Sessão: Segunda-feira, 17 de outubro de 2016

.: Decisão 1ª Comissão Disciplinar - 17 de outubro de 2016 :.

 

1° COMISSÃO DISCIPLINAR

ATA DA SESSÃO DO DIA 17 DE OUTUBRO DE 2.016

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 070/2016

Ao décimo sétimo dia do mês de outubro do ano de dois mil e dezesseis, às dezenove horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná localizada na Avenida República Argentina, 2153, bairro Portão, Curitiba, Paraná, reuniram-se os Auditores Membros da 1° Comissão Disciplinar deste Tribunal, Presidente Carlos Alberto Zitta, Raul Clei Coccaro Siqueira, Allysson Domingues Militão, Rodrigo Fedatto, Augusto Lopes Escudero. Pela procuradoria presente o Dr José Gustavo Meneguel. Havendo quorum legal, passou-se a pauta, observando-se os pedido de preferência, na ordem adiante transcrita:

AUTOS N. 309/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. AUGUSTO LOPES ESCUDERO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SÉRIE A- JUVENIL- 2016

JOGO: SE RENOVICENTE X IMPERIAL FC

DATA: 03/09/2016

DENUNCIADO (S):

FELIPE DALAPONA OLIVEIRA

IMPERIAL FC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAYCOLN SOSTAG DE CAMARGO

1° DENUNCIADO: FELIPE DALAPONA OLIVEIRA, inscrito no bid 536026, atleta da equipe de prática desportiva Imperial FC, o qual foi expulso aos 04' de partida por dar um carrinho perigoso no adversário. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no artigo 254, II do CBJD.

2° DENUNCIADO: IMPERIAL FC, equipe desportiva que foi responsável pelo atraso da partida em 09' (nove minutos), alegando falha na rota, onde o motorista do ônibus da equipe se perdeu. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no artigo 206 do CBJD.

OBSERVAÇÕES:

Defensor: WILLIAN HOSAKA

DECISÃO 1º C.D:

 

FELIPE DALAPONA OLIVEIRA: POR UNANIMIDADE, SUSPENSÃO DE UMA PARTIDA.

 

IMPERIAL FC: POR UNANIMIDADE, MULTA NO VALOR DE R$ 450,00 (QUATROCENTOS E CINQUENTA REAIS) COM A APLICAÇÃO DO ARTIGO 182 DO CBJD A SER RECOLHIDO NO PRAZO DE 5 DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF.

 

 

AUTOS N°.310/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RAUL CLEI COCCARO SIQUEIRA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SÉRIE B- ADULTO- 2016

JOGO: EC FORTALEZA X VILA HAUER EC

DATA: 07/09/2016

DENUNCIADO (S):

MICHEL W. S. SANTANA

ANDRE ALVES DE OLIVEIRA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: MICHEL W. S. SANTANA, atleta do EC FORTALEZA, regularmente inscrito no BID sob nº 314.335, o Sr. Arbitro expulsou diretamente os atletas Michel W.S Santana e Andre Alves de Oliveira por trocarem empurrões e tentativas de agressões em quanto estavam caídos no gramado. Ao trocarem empurrões e tentarem se agredir mutuamente os NOTICIADOS, infringiram ao disposto no artigo 254-A §1º, I do CBJD.

2° DENUNCIADO: ANDRE ALVES DE OLIVEIRA, atleta do VILA HAUER EC, regularmente inscrito no  bid sob nº 2959.86, o Sr. Arbitro expulsou diretamente os atletas Michel W.S Santana e Andre Alves de Oliveira por trocarem empurrões e tentativas de agressões em quanto estavam caídos no gramado. Ao trocarem empurrões e tentarem se agredir mutuamente os NOTICIADOS, infringiram ao disposto no artigo 254-A §1º, I do CBJD.

Observações:

Defensor (a): WILLIAN HOSAKA (ADV. EC FORTALEZA / VILA HAUER EC)

DECISÃO 1° C.D.:

MICHEL W. S. SANTANA: POR MAIORIA, DESCLASSIFICADO PARA O ARTIGO 250 §1º, II DO CBJD, ABSOLVIDO.

 

ANDRE ALVES DE OLIVEIRA: POR MAIORIA, DESCLASSIFICADO PARA O ARTIGO 250 §1º, II DO CBJD, ABSOLVIDO.

