Sessão: Sexta-feira, 09 de dezembro de 2016

.: Pauta 3ª Comissão Disciplinar - 14 de dezembro de 2016 :.

3ª COMISSÃO DISCIPLINAR

PAUTA DE JULGAMENTO DO DIA 14/12/2016

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 93/2016

De ordem do Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva Doutor Leandro Souza Rosa e nos termos dos arts. 45, 46 e seguintes do CBJD, faço  publicar o presente Edital em que são CITADAS E INTIMADAS as partes abaixo nominadas, para  que querendo apresente defesa pessoalmente, ou ainda, se fazer representar por advogado  de  defesa, via procuração expressa, no processo contra elas movido nesta Justiça Desportiva, tornando público através deste Edital, que,

No dia 14 DE DEZEMBRO DE 2016 ou na Sessão Subseqüente, a partir das 19:00 horas  (Quarta - Feira), serão julgados na sede do TJD/PR, sito na Avenida República Argentina, 2153 – Portão, Curitiba, Paraná, os seguintes processos:

AUTOS N° 485/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE A - JUVENIL

JOGO: UN. NOVA ORLEANS X ABE NOVO MUNDO FC

DATA: 15/10/2016

DENUNCIADO (S):

GIOVANI PEREIRA ARAUJO

GABRIEL DE C ANTONIO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. EDSON RENATO ALMEIDA FERNANDES

1° DENUNCIADO: GIOVANE PEREIRA ARAÚJO, inscrito no BID sob o nº 526.034 da entidade de prática desportiva, ABE NOVO MUNDO FC, foi expulso, de forma direta, aos 60 minutos de jogo por: "(...) chutar o seu adversário fora da disputa da jogada. (ipsis literis).Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 254-A, §1°II, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: GABRIEL DE C ANTONIO, inscrito no BID sob o nº 531.672, da entidade desportiva ABE NOVO MUNDO FC, que aos 90’ + 3’, após o apito final, proferiu as seguintes palavras em direção ao árbitro: "(...) Filho da puta fodeu com o jogo." (ipsis literis). Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 243-F, §2° do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

 ________________________________________________________________________________________________

AUTOS N° 486/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. IRINEU TONINELLO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE A - JUVENIL – 2016

JOGO: VILA FANNY FC X UNIAO CAPÃO RASO

DATA: 15/10/2016

DENUNCIADO (S):

EBERSON M. ARAUJO

VILA FANNY FC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. EDSON RENATO ALMEIDA FERNANDES

1° DENUNCIADO: EBERSON M. ARAÚJO, portador da cédula de identidade RG nº 4.934.054-0, técnico da equipe desportiva Vila Fanny FC, foi expulso, de forma direta, aos 67 minutos de jogo por: "(...) ofendei-me dirigindo a minha pessoa, Luciano de Pinho Tavares Filho, árbitro da partida, as seguintes palavras: "Seu filho da puta, você é um bosta, um merda". (ipsis literis).Cumpre-nos destacar que após a expulsão o denunciado invadiu o campo de jogo, conforme denota-se da súmula da partida: "(...) após ser expulso o cidadão adentrou o gramado e veio em minha direção, com o dedo em riste, tentando me intimidar". Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no 243-F, §2°, 258 - B, ambos do CBJD.

2° DENUNCIADO: VILA FANNY FC, uma vez que um dos membros de sua comissão técnica, identificado e qualificado na presente denúncia, manifestou-se com animosidade em face ao árbitro da partida, bem como invadiu o campo de jogo e ameaçou agredi-lo fisicamente. Desta forma, faz-se necessária a aplicação do artigo 258-D, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

AUTOS N°.487/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR.SAMEUL TORQUATO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL- 3ª DIVISÃO -  2016.

