Sessão: Quarta-feira, 15 de junho de 2016

.: Decisão 3ª Comissão Disciplinar - 15 de junho de 2016 :.

3° COMISSÃO DISCIPLINAR

ATA DA SESSÃO DO DIA 15 DE JUNHO DE 2.016

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 037/2016

Ao décimo quinto dia do mês de junho do ano de dois mil e dezesseis, às dezenove horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná localizada na Avenida República Argentina, 2153, bairro Portão, Curitiba, Paraná, reuniram-se os Auditores Membros da 3° Comissão Disciplinar deste Tribunal, Presidente da Comissão, Irineu Toninello, auditores Mauro Ribeiro Borges e Samuel Torquato. Estando ausentes os auditores Humberto Ciccarino Filho, José Alvacir Guimarães. Presente o Procurador Bruno Cavalcante. Havendo quorum legal, passou-se a pauta, observando-se os pedido de preferência, na ordem adiante transcrita:

 

AUTOS N°.117/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

OFÍCIO 64/2016 FPF

DENUNCIADO (S):

A PORTUGUESA LONDRINENSE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI CORREA

1° DENUNCIADO: A PORTUGUESA LONDRINENSE, agremiação desportiva, haja vista o não cumprimento de decisão proferida por esta Corte Desportiva, consubstanciada na sua condenação ao pagamento de multa oriunda do autos nº 54/2016. Assim, pede-se a condenação da agremiação esportiva, por deixar de cumprir decisão da Justiça Desportiva, infringindo consequentemente as letras do CBJD, em seu artigo 223.

Observações:

Defensor (a): WILLIAN HOSAKA

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

A PORTUGUESA LONDRINENSE: POR UNANIMIDADE, MULTA NO VALOR R$ 500,00 (QUINHENTOS REAIS) A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS NA TESOURARIA DA FPF.

 

AUTOS N°.118/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATO

OFÍCIO 65/2016 FPF

DENUNCIADO (S):

BANDEIRANTES RECREAÇÃO CLUBE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI CORREA

1° DENUNCIADO: BANDEIRANTES RECREAÇÃO CLUBE, agremiação desportiva, haja vista o não cumprimento de decisão proferida por esta Corte Desportiva, consubstanciada na sua condenação ao pagamento de multa oriunda do autos nº 451/2015. Assim, pede-se a condenação da agremiação esportiva, por deixar de cumprir decisão da Justiça Desportiva, infringindo consequentemente as letras do CBJD, em seu artigo 223.

Observações:

Defensor (a):

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

BANDEIRANTES RECREAÇÃO CLUBE: POR UNANIMIDADE, MULTA NO VALOR R$ 300,00 (TREZENTOS REAIS) A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS NA TESOURARIA DA FPF.

 

 

AUTOS N°.119/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

OFÍCIO 66/2016 FPF

DENUNCIADO (S):

BOLA DE OURO FUTEBOL CLUBE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI CORREA

1° DENUNCIADO: BOLA DE OURO FUTEBOL CLUBE, agremiação desportiva, haja vista o não cumprimento de decisão proferida por esta Corte Desportiva, consubstanciada na sua condenação ao pagamento de multa oriunda do autos nº 454/2015. Assim, pede-se a condenação da agremiação esportiva, por deixar de cumprir decisão da Justiça Desportiva, infringindo consequentemente as letras do CBJD, em seu artigo 223.

Observações:

Defensor (a):

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

BOLA DE OURO FUTEBOL CLUBE: POR UNANIMIDADE, MULTA NO VALOR DE R$ 75,00 (SETENTA E CINCO REAIS) A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF.

_______________________________________________________________________________

AUTOS N°.120/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. JOSÉ ALVACIR GIMARÃES

OFÍCIO 67/2016 FPF

DENUNCIADO (S):

CLUBE ATLÉTICO CAMBÉ

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI CORREA

1° DENUNCIADO: CLUBE ATLÉTICO CAMBÉ, agremiação desportiva, haja vista o não cumprimento de decisão proferida por esta Corte Desportiva, consubstanciada na sua condenação ao pagamento de multa oriunda dos autos nº 25/2016 e 48/2016. Assim, pede-se a condenação da agremiação esportiva, por deixar de cumprir decisão da Justiça Desportiva, infringindo consequentemente as letras do CBJD, em seu artigo 223 e 184.

