Sessão: Terça-feira, 05 de julho de 2016

.: Decisão 2ª Comissão Disciplinar - 05 de Julho de 2016 :.

 2° COMISSÃO DISCIPLINAR

ATA DA SESSÃO DO DIA 05 DE JULHO DE 2.016

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 41/2016

Ao quinto dia do mês de julho do ano de dois mil e dezesseis, às dezenove horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná localizada na Avenida República Argentina, 2153, bairro Portão, Curitiba, Paraná, reuniram-se, Cesar Augusto Gradela, Anderson Gaspar, Luciano Costenaro de Oliveira, Renato Galvão Carrillo e o Procurador Rodrigo Galleas. Estando ausente o auditor Helio Anjos Ortiz Neto. Havendo quorum legal, passou-se a pauta, observando-se os pedido de preferência, na ordem adiante transcrita: 

AUTOS N°. 140/2016 – EM TRAMITE

AUDITOR RELATOR: ANDERSON GASPAR                                                                       

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL- 2ª DIVISÃO- 2016

JOGO: CIANORTE FC X PRUDENTÓPOLIS FC

DATA: 05/06/2016

DENUNCIADO (S):

CIANORTE FC

PRUDENTÓPOLIS FC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAURICIO MUSSI CORRÊA

1° DENUNCIADO: CIANORTE FC, agremiação esportiva por haver retardado a sua entrada em campo e causando o atraso no início da partida em 10 minutos, consoante se depreende do relatório da partida, item 02 e das observações finais articuladas pelo árbitro da partida e do delegado designado pela FPF, respectivamente, pelo que restou infringindo o artigo 43, § único do RGC e, consequentemente, a letra do CBJD, em seu artigo 206.

2° DENUNCIADO: PRUDENTÓPLOS FC, agremiação esportiva por haver retardado a sua entrada em campo e causando o atraso no início da partida em 10 minutos, consoante se depreende do relatório da partida, item 02 e das observações finais articuladas pelo árbitro da partida e do delegado designado pela FPF, respectivamente, pelo que restou infringindo o artigo 43, § único do RGC e, consequentemente, a letra do CBJD, em seu artigo 206.

Observações:

 

Defensor (a):

 

CIANORTE FC: POR UNANIMIDADE, MULTA NO VALOR DE R$ 3.000,00 (TRÊS MIL REAIS) A SER RECOLHIDA NA TESOURARIA DA FPF EM 5 DIAS.

PRUDENTÓPOLIS FC: POR UNANIMIDADE, MULTA NO VALOR DE R$ 3.000,00 (TRÊS MIL REAIS) A SER RECOLHIDA NA TESOURARIA DA FPF EM 5 DIAS.

 

AUTOS N°.141/2016 – EM TRAMITE

AUDITOR RELATOR: HÉLIO ANJOS ORTIS NETO                                                              

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL SUB 19- 2016

JOGO: GR. MARINGÁ S/S LTDA X LONDRINA EC

DATA: 03/06/2016

DENUNCIADO (S):

LEONARDO HENRIQUE GOMES

JULIO CESAR DOS ANJOS OLIVEIRA

LUIS CARLOS FERREIRA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. HENRIQUE CARDOSO DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: LEONARDO HENRIQUE GOMES, 435418, atleta n. 7 da EPD GR Maringá S/S Ltda, Conforme a Súmula da partida, os Atletas Denunciados, em atitude recíproca, violenta e antidesportiva, trocaram ponta-pés entre si e acabaram por ser expulsos na forma direta. Como se depreende da descrição sumulada, a ação de ambos os Atletas Denunciados encaixa-se na hipótese do artigo 254-A, §1º, II, do CBJD.

2° DENUNCIADO: JULIO CESAR DOS ANJOS OLIVEIRA, BID 374116, atleta n. 3 da EPD Londrina Esporte Clube. Conforme a Súmula da partida, os Atletas Denunciados, em atitude recíproca, violenta e antidesportiva, trocaram ponta-pés entre si e acabaram por ser expulsos na forma direta. Como se depreende da descrição sumulada, a ação de ambos os Atletas Denunciados encaixa-se na hipótese do artigo 254-A, §1º, II, do CBJD.

3° DENUNCIADO: LUIS CARLOS FERREIRA, Dirigente da EPD GR Maringá S/S Ltda, Como consta da Súmula da partida, o Denunciado Sr. Luis Carlos Ferreira, de forma intempestiva invadiu o campo de jogo e dirigiu-se ao Sr. Árbitro, proferindo palavras depreciativas sobre a pessoa e o trabalho desenvolvido na partida. Assim procedendo, o Denunciado cometeu as irregularidades desportivas contidas pelos artigos 258-B, e 243-F, § 1º, do CBJD.

