Sessão: Segunda-feira, 04 de dezembro de 2017

.: Pauta 1ª Comissão Disciplinar - 04 de Dezembro de 2017 :.

COMISSÃO DISCIPLINAR

PAUTA DE JULGAMENTO DO DIA 04/12/2017

EDITAL DE CITAÇÃO/INTIMAÇÃO N° 82/2017

De ordem do Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva Doutor Leandro Souza Rosa e nos termos dos arts. 45, 46 e seguintes do CBJD, faço  publicar o presente Edital em que são CITADAS E INTIMADAS as partes abaixo nominadas, para  que querendo, apresentem defesa pessoalmente, ou ainda, se façam representar por advogado  de  defesa, via procuração expressa, no processo contra elas movido nesta Justiça Desportiva.  Torna-se  público, por intermédio deste Edital, que:

 

No dia 04 DE DEZEMBRO 2017 ou na Sessão Subseqüente, a partir das 19:00 horas  (Segunda - Feira), serão julgados na sede do TJD/PR, sito na Avenida República Argentina, 2153 – Portão, Curitiba, Paraná, os seguintes processos:

 

AUTOS N°569. /2017 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. LEONARDO R. MOREIRA PINTO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL – MASTER

JOGO: UNIÃO CAPÃO RASO FC X SOBI SÃO BRAZ

DATA: 06/10/2017

DENUNCIADO (S):

EDEVALDO P. DE OLIVEIRA

SANDRO LASS

UNIÃO CAPÃO RASO FC

SOBI SÃO BRAZ

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. THIAGO B. LUCAS DE OLIVEIRA

1° DENUNCIADO: EDEVALDO P. DE OLIVEIRA, atleta da EPD Sobi São Braz, expulso diretamente após tentar acertar uma cotovelada no rosto  de seu adversário. Com tal conduta o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 254-A §1º, I do CBJD sendo aplicável na hipótese também o disposto no art. 258-D

2° DENUNCIADO: SANDRO LASS, atleta da EPD União Capão Raso, expulso diretamente após sofrer uma tentativa de cotovelada revidando um soco na altura do peito de seu adversário. Com tal conduta o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 254-A §1º, I do CBJD sendo aplicável na hipótese também o disposto no art. 258-D

3° DENUNCIADO: UNIÃO CAPÃO RASO FC, EPD, pela atitude de seu atleta. Com tal conduta o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 258-D do CBJD

4° DENUNCIADO: SOBI SÃO BRAZ, EPD , pela atitude de seu atleta. Com tal conduta o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 258-D do CBJD

___________________________________________________________________________________________

AUTOS N. 644/2017 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. LEONARDO R. MOREIRA PINTO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL - JUVENIL

JOGO: ACE URANO X CAXIAS FC

DATA: 28/10/2017

DENUNCIADO (S):

ADELMO FERREIRA DOS SANTOS

HEITOR ALEX EURICH

FERNANDO CESAR TOBIAS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. EDSON R. A. FERNANDES

1° DENUNCIADO: ADELMO FERREIRA DOS SANTOS, árbitro, por chegar ao local do evento esportivo ás 14;05 hrs. Desta maneira, incorre o denunciado nas sanções previstas no artigo 261-A e 266, do CBJD.

2° DENUNCIADO: HEITOR ALEX EURICH, assistente da partida por chegar ao local do evento esportivo ás 14;05 hrs. Desta maneira, incorre o denunciado nas sanções previstas no artigo 261-A e 266, do CBJD.

3° DENUNCIADO: FERNANDO CESAR TOBIAS, assistente da partida, por chegar ao local do evento esportivo ás 14;05 hrs. Desta maneira, incorre o denunciado nas sanções previstas no artigo 261-A e 266, do CBJD.