Observações:

Defensor (a):

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

CLUBE ATLÉTICO CAMBÉ: POR UNANIMIDADE, MULTA NO VALOR DE R$ 400,00 (QUATROCENTOS REAIS) A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF.

______________________________________________________________________________

AUTOS N°.121/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

OFÍCIO 68/2016 FPF

DENUNCIADO (S):

CLUBE ATLÉTICO BAIRRO ALTO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI CORREA

1° DENUNCIADO: CLUBE ATLÉTICO BAIRRO ALTO, agremiação desportiva, haja vista o não cumprimento de decisão proferida por esta Corte Desportiva, consubstanciada na sua condenação ao pagamento de multa oriunda dos autos nº 369/2015, 608/2015, 641/2015 e 06/2016. Assim, pede-se a condenação da agremiação esportiva, por deixar de cumprir decisão da Justiça Desportiva, infringindo consequentemente as letras do CBJD, em seu artigo 223 e 184.

Observações:

Defensor (a):

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

CLUBE ATLÉTICO BAIRRO ALTO: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

AUTOS N°.122/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

OFÍCIO 69/2016 FPF

DENUNCIADO (S):

CLUBE ATLÉTICO BOQUEIRÃO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI CORREA

1° DENUNCIADO: CLUBE ATLÉTICO BOQUEIRÃO, agremiação desportiva, haja vista o não cumprimento de decisão proferida por esta Corte Desportiva, consubstanciada na sua condenação ao pagamento de multa oriunda dos autos nº 307/2015, 332/2015, 334/2015, 376/2015, 380/2015, 638/2015 e 27/2016. Assim, pede-se a condenação da agremiação esportiva, por deixar de cumprir decisão da Justiça Desportiva, infringindo consequentemente as letras do CBJD, em seu artigo 223 e 184.

Observações:

Defensor (a): WILLIAN HOSAKA

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

CLUBE ATLÉTICO BOQUEIRÃO: POR UNANIMIDADE, MULTA NO VALOR DE R$ 700,00 (SETECENTOS REAIS) A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF.

_____________________________________________________________________________

AUTOS N°.123/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. SAMUEL TORQUATO

OFÍCIO 70/2016 FPF

DENUNCIADO (S):

OPERÁRIO PILARZINHO SPORT CLUBE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI CORREA

1° DENUNCIADO: OPERÁRIO PILARZINHO SPORT CLUBE, agremiação desportiva, haja vista o não cumprimento de decisão proferida por esta Corte Desportiva, consubstanciada na sua condenação ao pagamento de multa oriunda dos autos nº 485/2015 e 692/2015. Assim, pede-se a condenação da agremiação esportiva, por deixar de cumprir decisão da Justiça Desportiva, infringindo consequentemente as letras do CBJD, em seu artigo 223 e 184.

Observações:

Defensor (a): WILLIAN HOSAKA

 

DECISÃO DA 3º C.D.:

 

OPERÁRIO PILARZINHO SPORT CLUBE: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

______________________________________________________________________________

Nada mais havendo a tratar, o Presidente encerrou a sessão, agradecendo a presença de todos, sendo lavrada a presente ata que, lida e aprovada pelos demais auditores, vai assinada pelo Presidente e por mim, Amanda Antunes Vasconcellos, Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná.

                                                      Curitiba/PR, 15 de Junho de 2.016.

 

IRINEU TONINELLO

Presidente da Terceira Comissão Disciplinar

AMANDA ANTUNES VASCONCELLOS

Secretaria do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná




Referências:

10/06/2016 - Pauta 3ª Comissão Disciplinar- 15 de Junho de 2016
Publicação: 15/06/2016 às 21:30