Sessão: Quinta-feira, 25 de agosto de 2016

.: Pauta 2ª Comissão Disciplinar- 30 de Agosto de 2016 :.

2ª COMISSÃO DISCIPLINAR

PAUTA DE JULGAMENTO DO DIA 30/08/2016

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 52/2016 

De ordem do Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva Doutor Leandro Souza Rosa e nos termos dos arts. 45, 46 e seguintes do CBJD, faço  publicar o presente Edital em que são CITADAS E INTIMADAS as partes abaixo nominadas, para  que querendo apresente defesa pessoalmente, ou ainda, se fazer representar por advogado  de  defesa, via procuração expressa, no processo contra elas movido nesta Justiça Desportiva, tornando público através deste Edital, que:

 

No dia 30 DE AGOSTO DE 2016 ou na Sessão Subseqüente, a partir das 19:00 horas  (Terça - Feira), serão julgados na sede do TJD/PR, sito na Avenida República Argentina,2153 – Portão, Curitiba, Paraná, os seguintes processos:

 

AUTOS N°. 143/2016 – EM TRAMITE

AUDITOR RELATOR: CHRISTIANO SOUTO PUPPI 

53º CAMPEONATO DA TAÇA PARANÁ- 2016

JOGO: URE STA QUITÉRIA X FANÁTICO FC

DATA: 08/06/2016

DENUNCIADO (S):

JEAN EDUARDO F. DE JESUS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODRIGO GALLÉAS

1° DENUNCIADO: JEAN EDUARDO F. DE JESUS, atleta da URE Santa Quitéria, expulso por desferir um tapa no rosto de seu adversário em disputa de bola. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no ART 254-II DO CBJD.

 

AUTOS N°. 199/2016 – EM TRAMITE

AUDITOR RELATOR: CHRISTIANO SOUTO PUPPI 

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE A- JUVENIL- 2016

JOGO: ABE NOVO MUNDO FC X UNIÃO CAPÃO RASO FC

DATA: 23/07/2015

DENUNCIADO (S):

LUCAS H. HABINSKI

RUAN CARLOS F. DA ROCHA

SAMUEL R. BELBETH

GUSTAVO E. A. GONÇALVES

HENRIQUE A. DA SILVEIRA

CAETANO C. GELBCKE

ALISSON M DE OLIVEIRA

THIAGO MANN

GEOVANE DA SILVA PALMEIRA

MAURO LUIS SCHROEDER JUNIOR

PAULO K. S. T. FARIAS

ABNER LIMA SIQUEIRA

JACKSON TRINDADE

RYAN CLAUDIO BUENO

MATHEUS A. ATAHYDE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RAFAEL BARBOSA RODRIGUES TEIXEIRA

1° DENUNCIADO: LUCAS H. HABINSKI, atleta da EPD UNIÃO CAPÃO RASO FC, porque deixou de apresentar cartão de identidade emitido pela FPF, conforme consta no relatório do delegado partida. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 191, inciso III, do CBJD, ao deixar de cumprir determinação prevista no art. 23, do Regulamento Geral de Competições.

2° DENUNCIADO: RUAN CARLOS F. DA ROCHA, atleta da EPD UNIÃO CAPÃO RASO FC, porque deixou de apresentar cartão de identidade emitido pela FPF, conforme consta no relatório do delegado partida. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 191, inciso III, do CBJD, ao deixar de cumprir determinação prevista no art. 23, do Regulamento Geral de Competições.

3° DENUNCIADO: SAMUEL R. BELBETH, atleta da EPD UNIÃO CAPÃO RASO FC, porque deixou de apresentar cartão de identidade emitido pela FPF, conforme consta no relatório do delegado partida. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 191, inciso III, do CBJD, ao deixar de cumprir determinação prevista no art. 23, do Regulamento Geral de Competições.

4° DENUNCIADO: GUSTAVO E. A. GONÇALVES, atleta da EPD UNIÃO CAPÃO RASO FC, porque deixou de apresentar cartão de identidade emitido pela FPF, conforme consta no relatório do delegado partida. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 191, inciso III, do CBJD, ao deixar de cumprir determinação prevista no art. 23, do Regulamento Geral de Competições.

5° DENUNCIADO: HENRIQUE A. DA SILVEIRA, atleta da EPD UNIÃO CAPÃO RASO FC, porque deixou de apresentar cartão de identidade emitido pela FPF, conforme consta no relatório do delegado partida. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 191, inciso III, do CBJD, ao deixar de cumprir determinação prevista no art. 23, do Regulamento Geral de Competições.