JOGO: IRATY SC X CE UNIÃO

DATA: 23/10/2016

DENUNCIADO (S):

 IVAIR CENSI

CE UNIÃO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. EDSON RENATO A. FERNANDES

1° DENUNCIADO: IVAIR CENSI, O técnico da equipe de prática desportiva CE UNIÃO, Sr. IVAIR CENSI, dados pessoais não obtidos foi excluído, de forma direta, aos 35 minutos de jogo. Denota-se que o denunciado não satisfeito em ofender a honra do árbitro da partida em duas oportunidades agiu de forma violenta, o que percebe-se dos relatos: "(...) segurou-me pelo braço e exigiu também a expulsão do atleta adversário. Em seguida soltou-me e retornou a sua área técnica" e "(...) invadiu novamente o campo de jogo e, com as duas mãos, segurou-me pela gola da camisa (...)". Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 243,F, §2º; 258-B E 254-A,§3º  do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: CE UNIÃO, merece ser acolhida a denúncia em desfavor da segunda denunciada, equipe de prática desportiva CE UNIÃO, uma vez que um dos membros de sua comissão técnica, identificado e qualificado na presente denúncia, manifestou-se com animosidade em face ao árbitro da partida, bem como invadiu o campo de jogo e agredi-o fisicamente. Por assim agir, incorre nas sanções previstas no artigo 258-D  do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

AUTOS N° 488/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURO RIBEIRO BORGES

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL –3ª DIVISÃO – 2016

JOGO: AA BATEL X PATO BRANCO

DATA: 16/11/2016

DENUNCIADO (S):

LUIZ MARCELO CASAGRANDE

MARCELO DE OLIVEIRA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. VINICIUS CARVALHO FRAGOSO

 

1° DENUNCIADO: Luiz Marcelo Casagrande, árbitro da FPF, por preencher a súmula de forma incompleta, não descrevendo a conduta de forma completa e que levou a expulsão do Sr. Marcelo de Oliveira, impossibilitando o oferecimento de denuncia com base em seu relatório. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no artigo 266 do do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

2° DENUNCIADO: Marcelo de Oliveira, auxiliar técnico da EPD AA BATEL, RG nº 69969855, excluído aos 44’ (quarenta e quatro) minutos de partida, pois, conforme consta do relatório do delegado do jogo, reclamou acintosamente e recusou-se a sair do campo de jogo. Por assim agir, o denunciado incorre na sanção prevista no artigo 258  § 2º - II do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

AUTOS N°.489/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. HUMBERTO CICCARINO FILHO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL –JUVENIL – 2016

JOGO: SOBE IGUAÇU X SE RENOVICENTE

DATA: 23/10/2016

DENUNCIADO (S):

GIULLIO BERTOLLI MIRANDA

LUCAS H. A. DE LIMA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. VINICIUS CARVALHO FRAGOSO

1° DENUNCIADO: GIULLIO BERTOLLI MIRANDA, BID nº 534334, atleta da EPD SOBE IGUAÇU, expulso diretamente aos 27’ (vinte e sete minutos) minutos do segundo tempo de partida, pois, conforme consta do relatório do árbitro principal da partida, desferiu um tapa no rosto de seu adversário, vejamos; “Expulsei …. por dar um tapa no rosto do adversário, fora da disputa de bola” .  Com tal conduta o denunciado infringiu o disposto no art. 254 – A, § 1º, I. . Por agir assim o denunciado incorre na sanção prevista no artigo no art. 254 – A, § 1º, I. do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

2° DENUNCIADO: LUCAS H. A. DE LIMA, BID 526265, atleta da EPD SE RENOVICENTE, expulso diretamente aos 27’ (vinte e sete minutos) minutos do segundo tempo partida, pois, conforme consta do relatório do árbitro principal da partida, desferiu um chute na canela de seu adversário de seu adversário, vejamos: “Expulsei ... por dar um soco no estômago do seu adversário, fora da disputa de bola...”. Por agir assim o denunciado incorre na sanção prevista no artigo no art. 254 § 1º, I. do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

 

Publicação: 09/12/2016 às 16:17