 

_____________________________________________________________________________

 

AUTOS N°.311/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RODRIGO FEDATTO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SÉRIE B- JUVENIL 2016

JOGO: SANT. TRINDADE FC X VILA HAUER EC

DATA: 06/08/2016

DENUNCIADO (S):

CHRISTIANO Y. KUBAYAMA

VILA HAUER EC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. JOSÉ GUSTAVO MENEGHEL RANDO

1° DENUNCIADO: CHRISTIANO Y. KUBAYAMA, técnico da Vila Hauer EC expulso ao final da partida, pois, conforme consta do relatório do árbitro principal da partida, o mesmo encontrava-se no banco de reservas quando empregou uso de palavras ofensivas contra a arbitragem, dizendo: “Palavras de baixo calão e dizendo você tem sorte de ser Federado, senão a conversa seria de modo mais ofensivo”, ameaçando ainda “que você vai apitar um jogo na casa do Vila Hauer”. E mais ainda, conforme consta na súmula do jogo realizado, com palavras de “vai tomar no cu” (destacamos), e ainda “você é muito fraco”.  Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 258, do CBJD.

2° DENUNCIADO: VILA HAUER EC, entidade de prática desportiva, a qual deve também ser condenada pela conduta praticada pelo seu auxiliar técnico acima denunciado. Desta forma, pugna-se pela condenação da Denunciada nos termos do disposto no art. 258-D, do CBJD.

Observações: ADIADO

Defensor (a):

DECISÃO 1° C.D.:

CHRISTIANO Y. KUBAYAMA

VILA HAUER EC

 

AUTOS N°.312/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. ALLYSON DOMINGUES MILITÃO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SÉRIE A- JUVENIL- 2016

JOGO: UBERLANDIA EC X TRIESTE FC

DATA: 03/09/2016

DENUNCIADO (S):

MARLON LUIS DA S. CARDOSO

CRISTIANO G. RIBEIRO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. VINICIUS CARVALHO FRAGOSO

1° DENUNCIADO: MARLON LUIS DA S. CARDOSO, BID nº 508017, atleta da EPD UBERLANDIA E.C., expulso diretamente aos 36’ (trinta e seis) minutos de partida, pois, conforme consta do relatório do árbitro principal da partida, desferiu um tapa no rosto de seu adversário, vejamos; “Expulsei ..... por dar um tapa no rosto do adversário, com uso de força excessiva, fora da disputa de bola” .  Com tal conduta o denunciado infringiu o disposto no art. 254 – A, § 1º, I. 

2° DENUNCIADO: CRISTIANO G. RIBEIRO, BID 555034, atleta da EPD UBERLANDIA E.C., expulso diretamente aos 63’ (sessenta e três) minutos de partida, pois, conforme consta do relatório do árbitro principal da partida, desferiu um chute na canela de seu adversário de seu adversário, vejamos : “Expulsei ... por dar um chute na “canela” do adversário, com uso de força excessiva na disputa de bola...”. Com tal conduta, a Denunciada infringiu o disposto no art. 254 § 1º I, do CBJD.

Observações:

Defensor (a): WILLIAN HOSAKA (ADV. UBERLANDIA EC)

DECISÃO 1° C.D.:

MARLON LUIS DA S. CARDOSO: POR UNANIMIDADE, SUSPENSÃO DE DUAS PARTIDAS COM A APLICAÇÃO DO ARTIGO 182 DO CBJD.

 

CRISTIANO G. RIBEIRO: POR UNANIMIDADE, PENA DE ADVERTENCIA.

 

AUTOS N. 313/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. AUGUSTO LOPES ESCUDERO

CAMPEONATO PROFISSIONAL 3ª DIVISÃO- 2016

JOGO: SC CAMPO MOURÃO X ARAPONGAS SC

DATA: 11/09/2016

DENUNCIADO (S):

MAICON ELIAS SILVESTRE OLIVEIRA

KLEYTON DOS SANTOS KOJO

JACKSON V. MOREIRA DE OLIVEIRA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RAFAEL BARBOSA RODRIGUES TEIXEIRA

1° DENUNCIADO: MAICON ELIAS SILVESTRE OLIVEIRA, registrado no CRM sob o nº 19967, médico da EPD SC Campo Mourão, por invadir o campo após o término da partida e dirigir-se aos árbitros proferindo os seguintes dizeres “Vocês não apitam mais aqui.” Com tais condutas, o Denunciado praticou os ilícitos tipificados nos artigos 258-B e 258, §2º, II, ambos do CBJD.