6° DENUNCIADO: CAETANO C. GELBCKE, atleta da EPD UNIÃO CAPÃO RASO FC, porque deixou de apresentar cartão de identidade emitido pela FPF, conforme consta no relatório do delegado partida. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 191, inciso III, do CBJD, ao deixar de cumprir determinação prevista no art. 23, do Regulamento Geral de Competições.

7° DENUNCIADO: ALISSON M DE OLIVEIRA, atleta da EPD UNIÃO CAPÃO RASO FC, porque deixou de apresentar cartão de identidade emitido pela FPF, conforme consta no relatório do delegado partida. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 191, inciso III, do CBJD, ao deixar de cumprir determinação prevista no art. 23, do Regulamento Geral de Competições.

8° DENUNCIADO: THIAGO MANN, atleta da EPD UNIÃO CAPÃO RASO FC, porque deixou de apresentar cartão de identidade emitido pela FPF, conforme consta no relatório do delegado partida. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 191, inciso III, do CBJD, ao deixar de cumprir determinação prevista no art. 23, do Regulamento Geral de Competições.

9° DENUNCIADO: GEOVANE DA SILVA PALMEIRA, atleta da EPD UNIÃO CAPÃO RASO FC, porque deixou de apresentar cartão de identidade emitido pela FPF, conforme consta no relatório do delegado partida. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 191, inciso III, do CBJD, ao deixar de cumprir determinação prevista no art. 23, do Regulamento Geral de Competições.

10° DENUNCIADO: MAURO LUIS SCHROEDER JUNIOR, atleta da EPD UNIÃO CAPÃO RASO FC, porque deixou de apresentar cartão de identidade emitido pela FPF, conforme consta no relatório do delegado partida. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 191, inciso III, do CBJD, ao deixar de cumprir determinação prevista no art. 23, do Regulamento Geral de Competições.

11° DENUNCIADO: PAULO K. S. T. FARIAS, atleta da EPD ABE UNIÃO CAPÃO RASO FC, porque deixou de apresentar cartão de identidade emitido pela FPF, conforme consta no relatório do delegado partida. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 191, inciso III, do CBJD, ao deixar de cumprir determinação prevista no art. 23, do Regulamento Geral de Competições.

12° DENUNCIADO: ABNER LIMA SIQUEIRA, atleta da EPD UNIÃO CAPÃO RASO FC, porque deixou de apresentar cartão de identidade emitido pela FPF, conforme consta no relatório do delegado partida. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 191, inciso III, do CBJD, ao deixar de cumprir determinação prevista no art. 23, do Regulamento Geral de Competições.

13° DENUNCIADO: JACKSON TRINDADE, atleta da EPD UNIÃO CAPÃO RASO FC, porque deixou de apresentar cartão de identidade emitido pela FPF, conforme consta no relatório do delegado partida. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 191, inciso III, do CBJD, ao deixar de cumprir determinação prevista no art. 23, do Regulamento Geral de Competições.

14° DENUNCIADO: RYAN CLAUDIO BUENO, atleta da EPD UNIÃO CAPÃO RASO FC, porque deixou de apresentar cartão de identidade emitido pela FPF, conforme consta no relatório do delegado partida. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 191, inciso III, do CBJD, ao deixar de cumprir determinação prevista no art. 23, do Regulamento Geral de Competições.

15° DENUNCIADO: MATHEUS A. ATAHYDE, atleta da EPD UNIÃO CAPÃO RASO FC, porque deixou de apresentar cartão de identidade emitido pela FPF, conforme consta no relatório do delegado partida. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 191, inciso III, do CBJD, ao deixar de cumprir determinação prevista no art. 23, do Regulamento Geral de Competições.

 

AUTOS N°. 200/2016 – EM TRAMITE

AUDITOR RELATOR: MAURICIO BITTENCOURT FOWLER 

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE A- JUVENIL- 2016

JOGO: SOBE IGUAÇU X UBERLÂNDIA EC

DATA: 23/07/2016

DENUNCIADO (S):

UBERLÂNDIA EC

MATHEUS R. DA SILVA

LUCAS M. DE SOUZA

SOBE IGUAÇU

UBERLÂNDIA EC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. JOSÉ GUSTAVO MENEGHEL RANDO

1° DENUNCIADO: UBERLÂNDIA EC, EDP, a qual deve ser condenadad pela conduta praticada por não apresentar as carteirinhas de identifição emitidas pela FPF. Desta forma, pugna-se pela condenção da denunciada nos termos do disposto no art. 101,inc I, do CBJD.

2° DENUNCIADO: MATHEUS R. DA SILVA, atleta da equipe SOBE IGUAÇU, expulso aos 30`do primeiro tempo, pois conforme consta do relatório do árbitro, o mesmo trocou pontapés fora de disputa de bola com seu adversário. Com tal conduta, o denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 254-A , do CBJD.