 

AUTOS N. 645/2017 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RODRIGO FEDATTO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL - MASTER

JOGO: VILA FANNY FC X UNIÃO CAPÃO RASO

DATA: 27/10/2017

DENUNCIADO (S):

VILA FANNY FC

ROGÉRIO LOURENÇÃO

VALDECIR DAS NEVES

VILA FANNY FC

VILA FANNY FC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. ARIEL NORBERTO LEAL

1° DENUNCIADO: VILA FANNY FC, epd, a partida teve 25 minutos de atraso e também não houve a execução do hino do Estado do Paraná. Com tal conduta o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 191 inciso III e art. 206 todos do CBJD.

2° DENUNCIADO: ROGÉRIO LOURENÇÃO, atleta da EPD Vila Fanny FC, por reclamar ostensivamente e de maneira desrespeitosa das decisões do bandeira e logo após expulsão proferiu palavrões e agrediu o arbitro assistente com um soco no pescoço. Com tal conduta o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 243-C e 254-A §3º  do CBJD com aplicação do artigo 184 do mesmo código.

3° DENUNCIADO: VALDECIR DAS NEVES, atleta da EDP Vila Fanny FC, o Denunciado agrediu com um soco no rosto do árbitro assistente nº01, após ser contido por jogadores , o mesmo tentou agredir novamente o árbitro, e logo após proferiu as seguintes palavras “ tem que apanhar mesmo, seus filhos da puta, bando de ladrão do caralho, vou esperar vocês NE arrebentar lá fora, tem  que morrer, pau no cu do caralho. Com tal conduta o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 243-C e 254-A §3º  do CBJD com aplicação do artigo 184 do mesmo código.

4° DENUNCIADO: VILA FANNY FC, EPD, a qual é diretamente responsável pela conduta dos atletas. Com tal conduta o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 258-D do CBJD

5° DENUNCIADO: VILA FANNY FC, EPD, por não realizar o pagamento da taxa de arbitragem. Violando o artigo 41 do RGC e com tal conduta o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 191 inciso III do CBJD

_________________________________________________________________________________________

AUTOS N. 646/2017 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. AUGUSTO LOPES ESCUDERO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL - MASTER

JOGO: VILA FANNY FC X SOBI SÃO BRAZ

DATA: 17/11/2017

DENUNCIADO (S):

VILA FANNY FC

NILTON RAMON

VILMAR C. VIEIRA

GILMAR J. KOSIEL

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. JOÃO EURICO KOERNER

1° DENUNCIADO: VILA FANNY FC, EPD, por atrasar 3 minutos no início da partida, por não execução dos hinos nacional e do estado, por não comprovar o envio e recebimento do ofício com o pedido de policiamento. Desrespeitando o art 16, caput e parágrafo único duas vezes do REC. Com tal conduta o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 206 (1º ATO), art 191, I e III  (2ª ATO) E ART 191, INCISO III (3º ATO) todos do CBJD

2° DENUNCIADO: NILTON RAMON, Delegado, pela ausência da execução dos hinos, tendo entendido a exigência como inaplicável no Relatório , assinalando como “NA”. Com tal conduta o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art 191, I e III  do CBJD

3° DENUNCIADO: VILMAR C. VIEIRA, Atleta da EPD, Vila FANNY FC, expulso de forma direta por agir de forma antidesportiva, o que realizou valendo-se de sua mão direita da área penal de sua equipe. Com tal conduta o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art 250, § 1º, inc. I do CBJD

4° DENUNCIADO: GILMAR J. KOSIEL, atleta da EPD SOBI SÃO BRAZ, expulso por segunda advertência por ter ofendido a honra do árbitro dizendo: “vai tomar no cu, seu safado” e também por ter ofendido a honra e ameaçando o árbitro dizendo: “Lá fora vc vai ver . Aqui é policia, você é safado” referindo-se a uma arma de fogo, que “ lá fora teria um volume em sua cintura”. Com tal conduta o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art 243-F por duas vezes, 243-C  do CBJD

 

AUTOS N. 647/2017 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. GABRIEL SPRÉA TORQUATO

OFÍCIO FPF 188/2017

DENUNCIADO (S)

UNIÃO FC DE NOVA FÁTIMA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. HENRIQUE CARDOSO DOS SANTOS

1° DENUNCIADO: UNIÃO FC DE NOVA FÁTIMA, EPD desatendimento do artigo 26 RGC, jogador que não cumpriu a suspensão automática ocorrida em jogo antecedente ao disputado. Com tal conduta o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art 214, §1º, §2º e §3º do CBJD.

