Sessão: Segunda-feira, 12 de setembro de 2016

.: Decisão 1ª Comissão Disciplinar - 12 de setembro de 2016 :.

 

1° COMISSÃO DISCIPLINAR

ATA DA SESSÃO DO DIA 12 DE SETEMBRO DE 2.016

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 056/2016

Ao décimo segundo dia do mês de setembro do ano de dois mil e dezesseis, às dezenove horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná localizada na Avenida República Argentina, 2153, bairro Portão, Curitiba, Paraná, reuniram-se os Auditores Membros da 1° Comissão Disciplinar deste Tribunal, Presidente Carlos Alberto Zitta, Raul Clei Coccaro Siqueira, Allysson Domingues Militão, Augusto Lopes Escudero, Rodrigo Fedatto. Pela procuradoria presente o Dr Rodolfo Gardini. Havendo quorum legal, passou-se a pauta, observando-se os pedido de preferência, na ordem adiante transcrita:

AUTOS N°.245/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. AUGUSTO LOPES ESCUDERO

CAMPEONATO TAÇA FPF- 2016

JOGO: A. PORTUGUESA LONDRINENSE X OPERÁRIO FEC

DATA: 21/08/2016

DENUNCIADO (S):

ANDERSON ALMEIDA DA SILVA

A. PORTUGUESA LONDRINENSE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: ANDERSON ALMEIDA DA SILVA, gandula da entidade de prática desportiva A. PORTUGUESA LONDRINENSE, foi excluído de partida aos 27’ do segundo tempo, após reclamar de forma acintosa contra as decisões da equipe da arbitragem, proferindo os seguintes dizeres: “arbitro ladrão”. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no artigo 243-F’, do CBJD.

2° DENUNCIADO: A. PORTUGUESA LONDRINENSE, entidade de Prática Desportiva, por ser responsável pelo gandula que foi excluído durante a partida, e que praticou as condutas descritas nos itens ‘6’ e ‘7’, descumprindo a assim os artigos 32, inciso VII, e 34, §5°, ambos do Regulamento Geral das Competições. Por assim agir, a entidade de prática desportiva denunciada incorre na sanção prevista no artigo 191, III, do CBJD.

OBSERVAÇÕES:

Defensor:

DECISÃO 1º C.D:

 

ANDERSON ALMEIDA DA SILVA: POR UNANIMIDADE, SUSPENSAO DE QUINZE DIAS.

 

A. PORTUGUESA LONDRINENSE: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

 

AUTOS N°.246/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RAUL CLEI COCCARO SIQUEIRA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SÉRIE B- JUVENIL- 2016

JOGO: VILA HAUER EC X GR IPIRANGA

DATA: 13/08/2016

DENUNCIADO (S):

ALAN AGUIAR DA SILVA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. ARIEL NORBERTO LEAL

1° DENUNCIADO: ALAN AGUIAR DA SILVA, atleta da EPD VILA HAUER E.C., inscrito na CBF sob nº. 555182, consoante consta na súmula da partida, o denunciado foi expulso, de forma direta, aos 55 minutos da partida, após o árbitro principal ser alertado pelo árbitro assistente que o referido atleta praticou jogada violenta, fora da disputa de bola, o denunciado chutou o seu adversário que se encontrava caído no chão. Após ser expulso, o mesmo empregou linguagem ofensiva e grosseira contra o árbitro da partida usando as seguintes palavras: “ vocês são uns filhos da puta, vieram aqui meter a mão em nós”. Por assim agir, incorreu o denunciado nas sanções previstas nos artigos 243-F cumulado com o artigo 258 §2º inciso II do CBJD.

Observações: OITIVA DO DENUNCIADO ALAN AGUIAR DA SILVA.

Defensor (a): WILLIAN HOSAKA

DECISÃO 1° C.D.:

ALAN AGUIAR DA SILVA: POR UNANIMIDADE, RECLASSIFICADO PARA O ARTIGO 258 §2º, II DO CBJD, PENA DE ADVERTENCIA. RECLASSIFICADO PARA O ARTIGO 254 A §1º DO CBJD, SUSPENSÃO DE DUAS PARTIDAS.