3° DENUNCIADO: LUCAS M. DE SOUZA, atleta da equipe UBERLANDIA FC, expulso aos 30`do primeiro tempo, pois conforme consta do relatório do árbitro, o mesmo trocou pontapés fora de disputa de bola com seu adversário. Com tal conduta, o denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 254-A , do CBJD.

4° DENUNCIADO: SOBE IGUAÇU, EPD, a qual deve ser condenada pela conduta de seu atleta acima denunciado. Desta forma, pugna-se pela condenção da denunciada nos termos do disposto no art. 258-D, do CBJD.

5° DENUNCIADO: UBERLÂNDIA EC, EPD, a qual deve ser condenada pela conduta de seu atleta acima denunciado. Desta forma, pugna-se pela condenção da denunciada nos termos do disposto no art. 258-D, do CBJD.

 

AUTOS N°. 201/2016 – EM TRAMITE

AUDITOR RELATOR: RENATO GALVÃO CARRILLO 

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL – SUB 19- 2016

JOGO: GREMIO MARINGÁ S/S LTDA X JUNIOR TEAM FUTEBOL

DATA: 13/07/2016

DENUNCIADO (S):

GREMIO MARINGÁ S/S LTDA

GREMIO MARINGÁ S/S LTDA

NATANAEL SILVA DO NASCIMENTO

MATHEUS GONÇALVES LUCAS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: GREMIO MARINGÁ S/S LTDA, entidade de prática desportiva, pela ausência de ambulância na praça de desporto, descumprindo assim o artigo 32, inciso VI, alínea ‘d’ do regulamento específico, além de não ter entregue qualquer comprovante que pudesse demonstrar a efetiva solicitação ao órgão responsável em sua comarca. Por assim agir, a equipe denunciada incorre nas sanções previstas no artigo 191, inciso III, do CBJD.

2° DENUNCIADO: GREMIO MARINGÁ S/S LTDA , entidade de prática desportiva, pela ausência de policiais na praça de desporto, descumprindo assim o artigo 32, inciso I, do regulamento específico, além de não ter entregue qualquer comprovante que pudesse demonstrar a efetiva solicitação de policiamento ao órgão responsável em sua comarca. Por assim agir, a equipe denunciada incorre nas sanções previstas no artigo 191, inciso III, do CBJD.

3° DENUNCIADO: NATANAEL SILVA DO NASCIMENTO, atleta da equipe do GREMIO MARINGÁ S/S LTDA., foi expulso por dupla advertência aos 52’ de partida, após empurrar o atleta adversário de forma veemente, fora da disputa da bola. Por assim agir, o atleta incorre nas sanções previstas no artigo 250, §1°, inciso II, do CBJD.

4° DENUNCIADO: MATHEUS GONÇALVES LUCAS, atleta da equipe do JUNIOR TEAM FUTEBOL, foi expulso por direto após o termino da partida por proferir os seguintes dizeres: “só 4 minutos de acréscimo juiz caseiro, ta com medo de dar mais tempo?”. Por assim agir, o atleta incorre nas sanções previstas no artigo 258, §2°, inciso II, do CBJD.

 

AUTOS N°. 202/2016 – EM TRAMITE

AUDITOR RELATOR: RICARDO GAMBA GOMES BARBOZA  

CAMPEONATO TAÇA FPF- 2016

JOGO: FOZ DO IGUAÇU FC X AC PARANAVAÍ

DATA: 17/07/2016

DENUNCIADO (S):

FOZ DO IGUAÇU FC

ANDERSON ROBERTO KIRIHARA

ROBSON BABINSKI

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RAFAEL BARBOSA RODRIGUES TEIXEIRA

1° DENUNCIADO: FOZ DO IGUAÇU FC, entidade de prática desportiva, porque, conforme consta do relatório do árbitro principal, deu causa ao atraso do início da partida em 2 (dois) minutos. Com tal conduta, a EPD Denunciada praticou o ilícito tipificado no art. 206, do CBJD.

2° DENUNCIADO: ANDERSON ROBERTO KIRIHARA, fisioterapeuta da EPD Foz do Iguaçu FC, expulso do banco de reservas aos 36’ (trinta e seis minutos) do segundo tempo da partida, pois, conforme consta do relatório do delegado da partida, reclamou de um lance não marcado contra a sua equipe. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 258, II do CBJD.

3° DENUNCIADO: ROBSON BABINSKI, árbitro principal, porque deixou de relatar na súmula de jogo a expulsão do fisioterapeuta da equipe mandante, conforme se infere do Relatório do Delegado do jogo. Com tal conduta, o Denunciado infringiu o disposto no art. 266, do CBJD.

Publicação: 25/08/2016 às 15:43