Sessão: Terça-feira, 07 de março de 2017

.: Decisão 2ª Comissão Disciplinar - 07 de Março de 2017 :.

2ª COMISSÃO DISCIPLINAR
ATA DA SESSÃO DO DIA 07 DE MARÇO DE 2.017
EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 11/2017
 
Ao sétimo dia do mês de março do ano de dois mil e dezessete, às dezenove horas, na sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná localizada na Avenida República Argentina, 2153, bairro Portão, Curitiba, Paraná, reuniram-se os Auditores Membros da 2° Comissão Disciplinar deste Tribunal, Presidente Anderson Gaspar, Vice-Presidente Renato Galvão Carrillo, Ricardo Gamba Barboza, Mauricio Bittencourt Fowler e Christiano Souto Puppi. Pela Procuradoria presente o Dr. Ariel Norberto Leal. Na sequência passou-se a pauta, observando-se os pedido de preferência, na ordem adiante transcrita.
 
AUTOS N°. 19/2017  – EM TRAMITE
AUDITOR RELATOR: CHRISTIANO SOUTO PUPPI     
CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL – 1ª DIVISÃO
JOGO: RIO BRANCO SC X TOLEDO EC
DATA: 12/02/2017
DENUNCIADO (S):
RIO BRANCO SC
DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. EDSON RENATO ALMEIDA FERNANDES
1° DENUNCIADO: RIO BRANCO SC, entidade de prática desportiva Rio Branco SC, pois a segurança na praça esportiva estava comprometida; por não disponibilizar vagas para estacionamento de veículos da equipe de arbitragem e permitir o livre acesso aos vestiários de pessoas estranhas as permitidas pela legislação desportiva, não cumprindo assim o artigo 38 do Regulamento Geral da Competição.  Com tal conduta, o denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 191,III do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações: Se fez presente o Sr. Pedro Henrique Poitenin, superintendente do Clube denunciado, que a pedido da defesa prestou oitiva.
Defensor: Alessandro Kishino.

DECISÃO DA 2ª C.D:
RIO BRANCO SC: POR UNANIMIDADE DE VOTOS, ABSOLVIDO
.
____________________________________________________________________________

AUTOS N°.463/2016 – EM TRAMITE
AUDITOR RELATOR: RENATO GALVÃO CARRILLO   
CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – SÉRIE A ADULTO – 2ª RODADA-2ª FASE-2016
JOGO: SOBE IGUAÇU X UBERLÂNDIA EC
DATA: 22/10/2016
DENUNCIADO(S):
HALYSON ROBERTO S. PEREIRA
DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. VINICIUS CARVALHO FRAGOSO
1° DENUNCIADO: HALYSON ROBERTO S. PEREIRA, atleta da entidade de prática desportiva Uberlândia EC, inscrito com o BID nº 355.101, expulso após o término da partida, pois, conforme consta do relatório do árbitro principal da partida, proferiu os seguintes dizeres, “Vai tomar no cu safado, safado filho da puta, bandido”.  Com tal conduta, o denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 243-F  do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:
Defensor: William Hosaka
DECISÃO DA 2ª C.D:
HALYSON ROBERTO S. PEREIRA: POR UNANIMIDADE DE VOTOS, RECLASSIFICADO PARA O ART. 258 E DECRETADA A PRESCRIÇÃO.

____________________________________________________________________________

AUTOS N°. 525/2016  – EM TRAMITE
AUDITOR RELATOR: RICARDO GAMBA BARBOZA     
CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL- PROFISSIONAL – 3ª DIVISÃO
JOGO: SC CAMPO MOURÃO X PATO BRANCO EC
DATA: 30/10/2016
DENUNCIADO (S):
PATO BRANCO EC
DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RODOLFFO GARDINI FAGUNDES
1° DENUNCIADO: PATO BRANCO EC, equipe de prática desportiva por fazer seu atleta nº7 o Sr. Hardson Lopes dos Santos se apresentar para a realização da partida tão somente com sua carteira de identidade/RG, sem a devida carteirinha de identificação emitida pela Federação Paranaense de Futebol, descumprindo assim o Regulamento Geral das Competições da FPF no seu artigo 23. E ainda por permitir que o atleta sem condições participasse da partida. Com tal conduta, o Denunciado praticou os ilícitos tipificados nos arts. 191,III e 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:
Defensor:

DECISÃO DA 2ª C.D:
PATO BRANCO EC: POR UNANIMIDADE DE VOTOS, ABSOLVIDO DAS PENAS DO ART. 214 DO CBJD E AINDA, POR UNANIMIDADE DE VOTOS CONDENADO, SENDO POR MAIORIA DE VOTOS, A PENA DE MULTA NO VALOR DE R$ 500,00 (QUINHENTOS REAIS) POR INFRAÇÃO AO ART. 191, III DO MESMO CÓDIGO, A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 05 (CINCO) DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF.


____________________________________________________________________________

AUTOS N°. 18/2017 – EM TRAMITE
AUDITOR RELATOR: RENATO GALVÃO CARRILLO     
CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL – 1ª DIVISÃO
JOGO: FOZ DO IGUAÇU FC X J. MALUCELLI
DATA: 01/02/2017
DENUNCIADO (S):
MAIKEN KEHR WALD
DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. EDSON RENATO ALMEIDA FERNANDES
1° DENUNCIADO: MAIKEN KEHR WALD, preparador físico da entidade de prática desportiva Foz do Iguaçu FC, inscrito no RG nº 9.190.738-0, que foi expulso, quando, após uma disputa de bola entre um atleta do Foz e um adversário, ambos caíram fora do campo de jogo, nesse momento o Sr. Maiken deixou o banco de reservas, correu até o atleta do J. Malucelli e disse: “Sai daqui seu pau no cu, vou te pegar”. Esta narrativa demonstra que a atitude do preparador foi inapropriada e antidesportiva, e está tipificada na legislação desportiva. Com tal conduta, o denunciado praticou o ilícito tipificado no artigo 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Observações:
Defensor:

DECISÃO DA 2ª C.D:
MAIKEN KEHR WALD: POR MAIORIA DE VOTOS, A PENA DE SUSPENSÃO DE 01 (UMA) PARTIDA POR INFRAÇÃO AO ART. 243-F DO CBJD. E AINDA, A PENA DE MULTA NO VALOR DE R$ 500,00 (QUINHENTOS REAIS) POR INFRAÇÃO AO MESMO ARTIGO, A SER RECOLHIDA NO PRAZO DE 05 (CINCO) DIAS JUNTO A TESOURARIA DA FPF.




Nada mais havendo a tratar, o Presidente encerrou a sessão, agradecendo a presença de todos, sendo lavrada a presente ata que, lida e aprovada pelos demais Auditores, vai assinada pelo Presidente e por mim, Marjorie Stefany Brock, Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Paraná.


ANDERSON GASPAR
Presidente

 
MARJORIE STEFANY BROCK
Secretária do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná
 



Referências:

07/03/2017 - Pauta 2ª Comissão Disciplinar- 07 de Março de 2017
Publicação: 08/03/2017 às 13:51