Sessão: Terça-feira, 07 de fevereiro de 2017

.: Pauta 2ª Comissão Disciplinar - 07 de fevereiro de 2017 :.

COMISSÃO DISCIPLINAR

PAUTA DE JULGAMENTO DO DIA 07/02/2017

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 05/2017

De ordem do Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva Doutor Leandro Souza Rosa e nos termos dos arts. 45, 46 e seguintes do CBJD, faço  publicar o presente Edital em que são CITADAS E INTIMADAS as partes abaixo nominadas, para  que querendo, apresentem defesa pessoalmente, ou ainda, se façam representar por advogado  de  defesa, via procuração expressa, no processo contra elas movido nesta Justiça Desportiva.  Torna-se  público, por intermédio deste Edital, que:

 

No dia 07 DE FEVEREIRO DE 2017 ou na Sessão Subseqüente, a partir das 19:00 horas  (Terça - Feira), serão julgados na sede do TJD/PR, sito na Avenida República Argentina, 2153 – Portão, Curitiba, Paraná, os seguintes processos:

 

AUTOS N°. 525/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. CHRISTIANO SOUTO PUPPI

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL- 3ª DIVISÃO- 2016

JOGO: SC CAMPO MOURÃO X PATO BRANCO EC

DATA: 30/10/2016

DENUNCIADO (S):

PATO BRANCO EC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODOLFFO GARDINI FAGUNDES

1° DENUNCIADO: PATO BRANCO EC, equipe de prática desportiva por fazer seu atleta nº7 o Sr. Hardson Lopes dos Santos se apresentar para a realização da partida tão somente com sua carteira de identidade/RG, sem a devida carteirinha de identificação emitida pela Federação Paranaense de Futebol, descumprindo assim o Regulamento Geral das Competições da FPF no seu artigo 23. E ainda por permitir que o atleta sem condições participasse da partida. Com tal conduta, o Denunciado praticou os ilícitos tipificados nos arts. 191,III e 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

______________________________________________________________________

AUTOS N. 526/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURICIO GAMBA GOMES BARBOZA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL- ADULTO- SÉRIE B - 2016

JOGO: GR IPIRANGA X UNIÃO VILA SANDRA EC

DATA: 29/10/2016

DENUNCIADO (S):

RAFAEL P. MENDONÇA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODOLFFO GARDINI FAGUNDES

1° DENUNCIADO: RAFAEL P. MENDONÇA, auxiliar técnico da equipe de prática desportiva União Vila Sandra EC, que foi excluído da partida aos 62 (sessenta e dois) minutos de jogo, por reclamar acintosamente das marcações da arbitragem. Ainda que advertido mais de uma vez pelo árbitro da partida, insistiu com as reclamações. Com tal conduta, o denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 258, § 2º, II do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

___________________________________________________________________________________________

AUTOS N°. 527/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. MAURÍCIO BITTENCOURT FLOWLER

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL – 3ª DIVISÃO-2016

JOGO: C. E. UNIÃO X S. C. CAMPO MOURÃO

DATA: 13/11/2016

DENUNCIADO (S):

JORGE DIONE DA SILVA

OTÁVIO RICARDO MUNIZ

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1º DENUNCIADO: JORGE DIONE DA SILVA, massagista da equipe de prática desortiva S.C. Campo Mourão pois foi excluído aos 62 (sessenta e dois) minutos de partida por retardar de forma proposital a sua entrada para que realizasse o atendimento do atleta da sua equipe, supostamente lesionado. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 250, caput do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2º DENUNCIADO: OTÁVIO RICARDO MUNIZ, médico da equipe de prática desportiva C. E. União que foi excluído aos 65 (sessenta e cinco) minutos de partida após proferir palavras de baixo calão contra o assistente e empregar linguagem abusiva contra a equipe de arbitragem, proferindo os seguintes dizeres “vai tomar no cu, vocês estão de brincadeira”. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 258, §2º, II do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

AUTOS N. 528/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RENATO GALVÃO CARRILLO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B - JUVENIL - 2016

JOGO: G. R. IPIRANGA X VILA HAUER E. C.

DATA: 12/11/2016

DENUNCIADO (S):

VILA HAUER E. C.