 

AUTOS N°.247/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RODRIGO FEDATTO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SÉRIE B- ADULTO- 2016

JOGO: VILA HAUER EC X GR IPIRANGA

DATA: 13/08/2016

DENUNCIADO (S):

ADNEI FERREIRA DE OLIVEIRA

VANDERLEY DOS REIS SILVA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. ARIEL NORBERTO LEAL

1° DENUNCIADO: ADNEI FERREIRA DE OLIVEIRA, auxiliar técnico da EPD GR IPIRANGA, conforme consta da súmula da partida, o denunciado foi expulso diretamente aos 36 minutos da 1ª etapa de jogo, por reclamação acintosa contra o árbitro principal, intimidando e ofendendo-o com as seguintes palavras “você está de brincadeira mesmo, apita essa porra direito caralho. Você está louco, só apita para os caras”. Por assim agir, incorreu o denunciado nas sanções previstas no artigo 258 §2º inciso II do CBJD.

2° DENUNCIADO: VANDERLEY DOS REIS SILVA, atleta da EPD GR IPIRANGA, inscrito na CBF sob nº. 423053, consoante consta na súmula da partida, o denunciado foi expulso, após dupla advertência, aos 76 minutos da partida, por atingir seu adversário com um “carrinho” de forma temerária, durante a disputa da bola. Por assim agir, incorreu o denunciado nas sanções previstas no artigo 254 §1º inciso II do CBJD.

 

Observações:

Defensor (a): WILLIAN HOSAKA (ADV. IPIRANGA)

DECISÃO 1° C.D.:

ADNEI FERREIRA DE OLIVEIRA: POR MAIORIA, ABSOLVIDO.

 

VANDERLEY DOS REIS SILVA: POR MAIORIA, PENA DE ADVERTENCIA.

AUTOS N°.248/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. ALLYSON DOMINGUES MILITÃO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SÉRIE B- JUVENIL- 2016

JOGO: EC SERGIPE x EC FORTALEZA

DATA: 13/08/2016

DENUNCIADO (S):

CLEVERSON ELIVELTON LOPES

WELLINGTON G. C. AMARO

WELINTON P. DOS SANTOS

THIAGO E. RODRIGUES

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. ARIEL NORBERTO LEAL

1° DENUNCIADO: CLEVERSON ELIVELTON LOPES, técnico da EPD E.C. SERGIPE, conforme consta da súmula da partida, o denunciado foi expulso diretamente aos 26 minutos da 2ª etapa de jogo, por reclamação acintosa contra o árbitro principal, intimidando e ofendendo-o com as seguintes palavras “você é fraco, faz este trabalho direito, você está roubando”. Por assim agir, incorreu o denunciado nas sanções previstas no artigo 258 §2º inciso II do CBJD.

2° DENUNCIADO: WELLINGTON G. C. AMARO, atleta da EPD E.C. SERGIPE, inscrito na CBF sob nº. 553156, consoante consta na súmula da partida, o denunciado foi expulso, de forma direta, aos 22 minutos da partida, por agredir seu adversário com um pontapé fora da disputa de jogo. Por assim agir, incorreu o denunciado nas sanções previstas no artigo 254-A inciso II do CBJD.

3° DENUNCIADO: WELINTON P. DOS SANTOS, atleta da EPD E.C. SERGIPE, inscrito na CBF sob nº. 553157, consoante consta na súmula da partida, o denunciado foi expulso, de forma direta, aos 35 minutos da partida, por tentativa de agressão ao árbitro principal, tendo em vista que o denunciado foi em direção ao árbitro para agredi-lo, sendo contido por seus companheiros de equipe. Por assim agir, incorreu o denunciado nas sanções previstas no artigo 258 §2º inciso II do CBJD.

4° DENUNCIADO: THIAGO E. RODRIGUES, atleta da EPD FORTALEZA, inscrito na CBF sob nº. 531948, consoante consta na súmula da partida, o denunciado foi expulso, por dupla advertência, aos 33 minutos da 2ª etapa de jogo, por derrubar o adversário e em seguida discutir, trocar insultos e ameaças. Por assim agir, incorreu o denunciado nas sanções previstas nos artigos 243-C e 254 §1º inciso I do CBJD.

Observações: OITIVA DO DENUNCIADO CLEVERSON ELIVELTON LOPES. OITIVA DO DENUNCIADO WELLINGTON G. C. AMARO. OITIVA DO DENUNCIADO WELINTON P. DOS SANTOS. DEFESA REQUER LAVRATURA DE ACORDÃO.

Defensor (a): WILLIAN HOSAKA (ADV. EC SERGIPE E EPD FORTALEZA)

DECISÃO 1° C.D.:

CLEVERSON ELIVELTON LOPES: POR UNANIMIDADE, PENA DE ADVERTENCIA.

 

WELLINGTON G. C. AMARO: POR MAIORIA, SUSPENSAO DE UMA PARTIDA.

