto no artigo 223, caput do CBJD.

2° DENUNCIADO: NORIVAL CUMAN, presidente do ABE FLAMENGO, por deixar de recolher aos cofres da FPF as importâncias devidas nos autos 400/2015, caracterizando sua inadimplência. A inadimplência do clube configura infração ao disposto no artigo 223, caput e parágrafo único do CBJD.

 

OBSERVAÇÕES:

Defensor: WILLIAN HOSAKA

DECISÃO 1º C.D:

 

ABE FLAMENGO: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

NORIVAL CUMAN: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

AUTOS N°.11/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RAUL CLEI COCCARO SIQUEIRA

CAMPEONATO PARANANESE DE FUTEBOL PROFISSIONAL 1ª DIVISÃO- 2016

JOGO: FC CASCAVEL X PSTC

DATA: 03/02/2016

DENUNCIADO (S):

FC CASCAVEL

FC CASCAVEL

JOSÉ REGINALDO VITAL

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISK

1° DENUNCIADO: FC CASCAVEL, entidade de prática desportiva, por deixar de providenciar as placas de substituições, resultando na ausência de infraestrutura necessária ao evento. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 211, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: FC CASCAVEL, entidade de prática desportiva, por deixar de providenciar o placar de resultados, culminando na ausência de infraestrutura necessária ao evento. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 211, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

3° DENUNCIADO: JOSÉ REGINALDO VITAL, técnico integrante da entidade de prática desportiva PSTC, por proferir as seguintes palavras contra o árbitro da partida: “marca essa filho da puta, foi penalti”, motivando a sua expulsão, aos 84’00’’ da partida. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:

Defensor (a): NIXON FIORI (ADV. CASCAVEL) ARTHUR JOSÉ NUNES LANZONI (ADV. PSTC)

DECISÃO 1° C.D.:

FC CASCAVEL: POR UNANIMIDADE. MULTA NO VALOR DE R$ 250,00 (DUZENTOS E CINQUENTA REAIS) EM CONCRETO A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF POR INFRAÇÃO AO ARTIGO 211 DO CBJD.

 

FC CASCAVEL: POR UNANIMIDADE. MULTA NO VALOR DE R$ 250,00 (DUZENTOS E CINQUENTA REAIS) EM CONCRETO A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF POR INFRAÇÃO AO ARTIGO 211 DO CBJD

 

JOSÉ REGINALDO VITAL: POR UNANIMIDADE, PENA DE ADVERTENCIA.

 

AUTOS N°.16/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. CARLOS ALBERTO ZITTA

CAMPEONATO PARANANESE DE FUTEBOL PROFISSIONAL 1ª DIVISÃO- 2016

JOGO: J. MALUCELLI X RIO BRANCO

DATA: 04/02/2016

DENUNCIADO (S):

ALLAN AAL

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGONO QUADROS

1° DENUNCIADO: ALLAN AAL, Técnico do Rio Branco, expulso por proferir as seguintes palavras ao seu companheiro de profissão “vai tomar no cu seu velho filho da puta”. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO 1° C.D.:

ALLAN AAL: POR UNANIMIDADE, MULTA NO VALOR DE R$ 500,00 (QUINHENTOS REAIS) A SER RECOLHIDA EM 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF E SUSPENSAO DE 45 DIAS POR INFRAÇÃO AO ARTIGO 243-F DO CBJD.

______________________________________________________________________________

AUTOS N°.17/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MIGUEL ANGELO RASBOLD

CAMPEONATO PARANANESE DE FUTEBOL PROFISSIONAL 1ª DIVISÃO- 2016

JOGO: TOLEDO CW X FOZ DO IGUAÇU FC

DATA: 31/01/2016

DENUNCIADO (S):

GIOVANO APARECIDO KREOZER

FERNANDO ALVES DA CUNHA

JOSE VALDIR ORTIZ

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGONO QUADROS

1° DENUNCIADO: GIOVANO APARECIDO KREOZER, maqueiro do TOLEDO CW, por soltar de maneira inadequada o atleta do FOZ na maca, gerando um princípio de discussão entre os atletas . Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: FERNANDO ALVES DA CUNHA, maqueiro do TOLEDO CW, por soltar de maneira inadequada o atleta do FOZ na maca, gerando um princípio de discussão entre os atletas . Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

3° DENUNCIADO: JOSE VALDIR ORTIZ, gandula do TOLEDO CW, consta no relatório de gol que o denunciado fou expulso por inadir o campo de jogo. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258-B do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO 1° C.D.:

GIOVANO APARECIDO KREOZER: POR UNANIMIDADE, SUSPENSAO DE 30 DIAS POR INFRAÇÃO AO ARTIGO 258, CAPUT DO CBJD.

 

FERNANDO ALVES DA CUNHA: POR UNANIMIDADE, SUSPENSAO DE 30 DIAS POR INFRAÇÃO AO ARTIGO 258, CAPUT DO CBJD.

 

JOSE VALDIR ORTIZ: POR UNANIMIDADE, SUSPENSAO DE 30 DIAS POR INFRAÇÃO AO ARTIGO 258-B DO CBJD.

 

 

Nada mais havendo a tratar, o Presidente encerrou a sessão, agradecendo a presença de todos, sendo lavrada a presente ata que, lida e aprovada pelos demais Auditores, vai assinada pelo Presidente e por mim, Amanda Antunes Vasconcellos, Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná. 

 

CARLOS ALBERTO ZITTA

Presidente em exercicio

AMANDA ANTUNES VASCONCELLOS

Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná

 




Referências:

24/02/2016 - Pauta 1ª Comissão Disciplinar- 29 de Fevereiro de 2016
Publicação: 29/02/2016 às 19:12