2° DENUNCIADO: KLEYTON DOS SANTOS KOJO, registrado no BID sob o nº 168.325, atleta da EPD SC Campo Mourão, expulso diretamente aos 75’ (setenta e cinco minutos) da partida, do banco de reservas, conforme consta do relatório do árbitro principal da partida, por reclamar acintosamente das decisões da arbitragem, proferindo os seguintes dizeres “Vocês estão mal intencionados, vão se foder esse quarteto de merda”. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 258, 2º, II do CBJD.

3° DENUNCIADO: JACKSON V. MOREIRA DE OLIVEIRA, registrado no BID sob o nº 533.743, atleta da EPD SC Campo Mourão, expulso diretamente aos 75’ (setenta e cinco minutos) da partida, do banco de reservas, conforme consta do relatório do árbitro principal da partida, por reclamar acintosamente das decisões da arbitragem, proferindo os seguintes dizeres “Vocês estão mal intencionados, vão se foder esse quarteto de merda”. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 258, 2º, II do CBJD.

 

Observações:

 

Defensor (a):

 

DECISÃO 1° C.D.:

 

MAICON ELIAS SILVESTRE OLIVEIRA: POR UNANIMIDADE, SUSPENSÃO DE UMA PARTIDA.

 

KLEYTON DOS SANTOS KOJO: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

JACKSON V. MOREIRA DE OLIVEIRA: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

______________________________________________________________________________

AUTOS N°.314/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RAUL CLEI COCCARO SIQUEIRA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- SÉRIE B- JUVENIL- 2016

JOGO: SANT. TRINDADE FC X A. DIAMANTE SC

DATA: 10/09/2016

DENUNCIADO (S):

MATHEUS HENRIQUE G. FERREIRA

GUILHERME GAMAL ISKANDAR

SÓCRATES VINICIUS COELHO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RAFAEL BARBOSA RODRIGUES TEIXEIRA

1° DENUNCIADO: MATHEUS HENRIQUE G. FERREIRA, registrado no BID sob o nº 530.089, atleta da EPD Santíssima Trindade FC, por trocar empurrão com atleta da equipe adversária, fora da disputa de bola, conforme relato do árbitro principal da partida. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 250, §1º, II, ambos do CBJD.

2° DENUNCIADO: GUILHERME GAMAL ISKANDAR, registrado no BID sob o nº 558.376, atleta da EPD A. Diamante SC, por trocar empurrão com atleta da equipe adversária, fora da disputa de bola, conforme relato do árbitro principal da partida. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 250, §1º, II, ambos do CBJD.

3° DENUNCIADO: SÓCRATES VINICIUS COELHO, documento de identidade nº 10.738.402-2, auxiliar técnico da EPD Santíssima Trindade FC, expulso do banco de reservas, conforme consta do relatório do árbitro principal da partida, por reclamar acintosamente das decisões da arbitragem. Alguns minutos após retirar-se, já do lado de fora do campo, novamente reclamou de maneira desrespeitosa, proferindo os seguintes dizeres “Tá feliz seu filho da puta? Conseguiu estragar o jogo, seu bosta. Seu fraco, veio arrumar o jogo”. Com tal conduta, o Denunciado praticou DUAS VE ZES o ilícito tipificado no art. 258, 2º, II do CBJD.

 

Observações:

 

Defensor (a): WILLIAN HOSAKA (ADV. SANT. TRINDADE FC / A. DIAMANTE SC)

 

DECISÃO 1° C.D.:

 

MATHEUS HENRIQUE G. FERREIRA: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

GUILHERME GAMAL ISKANDAR: POR UNANIMIDADE, ABSOLVIDO.

 

SÓCRATES VINICIUS COELHO: POR UNANIMIDADE, SUSPENSÃO DE UMA PARTIDA.

 

Nada mais havendo a tratar, o Presidente encerrou a sessão, agradecendo a presença de todos, sendo lavrada a presente ata que, lida e aprovada pelos demais Auditores, vai assinada pelo Presidente e por mim, Amanda Antunes Vasconcellos, Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná. 

 

CARLOS ALBERTO ZITTA

Presidente

AMANDA ANTUNES VASCONCELLOS

Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná

 




Referências:

11/10/2016 - Pauta 1ª Comissão Disciplinar- 17 de Outubro de 2016
Publicação: 17/10/2016 às 22:00