 

WELINTON P. DOS SANTOS: POR MAIORIA, SUSPENSO POR 45 DIAS EM CONCRETO, DESCLASSIFICADO PARA O ARTIGO 254-A §3º DO CBJD.

 

THIAGO E. RODRIGUES: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

AUTOS N°.249/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. AUGUSTO LOPES ESCUDERO

CAMPEONATO TAÇA FPF- 2016

JOGO: FOZ DO IGUAÇU X APUCARANA SPORTS

DATA: 31/07/2016

DENUNCIADO (S):

JOÃO MARCOS DOS SANTOS SCHWERZS

ITALO ROBERTO AMBRÓSIO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. HENRIQUE CARDOSO DOS SANTOS

1° DENUNCIADO: JOÃO MARCOS DOS SANTOS SCHWERZS, BID 333572 – n. 6 da EPD Foz do Iguaçu, conforme Súmula, os Denunciados foram expulsos por condutas antidesportivas em campo de jogo, tentando estapear-se um ao outro, com empurrões,na disputa de bola, conforme descrição do Sr. Árbitro da Partida. Observe-se que a conduta tipificada se deu na disputa de bola, caracterizando, pois, a hipótese do artigo 250, § 1º, inc. II, do CBJD.

2° DENUNCIADO: ITALO ROBERTO AMBRÓSIO, BID 382732 – n. 17 da EPD Apucarana Sports, conforme Súmula, os Denunciados foram expulsos por condutas antidesportivas em campo de jogo, tentando estapear-se um ao outro, com empurrões,na disputa de bola, conforme descrição do Sr. Árbitro da Partida. Observe-se que a conduta tipificada se deu na disputa de bola, caracterizando, pois, a hipótese do artigo 250, § 1º, inc. II, do CBJD.

 

Observações:

Defensor (a):

DECISÃO 1° C.D.:

JOÃO MARCOS DOS SANTOS SCHWERZS: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

ITALO ROBERTO AMBRÓSIO: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

AUTOS N°.250/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RAUL  CLEI COCCARO SIQUEIRA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SÉRIE A- ADULTO- 2016

JOGO: CA NACIONAL X VILA FANNY FC

DATA: 13/08/2016

DENUNCIADO (S):

LUCIANO SANTANA DA SILVA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: LUCIANO SANTANA DA SILVA, registrado no BID sob o n.° 508.183, atleta da entidade de Prática Desportiva C.A. NACIONAL, foi expulso aos 90’+3 de jogo, após dar um pontapé com força excessiva no atleta adversário. Por assim agir, a entidade de prática desportiva denunciada incorre na sanção prevista no artigo 258, ‘caput’, do CBJD.

Observações: OITIVA DO DENUNCIADO LUCIANO SANTANA DA SILVA.

Defensor (a): JOSÉ CUNICO BACH (ADV. CA NACIONAL)

DECISÃO 1° C.D.:

LUCIANO SANTANA DA SILVA: POR MAIORIA, DESCLASSIFICA PARA O ARTIGO 254 DO CBJD, PENA DE ADVERTENCIA.

 

AUTOS N°.251/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RODRIGO FEDATTO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SÉRIE A- JUVENIL- 2016

URE STA QUITÉRIA X OPERÁRIO PILARZINHO SC

DATA: 13/08/2016

DENUNCIADO (S):

MARIO SÉRGIO STEFANELLI FARIA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: MARIO SÉRGIO STEFANELLI FARIA, arbitro credenciado na Federação Paranaense de Futebol, deixou de relatar em quais circunstâncias realizou a aplicação do segundo cartão amarelo para a expulsão do atleta da equipe do OPERÁRIO PILARZINHO S.C., Senhor Vitor B. de Oliveira, deixando de cumprir em sua plenitude com a função de relatar de forma completa todos as ocorrências da partida em sua sumula. Por assim agir, o denunciado incorre nas sanções previstas no artigo 261-A, do CBJD.

 

Observações:.

Defensor (a): EDUARDO VARGAS

DECISÃO 1° C.D.:

MARIO SÉRGIO STEFANELLI FARIA: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

 

Nada mais havendo a tratar, o Presidente encerrou a sessão, agradecendo a presença de todos, sendo lavrada a presente ata que, lida e aprovada pelos demais Auditores, vai assinada pelo Presidente e por mim, Amanda Antunes Vasconcellos, Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná. 

 

CARLOS ALBERTO ZITTA

Presidente

AMANDA ANTUNES VASCONCELLOS

Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná

 




Referências:

06/09/2016 - Pauta 1ª Comissão Disciplinar- 12 de Setembro de 2016
Publicação: 12/09/2016 às 00:00