___________________________________________________________________________________________

AUTOS N°. 648/2017 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. LEONARDO R. MOREIRA PINTO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL – 3ª DIVISÃO

JOGO: ROLÂNDIA EC X SC CAMPO MOURÃO

DATA: 15/10/2017

DENUNCIADO (S):

ROLÂNDIA EC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. EDSON RENATO ALMEIDA FERNANDES

1° DENUNCIADO: ROLÂNDIA EC, epd, pelo atraso de 10 minutos para o início da partida. Violando o artigo13 §5º e 44 do RGC e com tal conduta o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 191 inciso III do CBJD

 ___________________________________________________________________________________________

AUTOS N. 649/2017 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RODRIGO FEDATTO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL - JUVENIL

JOGO: OPERÁRIO PILARZINHO SC X UNIÃO VILA SANDRA EC

DATA: 18/11/2017

OFÍCIO FPF Nº 191/2017

DENUNCIADO (S):

OPERÁRIO PILARZINHO SC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MARCELO FONSECA GURNISKI

1° DENUNCIADO: OPERÁRIO PILARZINHO SC, entidade de prática desportiva, por incluir na súmula atleta sem condições de jogo, pois o mesmo deveria cumprir suspensão automática, já que recebeu três cartões amarelos.  Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado nos artigos 191, III e 214 do Código Brasileiro de justiça Desportiva.

 

AUTOS N. 650/2017 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. AUGUSTO LOPES ESCUDERO

CAMPEONATO PARANAENSE PROFISSIONAL – 3ª DIVISÃO

JOGO: INDEPENDENTE FSJ X AA BATEL

DATA: 15/11/2017

DENUNCIADO (S):

IRAPUAN DOS S. L. JUNIOR

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. HENRIQUE CARDOSO DOS SANTOS

1° DENUNCIADO: IRAPUAN DOS S. L. JUNIOR, atleta da entidade de prática desportiva Independente FSJ, BID nº 394.828, expulso aos 87 (oitenta e sete) minutos de jogo, por retardar o andamento do jogo segurando a bola e ofendendo seu adversário proferindo as seguintes palavras: “vai se fuder filho da puta, quer fazer pressão, vai tomar no cu”. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 258, caput do Código Brasileiro de justiça Desportiva.

 

AUTOS N. 651/2017 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. GABRIEL SPRÉA TORQUATO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL FEMININO

JOGO: ADI FOZ CATARATAS FC X TOLEDO EC

DATA: 15/11/2017

DENUNCIADO (S):

ADI FOZ CATARATAS FC

ELVIO KERTELT LEGNANI

JEFFERSON BASSANI

RONALD GERMANO WELTER

GILSON BASSANI

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. DANIEL SINGER

1° DENUNCIADO: ADI FOZ CATARATAS FC, entidade de prática desportiva, utilizou atleta irregular, tendo em vista que esta deixou de apresentar a competente carteira de identidade expedida pela FPF. Não há comprovante de envio de ofício solicitando policiamento para a partida em questão. Com tais condutas, o Denunciado praticou os ilícitos tipificado nos artigos 214 e 191, III do Código Brasileiro de justiça Desportiva.

2° DENUNCIADO: ELVIO KERTELT LEGNANI, árbitro principal da partida, pois chegou ao estádio apenas ás 14h25min, em que pese o início do jogo fosse às 16h00min. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 191, III do Código Brasileiro de justiça Desportiva.