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. BRUNO CAVALCANTE DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: VILA HAUER E. C., entidade de prática desportiva, por ter entrado ao campo de jogo com 03 (três) minutos, além de ter causado mais 03 (três) minutos de atraso para o efetivo inicio da partida, descumprindo assim o artigo 43 do Regulamento Geral das competições, além das ressalvas do artigo 44, §2º, do mesmo regulamento. Com tal conduta, o Denunciado praticou os ilícitos tipificados nos arts. 191,III e 206 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.


_____________________________________________________________________

AUTOS N°. 529/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: CHRISTIANO SOUTO PUPPI

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B- ADULTO – 2016

JOGO: SRE BANGU X SOBI SÃO BRAZ

DATA: 29/10/2016

DENUNCIADO (S):

LUIZ G. O. JUNIOR

RICARDO RUBIK

ADNILTON J. CAETANO

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: LUIZ G. O. JUNIOR, atleta da equipe de prática desportiva SOBI São Braz por gritar “vocês são fracos, vai tomar no cu, estão prejudicando nosso time, apita direito essa merda”. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 243-F, caput do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: RICARDO RUBIK, atleta da equipe de prática desportiva SOBI São Braz, expulso aos 37 (trinta e sete) minutos da segunda etapa de jogo de forma direta por falar as seguintes palavras “você é um lixo, expulsar jogador no banco de reservas é fácil, quero ver ser homem para me expulsar. Por isso que vocês apanham, são muito ruins”. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

3º DENUNCIADO: ADNILTON J. CAETANO, atleta da equipe de prática desportiva SOBI São Braz, expulso de forma direta por impedir oportunidade clara e manifesta de gol, ao tocar a bola com as mãos, fora da área. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 250,§1º, I do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. 


AUTOS N. 530/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RICARDO GAMBA GOMES BARBOZA

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE B- JUVENIL – 2016

JOGO: E.C. OLIMPICO X VASCO DA GAMA F.C.

DATA: 29/10/2016

DENUNCIADO (S):

E.C. OLIMPICO

LUIZ FELIPE S. RESENDE

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: E.C. OLIMPICO, a entidade de prática desportiva pela ausência de policiamento.apesar de ter um ofício nos autos solicitando policiamento, não há qualquer indicação de que o referido documento foi entregue, ou mesmo a especificação de protocolo.  Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 191, III do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2º DENUNCIADO: LUIZ FELIPE S. RESENDE, atleta da equipe de prática desportiva Vasco da Gama FC, que foi expulso diretamente por desferir uma cotovelada no rosto do seu adversário. Após ser expulso, se dirigiu ao árbitro gesticulando muito e o chamou de “lixo”. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 254-A, §1º, I  do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

_____________________________________________________________________

AUTOS N. 531/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR.MAURÍCIO BITTENCOURT FOWLER

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL SÉRIE B - ADULTO - 2016

JOGO: E C OLIMPICO X VASCO DA GAMA F.C.

DATA: 29/10/2016

DENUNCIADO (S):

LEANDRO TAVEIRA

EDUARDO R. LARA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: LEANDRO TAVEIRA, atleta da equipe de prática desportiva Vasco da Gama F.C. que foi excluído do jogo por gritar “toma esse gol seus filho da puta aqui é vasco”.  Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

2º DENUNCIADO: EDUARDO R. LARA, atleta da equipe de prática desportiva E. C. Olimpico por dar um carrinho, por trás, em seu adversário, caracterizando jogo brusco grave.  Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 254,§1º, I do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.


 AUTOS N°. 532/2016 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RENATO GALVÃO CARRILLO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE A - JUVENIL-  2016

JOGO: ABE NOVO MUNDO F.C. X VILA FANNY F.C.

DATA: 19/11/2016

DENUNCIADO (S):

KAIKE R. SANTOS

RAFAEL D. SILVA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: KAIKE R. SANTOS, atleta da entidade de prática desportiva Vila Fanny F.C. expulso de forma direta aos 34 (trinta e quatro) minutos por impedir uma oportunidade clara e manifesta de gol, ao usar a mão na bola de maneira intencional . Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 250,§1º, I do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. 

2º DENUNCIADO: RAFAEL D. SILVA, preparador físico da equipe de prática desportiva Vila Fanny F. C., por proferir as seguintes palavras: “foi pênalti, seu ladrão, mal intencionado do caralho. Você é um filho da puta, pau no cu, vai se foder seu ladrão”. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. 

Publicação: 02/02/2017 às 16:39