Sessão: Segunda-feira, 16 de maio de 2016

.: Decisão 1ª Comissão Disciplinar - 16 de maio de 2016 :.

 

1° COMISSÃO DISCIPLINAR

ATA DA SESSÃO DO DIA 16 DE MAIO DE 2.016

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 026/2016

Ao décimo sexto dia do mês de maio do ano de dois mil e dezesseis, às dezenove horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná localizada na Avenida República Argentina, 2153, bairro Portão, Curitiba, Paraná, reuniram-se os Auditores Membros da 1° Comissão Disciplinar deste Tribunal, Vice-Presidente Carlos Alberto Zitta, auditores, Miguel Ângelo Rasbold, Marcel Souza de Oliveira e o procurador Henrique Cardoso. Estando ausente o auditor Raul Clei Coccaro Siqueira, José Eduardo Quintas, com ausências justificadas. Havendo quorum legal, passou-se a pauta, observando-se os pedido de preferência, na ordem adiante transcrita:

AUTOS N°.73/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MARCEL SOUZA DE OLIVEIRA

CAMPEONATO PARANANESE DE FUTEBOL PROFISSIONAL 2ª DIVISÃO- 2016

JOGO: APUCARANA SPORTS X ANDRAUS BRASIL

DATA: 24/04/2016

DENUNCIADO (S):

ITALO ROBERTO AMBRÓSIO

APUCARANA SPORTS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODRIGO GALLÉAS

1° DENUNCIADO: ITALO ROBERTO AMBRÓSIO, atleta do Apucarana Sports por atingir seu adversário com a sola da chuteira na altura da canela. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no ART 254 do CBJD.

1° DENUNCIADO: APUCARANA SPORTS, EPD, por ceder à arbitragem, vestiário sem ventilação segundo relato do arbitro com a observação de que com esse fato, o calor dentro do mesmo era insuportável. Por assim agir, incorre nas infrações previstas no art. 211 do CBJD pela falta de infra-estrutura necessária.

 

OBSERVAÇÕES:

Defensor: ALESSANDRO KISHINO

DECISÃO 1º C.D:

 

ITALO ROBERTO AMBRÓSIO: POR UNANIMIDADE, SUSPENSAO DE UMA PARTIDA.

 

APUCARANA SPORTS: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

 

AUTOS N°.74/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MIGUEL ANGELO RASBOLD

OFÍCIO 131/2016 FPF

DENUNCIADO(S):

PARANÁ CLUBE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI CORRÊA

1° DENUNCIADO: PARANÁ CLUBE, EPD, por incluir na súmula da partida realizada em 16/04/2015, o atleta MARCELO LUIS CAPRONI JUNIOR, BID 466470, sem a devida e regular condição de jogo, á evidência de que citado atleta não cumpriu a totalidade da punição de jogo, imposta pela 2ª Comissão do TJD (suspensão de 02 duas partidas em concreto). Assim, restou infringindo a letra do CBJD, em seu artigo 214, parágrafos 1º e 2º.

Observações: BAIXA A SECRETARIA PARA PARA APENSAR NO REFERIDO PROCESSO, OS AUTOS 379/2015 E JUNTADA DO RESULTADO DA PARTIDA.

Defensor (a): ALESSANDRO KISHINO

DECISÃO 1° C.D.:

PARANÁ CLUBE:

 

AUTOS N° 75/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MARCEL SOUZA DE OLIVEIRA

CAMPEONATO PARANANESE DE FUTEBOL SUB 17- 2016

JOGO: INDEPENDENTE FSJ X CA PARANAENSE

DATA: 16/04/2016

DENUNCIADO (S):            

ANDRÉ LUIZ COSTA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI CORRÊA

1° DENUNCIADO: ANDRÉ LUIZ COSTA, atleta nº 07 da equipe independente fsj, expulso diretamente da partida aos 31 minutos do primeiro tempo de jogo, ao dar um carrinho frontal, atingindo com as travas da chuteira o joelho de seu adversário. Infringindo consequentemente as letras do CBJD, em seu artigo 254-A, I.

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO 1° C.D.:

ANDRÉ LUIZ COSTA: POR UNANIMIDADE, SUSPENSÃO DE DUAS PARTIDAS.

______________________________________________________________________________

AUTOS N°.76/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MIGUEL ANGELO RASBOLD

CAMPEONATO PARANANESE DE FUTEBOL PROFISSIONAL 2ª DIVISÃO- 2016

JOGO: A. PORTUGUESA LONDRINENSE X PRUDENTÓPOLIS FC

DATA: 09/04/2016

DENUNCIADO (S):

A PORTUGUESA LONDRINENSE

PRUDENTÓPOLIS FC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: A PORTUGUESA LONDRINENSE, epd, por entrar atrasada para inicio da partida, em seu relatório o árbitro da partida atestou que houve 2 minutos de atraso. A 1ª denunciada adentrou ao campo 15:55. Afrontando diretamente o artigo 36, II do Regulamento Geral das Competições, a não observância do artigo 36, II do RGC, caracteriza infração ao artigo 191, III do CBJD.

DENUNCIADO: PRUDENTÓPOLIS FC, epd, por entrar atrasada para inicio da partida, em seu relatório o árbitro da partida atestou que houve 2 minutos de atraso. A 2ª denunciada adentrou ao campo 15:56. Afrontando diretamente o artigo 36, II do Regulamento Geral das Competições, a não observância do artigo 36, II do RGC, caracteriza infração ao artigo 191, III do CBJD.

Observações:

Defensor (a):   

DECISÃO 1° C.D.:

A PORTUGUESA LONDRINENSE: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

PRUDENTÓPOLIS FC: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

AUTOS N°.77/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MIGUEL ANGELO RASBOLD

CAMPEONATO PARANANESE DE FUTEBOL PROFISSIONAL 2ª DIVISÃO- 2016

JOGO: PRUDENTÓPOLIS FC X CASCAVEL CR

DATA: 24/04/2016

DENUNCIADO (S):

EDMILSON CORDEIRO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODRIGO GALLÉAS

1° DENUNCIADO: EDMILSON CORDEIRO, prep. físico do Prudentópolis, expulso por causar tumulto com jogadores adversários dizendo: “Vai tomar no cu seu bosta”. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no ART 258 do CBJD

 

 

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO 1° C.D.:

EDMILSON CORDEIRO: POR UNANIMIDADE, SUSPENSÃO DE UMA PARTIDA.

 

Nada mais havendo a tratar, o Presidente encerrou a sessão, agradecendo a presença de todos, sendo lavrada a presente ata que, lida e aprovada pelos demais Auditores, vai assinada pelo Presidente e por mim, Amanda Antunes Vasconcellos, Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná. 

 

CARLOS ALBERTO ZITTA

Vice-Presidente

AMANDA ANTUNES VASCONCELLOS

Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná

 




Referências:

11/05/2016 - Pauta 1ª Comissão Disciplinar- 16 de Maio de 2016
Publicação: 16/05/2016 às 20:00