OBSERVAÇÕES:

Defensor (a):

DECISÃO DA 2º C.D.:

 

LEONARDO HENRIQUE GOMES: POR MAIORIA, SUSPENSÃO DE UMA PARTIDA.

JULIO CESAR DOS ANJOS OLIVEIRA: POR MAIORIA, SUSPENSÃO DE UMA PARTIDA.

LUIS CARLOS FERREIRA: POR UNANIMIDADE, TRINTA DIAS DE SUSPENSÃO.

 

AUTOS N°.142/2016 – EM TRAMITE

AUDITOR RELATOR: RENATO GALVÃO CARRILLO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL SUB 17- 2016

JOGO: CASCARVEL CR X AA BATEL

DATA: 04/06/2016

DENUNCIADO (S):

MARCELO DE OLIVEIRA

FELIPE BUENO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. HENRIQUE CARDOSO DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: MARCELO DE OLIVEIRA, técnico da EPD AA Batel, Conforme a Súmula da partida, Sr. Marcelo Oliveira, técnico da Equipe AA Batel, após xingar o Sr. Árbitro, foi expulso do banco de reservas, negando-se a retirar-se do local, inclusive atrapalhando o curso normal da partida. Assim procedendo, o Denunciado encontra-se incurso na conduta descrita pelo artigo 243-F, § 1º, do CBJD.

2° DENUNCIADO: FELIPE BUENO, preparador físico da EPD AA Batel, Da mesma maneira e no mesmo momento em que se deu a exclusão do Sr. Técnico da EPD Batel, o preparador físico da Equipe AA Batel aderiu ao mesmo comportamento inaceitável, reclamando dos procedimentos da Arbitragem. Após sua exclusão pelas reclamações acintosas, passou a proferir xingamentos contra o Sr. Árbitro, conforme consta da Súmula da partida. Procedendo desta maneira, as ações do Denunciado encontram-se descritas pelos artigo 258, caput, e Parágrafo 2º, inciso II – em razão das reclamações que levaram à sua exclusão – , e artigo 243-F, § 1º e 184 todos do CBJD, pelos xingamentos.

OBSERVAÇÕES:

Defensor (a):

 DECISÃO DA 2º C.D.:

MARCELO DE OLIVEIRA: POR MAIORIA, UMA PARTIDA DE SUSPENSÃO.

FELIPE BUENO: POR UNANIMIDADE,  CINCO PARTIDAS DE SUSPENSÃO, MULTA NO VALOR DE R$ 100,00 (CEM REAIS), A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 5 DIAS NA TESOURARIA DA FPF.

AUTOS N°. 144/2016 – EM TRAMITE

AUDITOR RELATOR: ANDERSON GASPAR                                                                       

OFÍCIO 163/2016  FPF

DENUNCIADO (S):

PARANÁ CLUBE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: PARANÁ CLUBE, entidade de prática desportiva, por relacionar o atleta MARCELO LUIS CAPRONI JUNIOR, para o jogo ocorrido em 11/05/2016 contra a equipe do INDEPENDENTE F.S.J., quando, em verdade, referido atleta não detinha condições legais de partida, pois deveria cumprir mais 01 (uma) partida de suspensão, descumprindo assim decisão da 2.° Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva desta Federação, prolatada na data de 06/10/2015, que fixou a suspensão do atleta em 02 (duas) partidas, sendo que o referido atleta cumpriu a primeira suspensão no dia 12/09/2015. Desta forma, a equipe ora denunciada infringiu os artigos 214, §1.° e §2° e artigo 223, todos do CBJD.

OBSERVAÇÕES: LAVRATURA DE ACORDÃO

Defensor (a):

 

DECISÃO DA 2º C.D.:

 

PARANÁ CLUBE

__________________________________________________________________________

Nada mais havendo a tratar, o Presidente encerrou a sessão, agradecendo a presença de todos, sendo lavrada a presente ata que, lida e aprovada pelos demais Auditores, vai assinada pelo Presidente e por mim, Amanda Antunes Vasconcellos, Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná.

 

Curitiba/PR, 06 de Julho de 2.016.

 

CESAR AUGUSTO RAMOS GRADELA

Presidente

AMANDA ANTUNES VASCONCELLOS

                   Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná               




Referências:

30/06/2016 - Pauta 2ª Comissão Disciplinar- 05 de Julho de 2016
Publicação: 05/07/2016 às 21:30