3° DENUNCIADO: JEFFERSON BASSANI, árbitro assistente nº 01 da partida, pois chegou ao estádio apenas ás 14h25min, em que pese o início do jogo fosse às 16h00min. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 191, III do Código Brasileiro de justiça Desportiva.

4° DENUNCIADO: RONALD GERMANO WELTER, árbitro assistente nº 02 da partida, pois chegou ao estádio apenas ás 14h25min, em que pese o início do jogo fosse às 16h00min. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 191, III do Código Brasileiro de justiça Desportiva.

5° DENUNCIADO: GILSON BASSANI, delegado da partida, pois chegou ao estádio apenas ás 14h10min, em que pese o início do jogo fosse às 16h00min. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 191, III do Código Brasileiro de justiça Desportiva.

 

AUTOS N. 652/2017 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. LEONARDO R. MOREIRA PINTO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL SUB 17

JOGO: MARINGÁ FC X PARANÁ CLUBE

DATA: 28/10/2017

DENUNCIADO (S):

MARINGÁ FC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: MARINGÁ FC, entidade de prática desportiva, por deixar de manter o local indicado para a partida com a infraestrutura mínima necessária.  Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 211 do Código Brasileiro de justiça Desportiva.

 

AUTOS N. 653/2017 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. RODRIGO FEDATTO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL – 3ª DIVISÃO

JOGO: ARAPONGAS EC X INDEPENDENTE FSJ

DATA: 05/11/2017

DENUNCIADO (S):

NELSON AUGUSTO B. CARDIAS

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. RICARDO MAGNO QUADROS

1° DENUNCIADO: NELSON AUGUSTO B. CARDIAS, atleta da entidade de prática desportiva Arapongas EC, BID nº 445.035, expulso aos 32 (trinta e dois) minutos do segundo tempo, por reclamar acintosamente das decisões da arbitragem, proferindo as seguintes palavras: “agora veste a camisa deles”. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 258-A, §2º, II do Código Brasileiro de justiça Desportiva.

___________________________________________________________________________________________

AUTOS N. 654/2017 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. AUGUSTO LOPES ESCUDERO

CAMPEONATO PARANAENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL – 3ª DIVISÃO

JOGO: UNIÃO FC DE NOVA FÁTIMA X CA CAMBÉ

DATA: 29/10/2017

DENUNCIADO (S):

UNIÃO FC DE NOVA FÁTIMA

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. EDSON RENATO ALMEIDA FERNANDES

1° DENUNCIADO: UNIÃO FC DE NOVA FÁTIMA, entidade de prática desportiva, por não pagar a taxa de arbitragem, e ainda, manteve na praça desportiva somente duas bolas de jogo á disposição das equipes. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 191, III do Código Brasileiro de justiça Desportiva.

 

AUTOS N. 655/2017 – EM TRÂMITE

AUDITOR RELATOR: DR. GABRIEL SPRÉA TORQUATO

CAMPEONATO AMADOR DA CAPITAL - JUVENIL

JOGO: IMPERIAL FC X UNIÃO VILA SANDRA EC

DATA: 21/10/2017

DENUNCIADO (S):

UNIÃO VILA SANDRA EC

DENÚNCIA DA PROCURADORIA: DR. MAYCOLN SOSTAG DE CAMARGO

1° DENUNCIADO: UNIÃO VILA SANDRA EC, entidade de prática desportiva, por infringir as regras exigidas pelos Regulamentos da Competição e o CBJD, pois a infração se dá pelo confronto provocado pelas sua torcida, transformando o estacionamento do estádio em uma praça de guerra, onde a torcida aguardou a saída da polícia para entrar em confronto com a torcida adversária, atirando paus, pedras, tijolos, foguetes e artefatos explosivos. Com tal conduta, o Denunciado praticou o ilícito tipificado no art. 213, I do Código Brasileiro de justiça Desportiva.

 

Publicação: 29/11/2017 às 18:36